«

»

set 04

A Águia e o Cisne por Josep Drudis

https://apod.nasa.gov/apod/image/1708/m16-m17-toa3-mosaic-crfl-final17-cc.jpg

M16 e M17 por Josep M. Drudis

A Nebulosa da Águia e a Nebulosa do Cisne se espalham nessa ampla paisagem cósmica, uma visão telescópica na direção do braço espiral de Sagittarius e do centro na nossa galáxia Via Láctea.

A Águia é conhecida formalmente como M16 e a vemos no topo da imagem, enquanto que o Cisne (M17) está na parte inferior do quadro. A astrofotografia processada por Josep Drudis mostra nuvens cósmicas como regiões brilhantes de ativa formação estelar. Esta área reside ao longo do braço espiral preenchida pela emissão característica avermelhada da radiação emanada pelo gás atômico do hidrogênio e da poeirenta nebulosa obscura.

M17, também conhecida como a Nebulosa Ômega, reside a 5.500 anos luz do Sol, enquanto que a M16 fica um pouco mais distante, a 6.500 anos luz.

Os centros de ambas são locais de bem conhecidas capturas em close-up de formação estelar realizadas pelo Telescópio Espacial Hubble.

Nesse mosaico que cobre cerca de 3 graus nos céus, dados em banda estreita em alta resolução foram usados para enriquecer as regiões centrais tanto da Águia quanto do Cisne.

As “asas estendidas” da Águia cósmica se espalham por cerca de 120 anos luz. Por outro lado, o Cisne tem um diâmetro de mais de 30 anos luz.

Fontes

APOD: The Eagle and The Swan – crédito da imagem©: Josep Drudis

Astrodudis.com

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!