«

»

maio 20

Halo lunar no deserto do Atacama por Yuri Beletsky (TWAN)

http://apod.nasa.gov/apod/image/1605/halo_pano_beletsky.jpg

Um raro Halo Lunar no Atacama – Credito ©: Yuri Beletsky (Carnegie Las Campanas Observatory, TWAN)

Influenciado pelo forte efeito do fenômeno El Nino (Oceano Pacífico), céus nublados têm surgido com mais frequência no deserto do Atacama, no Chile, nessa estação do ano, apesar da fama de lá ser considerado o ‘paraíso dos astrônomos’.

Localizado em um dos mais secos e escuros (durante a noite) lugares no planeta Terra, os domos dos telescópios gêmeos de 6,5 metros de Magalhães no Observatório “Carnegie Las Campanas” permaneceram fechados em 13 de maio de 2016.

Nesse panorama uma Lua brilhante e algumas estrelas mais luminosas se destacam nessa paisagem noturna capturada pelo astrofotógrafo Yuri Belestsky.

O que mais importa, no entanto é o disco lunar notavelmente envolvido por um belo halo de 22 graus.

O ângulo é função da geometria hexagonal dos cristais de gelo atmosféricos que reflete e refratam a luz da Lua.

Naquela noite o objeto brilhante dentro do halo não é propriamente uma estrela, mas sim, na realidade, o planeta Júpiter.

A estrela mais brilhante fora do halo na estrema esquerda é Canopus. No lado direito é a estrela Arcturus que se impõe nessa úmida noite incomum do deserto do Atacama.

Fontes

Yuri Beletsky no Facebook

APOD: Halo from Atacama – Credito ©: Yuri Beletsky (Carnegie Las Campanas ObservatoryTWAN)

._._.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Esse blog é protegido!