«

»

mar 07

NGC 602 na Nebulosa do Lagarto Voador sob as lentes de Don Goldman

http://apod.nasa.gov/apod/image/1503/NGC602Web_goldman.jpg

A nebulosa NGC 602 por Don Goldman

Na periferia da galáxia vizinha Pequena Nuvem de Magalhães, dentro de uma galáxia satélite a 200 mil anos-luz de distância reside o aglomerado estelar jovem NGC 602, com 5 milhões de anos de idade.

Envolvido por poeira cósmica e gás o NGC 602 é mostrado nesta astrofotografia capturada por Don Goldman, logo abaixo do centro. Esta paisagem cobre um campo celeste em uma área com cerca do tamanho da Lua cheia.

O aglomerado NGC 602 por si só tem cerca de 200 anos luz de diâmetro.

http://www.astrodonimaging.com/_img/pages/image/NGC602withN89.jpg

Uma visão de campo largo é exibida acima incluindo a nebulosa de emissão N89, a noroeste da NGC 602, nesta imagem. Crédito: Don Goldman

Cumes interiores brilhantes e formas penteadas para trás sugerem fortemente que as ondas de radiação e de choque energético de NGC 602 de jovens estrelas massivas corroeram o material empoeirado e desencadearam uma progressiva formação estelar se afastando do centro do aglomerado.

Um close-up da região central brilhante foi apresentada pelo time do Hubble onde as colunas de poeira estão claramente representadas, como frentes de choque esculpidas pela radiação das estremas jovens do aglomerado. Créditos: NASA, ESA,Hubble Heritage Team STScI/AURA - ESA Collaboration

Um close-up da região central brilhante foi apresentada pelo time do Hubble onde as colunas de poeira estão claramente representadas, como frentes de choque esculpidas pela radiação das estremas jovens do aglomerado. Créditos: NASA, ESA,Hubble Heritage Team STScI/AURA – ESA Collaboration

Também notam-se as asas prolongados da emissão de radiação. Estas asas cósmicas sugerem um nome popular para o complexo ambiente cósmico: a Nebulosa Lagarto Voador.

http://www.astrodonimaging.com/_img/pages/image/sxp1062final.jpg

No mosaico acima vemos uma composição usando imagens no visível de Cerro Tololo e dados em Raios-X provenientes do Chandra (NASA) e XMM-Newton (ESA).

Fonte

APOD: NGC 602 in the Flying Lizard Nebula – Crédito ©: Don Goldman

._._.

Deixe uma resposta