Arquivo por mês: agosto de 2015

ago 31

M31: mosaico da galáxia de Andrômeda por Robert Gendler

Qual é a galáxia de grande porte mais próxima da nossa Via Láctea? Andrômeda é a resposta. De fato, nossa galáxia é considerada muito parecida com Andrômeda. Juntas a Via Láctea e Andrômeda dominam o Grupo Local de Galáxias. A luz difusa de Andrômeda é gerada por centenas de bilhões de suas estrelas componentes.

Continue lendo »

ago 31

Plutão em cores pela New Horizons

Para quem já está com saudades de Plutão… Plutão é muito mais colorido do que nossos olhos conseguem ver. Dados em cores e imagens do mais famoso planeta anão do Sistema Solar, capturados pela espaçonave robótica New Horizons durante o histórico sobrevoo em julho de 2015, foram combinados digitalmente para nos dar uma visão enriquecida deste antigo mundo que …

Continue lendo »

ago 30

Foram as pedras planetárias os blocos de construção dos maiores planetas?

http://www.swri.org/press/2015/planetary-pebbles-building-blocks-large-planets.htm

Nova descoberta aperfeiçoa os modelos de formação do Sistema Solar. Cientistas do SwRI (SouthWest Research Institute) e da Universidade de Queen, Canadá, provavelmente solucionaram o mistério de como os gigantes gasosos Júpiter e Saturno se formaram. A descoberta muda nossa visão sobre como os planetas do Sistema Solar se formaram. Ironicamente, os maiores planetas do …

Continue lendo »

ago 29

Markarian 231: Hubble descobre que o quasar mais próximo é alimentado por um buraco negro duplo

Astrônomos usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA descobriram que Markarian 231 (Mrk 231), a galáxia mais próxima da Terra que abriga um quasar, é alimentada por dois buracos negros centrais que giram furiosamente sobre seu centro de massa. A descoberta sugere que os quasares (núcleos brilhantes de galáxias ativas) podem, de maneira relativamente comum, …

Continue lendo »

ago 29

Cientistas elucidam a história da metamorfose das galáxias desde o início do Universo até hoje

Especialistas da Universidade Cardiff fornecem as primeiras evidências diretas das ‘metamorfoses galácticas’ Uma equipe internacional de cientistas, liderada por astrônomos da Escola de Física e Astronomia da Universidade de Cardiff (School of Physics and Astronomy), demonstrou pela primeira vez que as galáxias podem mudar sua estrutura ao longo de sua vida. Através da observação das …

Continue lendo »

ago 29

A nebulosa da Gaivota por Dieter Willasch

http://apod.nasa.gov/apod/image/1508/IC2177-60mHa__45m-RGBwillasch.jpg

Uma larga expansão de gás brilhante e poeira cósmica apresenta uma visão que lembra uma ave na visão dos astrônomos do planeta Terra, o que sugere seu nome popular: a Nebulosa do Gaivota. Este retrato de um pássaro cósmico cobre uma área celeste de 1,6 graus através do plano da nossa galáxia Via Láctea, vizinha nos céus de Sirius, …

Continue lendo »

ago 28

Don Goldman revela detalhes da remanescente de supernova Puppis A

Originada pela explosão de uma estrela massiva, a nebulosa remanescente de supernova Puppis A se expande detonando o meio interestelar a 7.000 anos luz de distância da Terra. Nessa distância, esta colorida imagem telescópica, capturada usando dados tanto de amplo espectro quanto filtros de banda estreita, resolve uma área de 60 anos luz de diâmetro. …

Continue lendo »

ago 27

A Grande Nuvem de Magalhães pelo brasileiro Carlos Fairbairn

http://apod.nasa.gov/apod/image/1508/lmc_fairbairn1824x0_q100_watermark.jpg

O navegador português do século XVI Fernão de Magalhães (1480 – 1521) e sua tripulação tiveram muito tempo para estudar os céus meridionais durante a longa viagem da primeira circum-navegação do planeta Terra. Como resultado, dois objetos difusos semelhantes a nuvens, facilmente visíveis para os observadores do hemisfério sul, são hoje conhecidos por Nuvens de Magalhães. De fato, estas nuvens …

Continue lendo »

ago 26

Collinder 399: o cabide cósmico por John Chumack

Será esse ‘cabide celeste’ um asterismo ou um aglomerado de estrelas? Este ‘cabide cósmico‘ tem sido alvo de debates ao longo do século passado, pois os astrônomos questionavam se este objeto visível por binóculos está, de fato, associado a aglomerado estelar aberto fisicamente ligado ou trata-se apenas uma arranjo eventual de estrelas.

Continue lendo »

ago 25

A chuva de meteoros Perseidas e a Via Láctea sobre o Monte Rainier por Matthew Dieterich

Embora pareça, o céu não está caindo. Há duas semanas, entretanto, pedaços pequenos de poeira de um cometa caíram sobre a Terra. Na imagem em destaque a chuva de meteoros Perseidas foi capturada por Matthew Dieterich, caindo sobre o Monte Rainier, em Washington, EUA.

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!