«

»

set 06

Abell 370: Hubble mostra aglomerado de galáxias atuando como lente gravitacional

O que é esse arco estranho à direita na imagem?

http://apod.nasa.gov/apod/image/1608/abell370_hubble_2884.jpg

Abell 370: Hubble capturou aglomerado de galáxias atuando como lente gravitacional

Várias décadas atrás, enquanto examinavam imagens do aglomerado de galáxias Abell 370, os astrônomos notaram um estranho arco à direita das galáxias desse aglomerado.

Embora os observadores tenham considerado isso bem curioso na ocasião, a primeira reação inicial foi a de evitar comentários sobre o arco uma vez que nada similar havia sido notado antes. Em meados da década de 1980, entretanto, imagens mais acuradas permitiram aos astrônomos a identificação do arco como um protótipo de um fenômeno astrofísico: o efeito de lente gravitacional do aglomerado de galáxias como um todo nas galáxias que residem atrás do mesmo.

Atualmente sabemos que esse exótico arco consiste na realidade de duas imagens distorcidas de uma só galáxia relativamente normal que reside bem atrás desse gigantesco aglomerado de galáxias.

A enorme gravidade do aglomerado Abell 370 fez com que a luz das galáxias de fundo e outras se espalhasse e chegasse ao observador através de  caminhos múltiplos, de forma similar ao efeito como uma luz mais distante aparece através da haste de um copo de vinho copo de vinho.

Em meados de julho de 2009, astrônomos usaram o então recém atualizado Telescópio Espacial Hubble para retratar o aglomerado Abell 370 e seus efeitos de lente gravitacional em um inédito nível detalhes.

Na imagem em destaque quase todos os objetos amarelos são galáxias pertencentes ao aglomerado Abell 370. Um observador astuto pode notar vários arcos estranhos e miniarcos distorcidos os quais, entretanto, são de fato imagens de galáxias muito mais distantes. A análise das imagens de Abell 370 tem fornecido aos astrônomos uma janela única no estudo da distribuição da matéria convencional bariônica e da matéria escura em aglomerados de galáxias e do Universo em si.

Fonte

APOD: Abell 370: Galaxy Cluster Gravitational Lens – Créditos: NASAESA, Hubble SM4 ERO Team & ST-ECF

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!