ROCA

Detalhes do autor

Nome: Ricardo De Castro
Data de registro: 22/04/2009
URL: http://eternosaprendizes.com

Últimos Posts

  1. WASP-19b: um mundo infernal com céu de titânio — 13/09/2017
  2. LOFAR e FERMI: Telescópios “extremos” descobrem o segundo pulsar mais veloz conhecido   — 07/09/2017
  3. Gliese 710: GAIA divulga os encontros próximo do Sistema Solar com outras estrelas — 06/09/2017
  4. A Águia e o Cisne por Josep Drudis — 04/09/2017
  5. Plêiades: observatório Espacial Kepler revela a variabilidade das Sete Irmãs — 02/09/2017

Posts mais comentados

  1. Não haverá nenhum cometa assassino, Nibiru ou Planeta-X — 128 comentários
  2. Não haverá inversão dos polos magnéticos da Terra — 123 comentários
  3. Não Haverá o ‘Fim do Mundo’ — 109 comentários
  4. Não haverá tempestade solar assassina — 87 comentários
  5. O Planeta X não é Nibiru — 85 comentários

Listas de posts do autor

set 13

WASP-19b: um mundo infernal com céu de titânio

O VLT do ESO faz a primeira detecção de óxido de titânio em um exoplaneta Astrônomos usaram o Very Large Telescope do ESO para detectar pela primeira vez óxido de titânio na atmosfera de um exoplaneta. Esta descoberta feita em torno do planeta do tipo Júpiter quente chamado WASP-19b fez uso do poder do instrumento …

Continue lendo »

set 07

LOFAR e FERMI: Telescópios “extremos” descobrem o segundo pulsar mais veloz conhecido  

Acompanhando as enigmáticas fontes altamente energéticas mapeadas pelo Telescópio Espacial de Raios-Gama FERMI da NASA, o radiotelescópio LOFAR (Low Frequency Array), na Holanda, identificou um pulsar girando a mais de 42.000 revoluções por minuto. Trata-se do segundo pulsar mais rápido conhecido.

Continue lendo »

set 06

Gliese 710: GAIA divulga os encontros próximo do Sistema Solar com outras estrelas

Os movimentos de mais de 300.000 estrelas analisadas pelo satélite GAIA da ESA revelam que encontros próximos raros entre estrelas da Via Láctea com o nosso Sol podem perturbar a nuvem de cometas nos confins do nosso Sistema Solar, enviando eventualmente alguns deles na direção da Terra no futuro remoto. À medida que o Sistema …

Continue lendo »

set 04

A Águia e o Cisne por Josep Drudis

A Nebulosa da Águia e a Nebulosa do Cisne se espalham nessa ampla paisagem cósmica, uma visão telescópica na direção do braço espiral de Sagittarius e do centro na nossa galáxia Via Láctea. A Águia é conhecida formalmente como M16 e a vemos no topo da imagem, enquanto que o Cisne (M17) está na parte inferior …

Continue lendo »

set 02

Plêiades: observatório Espacial Kepler revela a variabilidade das Sete Irmãs

As “Sete Irmãs”, assim conhecidas pelos antigos gregos, são agora conhecidas pelos astrônomos modernos como M45, ou como o aglomerado estelar aberto das Plêiades, um conjunto de estrelas visíveis a olho nu e estudadas há já milhares de anos por culturas espalhadas por todo o mundo. O Dr. Tim White do Centro de Astrofísica Estelar …

Continue lendo »

ago 31

O ALMA descobre enormes reservatórios de gás turbulento escondidos em galáxias distantes

Primeira detecção de CH+ em galáxias distantes com formação estelar explosiva fornece pistas novas sobre a história de formação estelar do Universo O ALMA detectou reservatórios turbulentos de gás frio em torno de galáxias distantes com formação estelar explosiva. Ao detectar CH+ pela primeira vez, este trabalho abre uma nova janela na exploração de uma …

Continue lendo »

ago 28

CLASS B1152+199: VLA revela campo magnético de galáxia distante através de lente gravitacional

Com a ajuda de uma gigantesca lente gravitacional cósmica, os astrônomos mediram o campo magnético de uma galáxia a quase cinco bilhões de anos-luz de distância. Este marco astronômico está fornecendo pistas importantes sobre um problema nas fronteiras da cosmologia, a natureza e origem dos campos magnéticos que desempenham um papel importante na forma como …

Continue lendo »

ago 25

O sistema estelar Trappist-1 é mais velho que nosso Sistema Solar

Se queremos saber mais sobre se a vida poderá sobreviver em um planeta além do nosso Sistema Solar, é fundamental estimar a idade da sua estrela principal. As estrelas jovens liberam frequentemente radiação altamente energética sob a forma de erupções que podem atingir as superfícies dos seus exoplanetas. Se os exoplanetas são recém-formados, as suas …

Continue lendo »

ago 23

Antares: ESO divulga a melhor imagem já obtida da superfície e atmosfera de uma estrela

Primeiro mapa do movimento de matéria em uma estrela diferente do Sol Com o auxílio do Interferômetro do Very Large Telescope do ESO, astrônomos construíram a imagem mais detalhada até hoje de uma estrela — a supergigante vermelha Antares. Os astrônomos criaram também o primeiro mapa de velocidades do material na atmosfera da estrela — …

Continue lendo »

ago 20

Astrônomos confirmam através do ALMA que a lua Titã tem uma química que permite formar membranas celulares

Titã, a lua criogênica de Saturno, tem uma atmosfera bastante curiosa. Além de uma mistura nublada de nitrogênio e de hidrocarbonetos como o metano e o etano, a atmosfera de Titã também contém uma série de moléculas orgânicas mais complexas, incluindo a acrilonitrila (cianeto de vinila). Essa molécula foi descoberta pelos astrônomos recentemente em dados …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!