«

»

mar 08

Larry Van Vleet revela detalhes dos pilares e jatos na Nebulosa do Pelicano

http://www.lvvastro.com/lvvastro_images_raw/WebSite_Images/IC5067-full.jpg

Panorama cósmico revela os pilares e jatos Herbig Haro na Nebulosa do Pelicano. Crédito: Larry Van Vleet

Que são estas estruturas obscuras que crescem na Nebulosa do Pelicano?

Visível dentro da constelação de outro pássaro, o Cisne (Cygnus), a Nebulosa do Pelicano é uma região pontilhada por estrelas recém nascidas, porém obscurecidas por nuvens negras de poeira cósmica.

Esses grãos de poeira muito pequenos, formados nas atmosferas frias das protoestrelas, foram dispersados por ventos estelares e explosões de supernovas.

Impressionantes jatos Herbig-Haro são aqui vistos emitidos por uma estrela à direita que está ajudando a destruir o pilar de poeira de 1 ano-luz que a contém.

Esta imagem característica foi cientificamente colorizada para enfatizar a luz emitida pelas pequenas quantidades de nitrogêniooxigênio e enxofre ionizado em uma nebulosa composta predominantemente de hidrogênio e hélio.

A Nebulosa do Pelicano (IC 5067 & IC 5070) reside cerca de 2.000 anos-luz na constelação de Cygnus e pode ser visualizada a partir de telescópios de pequeno porte a nordeste da brilhante estrela supergigante classe A2 Deneb.

Fontes

LVVASTRO: NGC 5067

APOD: Pillars and Jets in the Pelican Nebula – Crédito ©: Larry Van Vleet (LVVASTRO)

._._.

 

2 menções

  1. Rogelio Bernal Andreo captura Altair, Deneb e Vega formando o Triângulo de Verão

    […] Deneb e Vega são as estrelas alfa de suas constelações (as de maior brilho aparente), respectivamente: […]

  2. Rogelio Bernal Andreo captura Altair, Deneb e Vega formando o Triângulo de Verão » O Universo - Eternos Aprendizes

    […] Deneb e Vega são as estrelas alfa de suas constelações (as de maior brilho aparente), respectivamente: […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!