«

»

jul 30

A Via Láctea sobre Uluru na Austrália por Babak Tafreshi

http://apod.nasa.gov/apod/ap150730.html

A Via Láctea sobre Uluru na Austrália – Crédito da Imagem ©: Babak Tafreshi (TWAN)

As áreas centrais da nossa galáxia Via Láctea crescem sobre a famosa Pedra Uluru/Ayers, nesta fantástica paisagem noturna capturada na Austrália pelo astrofotógrafo Babak Tafreshi (TWAN).

Registrada em 13 de julho de 2015, a imagem nos mostra uma tênue luminescência ao longo do horizonte que revela a silhueta da mais reconhecível formação rochosa da Austrália central.

Além da Pedra Uluru, é claro, as grandes nuvens de poeira cósmica da nossa Via Láctea aparecem também com suas silhuetas cósmicas em destaque, como fendas escuras ao longo do tênue conglomerado de estrelas.

Sobre o bulbo central galáctico rios de poeira cósmica convergem na estrela supergigante amarelada Antares. À esquerda de Antares, o planeta Saturno brilha nos céus.

Sobre Uluru

No coração do Outback australiano uma massiva pedra avermelhada se ergue cercada de uma paisagem erodida praticamente plana. A Pedra Uluru (Ayer’s Rock) é um monólito de 348 metros de altura, medindo a largura de 3,6 km por 9,4 km. Uluru é um local sagrado para o povo nativo aborígene. A pedra Uluru foi escavada e esculpida através dos tempos, erodida pelo vento e pela água.

http://eoimages.gsfc.nasa.gov/images/imagerecords/5000/5304/uluru_iko_2004017_lrg.jpg

A Pedra Uluru/Ayers vista do espaço. Esta icônica imagem da Rocha Uluru e o terreno circundante foi capturada pelo satélite Space Imaging’s Ikonos em 17 de janeiro de 2004.

Fontes

APOD: Milky Way over Uluru – Crédito da Imagem ©: Babak Tafreshi (TWAN)

NASA Earth Observatory: Uluru (Ayers Rock)

._._.

Deixe uma resposta