«

»

dez 29

A poeira cósmica e a Nebulosa de Órion por Raul Villaverde Fraile

O que envolve uma região de formação de estrelas ?

http://apod.nasa.gov/apod/image/1512/OrionDust_Fraile_1037.jpg

Poeira em Órion por Raul Villaverde Fraile

No caso da nebulosa de Órion (Orion Nebula) a resposta é: a poeira cósmica.

De fato, O inteiro campo de Órion, localizado a cerca de 1.600 anos-luz de distância, é inundado com pitorescos e intricados filamentos de poeira.

Opaca à luz visível, a poeira cósmica é criada na atmosfera exterior de massivas estrelas que esfriaram e expulsaram matéria através de fortes ventos de partículas.

O Trapézio (Trapezium) e outros aglomerados de formação estelar estão embutidos na nebulosa.

Os intrincados filamentos da poeira em torno de M42 e M43 aparecem em tons de marrom na imagem em destaque, enquanto o gás brilhante central é destacado em vermelho.

Ao longo dos próximos milhões de anos grande parte da poeira de Órion será lentamente destruída pelas próprias estrelas que agora estão se formando ou será dispersada dentro da nossa galáxia.

Fonte

APOD: Dust of the Orion Nebula – crédito da imagem ©: Raul Villaverde Fraile

._._.

1 menção

  1. M42: a nebulosa de Órion pelo Herschel » O Universo - Eternos Aprendizes

    […] deslumbrante imagem revela as entranhas da M42 (Nebulosa de Órion), uma região onde reside o mais próximo berçário […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!