«

»

nov 25

Os buracos incomuns descobertos em Plutão

Por que existem tantas covas em Plutão?

http://apod.nasa.gov/apod/image/1511/PlutoPits_NewHorizons_1480.jpg

Buracos em Sputnik Planum fotografados pela New Horizons em Plutão

Os recortes no solo de Plutão foram descobertos durante o voo rasante que a espaçonave New Horizons fez sobre o planeta anão em julho de 2015.

Os maiores poços abrangem um quilômetro de extensão e mergulham por dezenas de metros em um lago de nitrogênio congelado, um lago que se espalha através do Sputnik Planum, parte da famosa região em cores claras em formato de coração, a região denominada Tombaugh Regio.

Embora saibamos que grande parte das covas no Sistema Solar sejam consequências de crateras de impacto, essas depressões em Plutão são bem diferentes, muitas têm tamanho similar entre si, encontram-se densamente agrupadas e também estão alinhadas.

Assim, os cientistas planetários indagam o que poderia ter causado que essas áreas especificas sublimaram e evaporaram. De fato, a ausência de crateras de impacto sobrepostas sugere que esses poços se formaram há relativamente pouco tempo.

Embora a espaçonave robótica New Horizons esteja viajando para um novo destino, a sonda vai continuar por vários meses a enviar a Terra novas imagens e dados revelantes do seu dramático e histórico encontro com Plutão.

Fonte

APOD: Unusual Pits Discovered on Pluto – créditos: NASAJohns Hopkins U. APLSwRI

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!