«

»

jul 18

Sobrevoando as planícies criogênicas em Plutão

http://pluto.jhuapl.edu/News-Center/News-Article.php?page=20150717

Planícies congeladas no ‘Coração’ do ‘Coração de Plutão. Créditos: NASA, Johns Hopkins Univ./APL, Southwest Research Inst.’

Levaram 9 anos e meio para chegar tão perto de Plutão, mas agora você pode realizar um voo virtual sobre o planeta anão nesta animação criada a partir dos dados das novas imagens capturadas pela espaçonave robótica New Horizons em 14 de julho de 2015.

A região de Plutão com 77.000 quilômetros sobrevoada virtualmente no vídeo foi denominada Norgay Montes, seguida pelo Sputnik Planum.

As montanhas congeladas, informalmente apelidadas de Tenzing Norgay em homenagem aos dois primeiros alpinistas que escalaram o Monte Everest, atingem 3.500 metros de altura sobre a superfície do planeta anão.

Os planos congelados jovens (sem crateras de impacto) foram informalmente chamados de Sputnik Planum ao norte dos Norgay Montes, em homenagem ao primeiro satélite lançado ao espaço pela humanidade o Sputnik.

Tudo isso se situa dentro da expansiva e brilhante característica em formato de coração, provisoriamente denominada de Tombaugh Regio em honra de Clyde Tombaugh, o descobridor de Plutão em 1930.

http://apod.nasa.gov/apod/ap970204.html

Clyde W. Tombaugh: 1906-1997 – Crédito: J. Kelly Beatty

Fontes

NASA: NASA’s New Horizons Discovers Frozen Plains in the Heart of Pluto’s ‘Heart’

APOD: Fly Over Pluto – Créditos: NASAJohns Hopkins Univ./APLSouthwest Research Inst.

._._.

2 menções

  1. Tartarus Dorsa: New Horizons revela a superfície ‘pele de cobra’ em Plutão

    […] Dorsa faz fronteira com Tombaugh Regio a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!