«

»

mar 09

09 de março de 1986 – Localização dos escombros da Challenger

Não Há Dia Sem História

09 de março de 1986

Localização dos escombros da Challenger

A tripulação da Challenger (Christa McAuliffe, Greg Jarvis, Judy Resnik, Dick Scobee, Ron McNair, Mike Smith e El Onizuka) morreu tragicamente na explosão de sua nave espacial durante o lançamento da missão STS-51-L a partir do Centro Espacial Kennedy cerca de 11:40, EST, em 28 de janeiro de 1986. A explosão ocorreu após 73 segundos de vôo, como resultado de um vazamento em um dos dois ‘Solid Rocket Boosters’ que inflamou o principal tanque de combustível líquido.

A tripulação da Challenger (Christa McAuliffe, Greg Jarvis, Judy Resnik, Dick Scobee, Ron McNair, Mike Smith e El Onizuka) morreu tragicamente no acidente após o lançamento da missão STS-51-L a partir do Centro Espacial Kennedy cerca de 11:40, EST, em 28 de janeiro de 1986. O evento ocorreu após 73 segundos de voo, como resultado de um vazamento em um dos dois ‘Solid Rocket Boosters’ (SRB ). A fuga dos gases no SRB provocou a ruptura da estrutura do tanque exterior o que levou à expansão dos gases de forma muito rápida, causando a catástrofe.

No dia 09 de março de 1986, há 30 anos, os mergulhadores da marinha dos EUA confirmam a localização da cabine do ônibus espacial Challenger. Os corpos dos sete tripulantes estão no interior. O acidente ocorrera no dia 28 de janeiro. O primeiro alerta de localização fora dado dois dias antes.

http://abcnews.go.com/Technology/slideshow?id=2826925

NASA: momentos sombrios. Clique na imagem para acessar a galeria de fotos.

O conjunto de foguetes do STS 51 L (Challenger) se desintegrou 73 segundos após o lançamento, quando se encontrava a 14,6 mil metros de altitude. A causa do acidente foi um defeito em uma junta de vedação do tanque de combustível de um dos foguetes. A falha provocou o vazamento em um dos dois ‘Solid Rocket Boosters’ (SRB). A violenta fuga dos gases provocou a ruptura da estrutura do tanque exterior o que levou à expansão dos gases de forma muito rápida. O acidente foi filmado e transmitido ao vivo, para canais de televisão em todo o planeta.

Challenger SRB

Apesar de sugerir uma explosão (que na verdade não ocorreu), a nuvem alaranjada que envolve os destroços foi causada por uma expansão subsônica, uma deflagração, dos gases que escaparam do foguete.

Os legistas não especificaram precisamente a “causa mortis” das vítimas. Três sistemas de fornecimento de oxigênio em emergência haviam sido acionados.

._._.

1 menção

  1. 07 de abril de 1983 – o primeiro passeio no espaço a partir de um ônibus espacial [Challenger] » O Universo - Eternos Aprendizes

    […] uma falha de reforço causou uma explosão que resultou na perda de sete astronautas, em um dos mais trágicos acidente da história do programa […]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Esse blog é protegido!