«

»

fev 25

As ‘quase’ três caudas do cometa 2P/Encke por Fritz Helmut Hemmerich

https://apod.nasa.gov/apod/image/1702/Encke3tails_Hemmerich_1519.jpg

As ‘quase’ três caudas do cometa 2P/Encke por Fritz Helmut Hemmerich

Como pode um cometa ter três caudas?

Normalmente, um cometa abriga duas caudas:

  1. Uma cauda iônica formada de partículas eletricamente carregadas emitidas pelo cometa e empurradas para fora pelo vento solar;
  2. Uma cauda de poeira que abriga diminutos escombros que orbitam atrás do cometa, mas que também sofrem alguma interferência do vento solar.

Contudo, frequentemente, um cometa vai apresentar aos observadores apenas uma cauda porque a segunda cauda em geral não é visível aqui da Terra.

Excepcionalmente, na incomum imagem em destaque, capturada por Fritz Helmut Hemmerich, o cometa 2P/Encke exibe efetivamente três caudas porque a cauda iônica apareceu dividida na ocasião em que a foto foi capturada.

O que aconteceu aqui?

O complexo vento solar é ocasionalmente turbulento e algumas vezes gera raras estruturas na cauda iônica. Assim, em raras ocasiões, os astrônomos conseguem registrar um evento de desconexão da cauda iônica.

Contudo, uma nova imagem do cometa 2P/Encke, tomada dois dias depois por Damian Peach, nos dá uma perspectiva menos impressionante desse objeto.

http://www.damianpeach.com/deepsky/2p_encke_2017_02_16dp.jpg

Cometa 2P/Encke em 16 de feverereiro de 2017 por Damian Peach

Fonte

APOD: Almost Three Tails for Comet Encke – crédito da imagem©: Fritz Helmut Hemmerich

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!