«

»

jun 22

NGC 6814: a magnífica galáxia espiral Seyfert pelo Hubble

http://apod.nasa.gov/apod/image/1606/NGC6814_hubble_3970.jpg

A galáxia ativa espiral Seyfert NGC 6814 – Créditos da imagem: ESA/Hubble & NASA / Judy Schmidt (Geckzilla)

Juntamente com galáxias irregulares, as galáxias espirais somam cerca de 60% das galáxias no Universo Observável. No entanto, apesar de sua abundância, cada galáxia espiral é única, como os flocos de neve – não há duas galáxias iguais. Isto é demonstrado pela galáxia espiral impressionante NGC 6814 com uma das faces do seu disco voltada para nós e cujo núcleo luminoso e braços varrendo espetacularmente, ondula com um intrincado padrão de poeira escura, capturados nesta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA / ESA.

Como NGC 6814 é uma galáxia muito ativa, muitas regiões do gás ionizado são ornamentados ao longo de seus braços espirais. Nestes grandes nuvens de gás, um surto explosivo de formação estelar aconteceu recentemente, forjando as estrelas azuis brilhantes que são visíveis espalhadas por toda a galáxia.

A amplitude e a beleza dessa pintura cósmica dá ao redemoinho a designação de uma galáxia espiral de “grand design.

NGC 6814 tem um núcleo extremamente brilhante, um sinal revelador de que consiste em uma ‘galáxia Seyfert. Estas galáxias têm centros muito ativos que podem emitir fortes rajadas de radiação. No centro desse aparentemente sereno redemoinho estelar provavelmente habita uma angustiante besta cósmica: um ativo buraco negro supermassivo.

A ‘besta central’ mostra evidências de que se trata de um buraco negro supermassivo com cerca de 18 milhões de vezes a massa do nosso Sol. Esta criatura feroz devora estrelas e gás e está rodeada por um fosso de plasma quente que emite explosões de raios-X.

Juntos, a bela [galáxia] e a fera residem na direção da constelação da Águia (Aquila) e coexistem há pelo menos 1 bilhão de anos.

Fonte

APOD: NGC 6814: Grand Design Spiral Galaxy from Hubble – Créditos da imagem: ESA/Hubble & NASA / Judy Schmidt (Geckzilla)

NASA: Hubble Spies a Spiral Snowflake

Artigo Científico

Correlated X-ray/ultraviolet/optical variability in NGC 6814

._._.

1509.01124v2-Correlated-X-ray-ultraviolet-optical-variability-in-NGC-6814

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!