«

»

maio 23

LL Orionis: quando ventos cósmicos entram em colisão

O que criou essa curiosa estrutura no espaço?

http://imgsrc.hubblesite.org/hu/db/images/hs-2002-05-a-full_jpg.jpg

Arco de Choque de LL Orionis pelo Hubble

Essa graciosa estrutura encurvada, de fato, consiste em um arco de choque com diâmetro de cerca de um ano luz. Esse objeto foi criado através da colisão do vento estelar da jovem estrela LL Orionis com o fluxo de gás da Nebulosa de Órion.

A deriva no berçário estelar de Órion e ainda nos seus anos primordiais de formação, a estrela variável LL Orionis produz um vento estelar bem mais energético que o vento originado em nosso Sol de meia idade.

A medida que o veloz vento estelar se encontra com o lento gás da nebulosa uma frente de choque é construída, analogamente a um arco de onda de choque criado por um barco se movendo através de uma superfície de água ou também o mesmo fenômeno gerado por um avião veloz viajando a velocidade supersônica.

O gás mais lento flui para for a originado no aglomerado central energético da Nebulosa de Órion, o Trapézio de estrelas (Trapezium) localizado fora na imagem, na direção da borda direita inferior.

Em 3 dimensões, a frente de choque de LL Orionis tem o formato de uma tigela que aparece mais brilhante quando vista ‘debaixo’.

O complexo berçário estelar em Órion hospeda uma miríade de formatos fluidos similares, associados com os processos de formação estelar, incluindo o arco de choque da tênue estrela na parte superior direita do quadro.

Na verdade, essa foto é parte de um mosaico que retrata a Grande Nebulosa de Órion, uma composição colorida registrada em 1995 pelo Telescópio Espacial Hubble.

http://imgsrc.hubblesite.org/hu/db/images/hs-2002-05-a-compass_large_web.jpg

Fontes

Hubblesite: A Bow Shock Near a Young Star

NASA: LL Orionis: When Cosmic Winds Collide – crédito da imagem: Hubble Heritage Team (AURA / STScI), C. R. O’Dell(Vanderbilt U.), NASA

._._.

Deixe uma resposta