«

»

mar 06

06 de março – Valentina Vladimirovna Tereshkova foi a primeira mulher no espaço

Não Há Dia Sem História

06 de março de 1937

Valentina Vladimirovna Tereshkova foi a primeira mulher no espaço

Valentina Vladimirovna Tereshkova (russo: Валентина Владимировна Терешкова, transliteração: Valentina Vladimirovna Tereškova) (Maslennikovo, 6 de março de 1937) foi a primeira cosmonauta da história e a primeira mulher a ir ao espaço, em junho de 1963.

Valentina Vladimirovna Tereshkova (russo: Валентина Владимировна Терешкова, transliteração: Valentina Vladimirovna Tereškova) (Nascida em Maslennikovo, 6 de março de 1937) foi a primeira cosmonauta da história e a primeira mulher a ir ao espaço, em junho de 1963.

No dia 6 de março de 1937, há 79 anos, nascia Valentina Tereshkova, a primeira mulher a ir ao espaço. O Vilarejo de Maslennikovo, onde ela nasceu, a uns 800 quilômetros a leste de Moscou, não era muito mais do que um acampamento de trabalhadores agrários numa União Soviética coletivizada.

A realidade era um tanto árida. Uma menina pobre, órfã (seu pai morrera na guerra contra a Finlândia) e sem pretensões de progredir nos estudos, Valentina certamente nem sonhava, na adolescência, em viver uma vida com alguma aventura e muito menos qualquer coisa parecida com o que, aqui no Ocidente, chamamos de glamour.

Mas a história faz da suas. Maslennikovo fica a meio caminho entre Moscou e Baikonur, no Cazaquistão, onde os soviéticos iriam dentro em breve construir uma base de lançamento de naves espaciais. Valentina era filha de um herói de guerra.

Em junho de 1963, uma missão soviética colocou duas aeronaves no espaço, sendo que a primeira foi conduzida por Valery Bykovsky, que bateu o recorde de resistência no espaço, quando completou uma missão de cinco dias.

Valentina pilotou a nave Vostok 6, lançada de Baikonur em 16 de junho, tornando-se a primeira mulher no espaço. Ela completou 48 órbitas ao redor da Terra, no total de 71 horas, quase três dias, apesar das náuseas e do desconforto psicológico que sentiu. Depois de chegarem a permanecer em órbita a uma distância de 5 kms uma da outra, com os cosmonautas trocando impressões e saudações por rádio, ambas as naves aterrissaram no dia 19 de junho.

Em 1964, Valentina e o cosmonauta Andrian Nikolayev casaram-se e tiveram uma filha, considerada a primeira criança nascida de pais cosmonautas. Divorciada em 1982, casou-se novamente com Yuli Shaposhnikov, morto em 1999.

Ao realizar o primeiro vôo espacial de uma mulher, Valentina recebeu as duas principais condecorações do país, Herói da União Soviética e a Ordem de Lenin, além de outras comendas e homenagens importantes. Ela também foi presidente do comitê das mulheres soviéticas e tornou-se membro do Soviete Supremo, o parlamento da URSS, e do Presidium, um grupo especial dentro do governo soviético, tendo sido proeminente na política do país de 1966 a 1991.

Deixe uma resposta