«

»

maio 17

M13: O Grande Aglomerado Globular em Hércules por Adam Block

https://apod.nasa.gov/apod/image/1705/m13Block.jpg

M13 por Adam Block

Em 1716, o astrônomo inglês Edmond Halley declarou timidamente sobre M13:

“Isso é nada mais que uma pequena ‘mancha’, mas se mostra para nós a olho nu [sem ajuda de instrumentos óticos], quando o céu está sereno e a Lua ausente.”

Atualmente, M13 é reconhecidamente notado, sem nenhuma modéstia, como o Grande Aglomerado Globular em Hércules, um dos mais brilhantes dos aglomerados globulares estelares que habitam os céus do hemisfério norte. Observações telescópicas revelam espetacularmente as centenas de milhares de estrelas do aglomerado.

M13 reside a distância de 25.000 anos luz da Terra, mas suas estrelas empacotadas se agrupam em uma região de ‘apenas’ 150 anos luz de diâmetro.

Próximo ao núcleo do aglomerado M13 pode-se contar mais de 100 estrelas empacotadas em um cubo de ‘apenas’ 3 anos luz de lado. Para comparação, a estrela mais próxima do Sol (Proxima Centauri) situa-se a mais e 4 anos luz de distância de nós. Juntamente com o denso núcleo do aglomerado as fronteiras externas de M13 também estão visíveis nessa precisa imagem colorida em destaque. O aglomerado evoluiu com suas estrelas gigantes vermelhas e azuis visíveis aqui e tons amarelados e azulados.

Fonte

APOD: M13: The Great Globular Cluster in Hercules – Crédito da imagem©: Adam BlockMt. Lemmon SkyCenterU. Arizona

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!