Arquivo por mês: outubro de 2014

out 29

ALMA estuda formação exoplanetária no sistema binário GG Tauri-A e descobre uma corrente de gás inédita

http://www.eso.org/public/usa/images/eso1434a/

Descoberta uma “corda salva vidas” para a formação de planetas num sistema binário de estrelas – ALMA examina uma “roda dentro de outra roda” de poeira e gás Com o auxílio do ALMA astrônomos detectaram, pela primeira vez, uma corrente de gás que flui desde um disco externo massivo até ao interior de um sistema …

Continue lendo »

out 28

Entenda o movimento retrógrado de Marte nos céus

Por que Marte parece se mover para trás ao longo do tempo? Na maior parte do tempo, o movimento aparente de Marte no céu se dá um uma direção, lentamente porém com firmeza, à frente das estrelas distantes. No entanto, a cada dois anos, a Terra ultrapassa Marte na ‘corrida orbital’ em volta do Sol.

Continue lendo »

out 26

Por que as estrelas solitárias como nosso Sol são tão mais raras?

http://www.centauri-dreams.org/?p=31713

Qual a razão da raridade das estrelas solitárias como o nosso Sol? Para entender disso devemos aprender como os sistemas estelares se formam. Vejamos aqui as conclusões de um recente estudo sobre este tema.

Continue lendo »

out 25

Cassini revela distribuição de gases orgânicos brilhando na atmosfera de Titã

http://www.nasa.gov/sites/default/files/thumbnails/image/titanmoleculesimage.jpg

Mapas de Titã revelam manchas com traços dos gases que brilham perto dos polos norte e sul. Estas regiões estão curiosamente deslocadas dos polos, para Leste ou Oeste, quando o amanhecer surge na região Sul e enquanto a noite cai na região Norte. O par de manchas foi descoberto por uma colaboração internacional de cientistas …

Continue lendo »

out 25

Corona auroral sobre a Noruega capturada por Harald Albrigtsen

http://apod.nasa.gov/apod/image/1410/aurora02_albrigtsen_1001.jpg

As auroras acontecem no céu entre 60 km e 1.000 km de altura, raramente abaixo disso. As luzes das auroras resultam das colisões entre os energéticos elétrons e prótons vindo do espaço que se chocam com as moléculas da atmosfera terrestre. Mais incomum, entretanto, é a corona auroral que aparece com um ponto central cercado de luzes, como na foto …

Continue lendo »

out 24

O cometa McNaught por Minoru Yoneto

http://apod.nasa.gov/apod/image/1410/cometmeteorgalaxy_yoneto_800.jpg

O cometa McNaught tem sido talvez o cometa mais fotogênico dos últimos tempos modernos a partir da Terra. Depois de fazer uma bela aparição no hemisfério norte no início de janeiro de 2007, o cometa se moveu para o sul e desenvolveu uma longa e incomum cauda que maravilhou os observadores do hemisfério sul. No final de janeiro …

Continue lendo »

out 23

Hubble descobre uma galáxia muito distante com ajuda de lente gravitacional  gerada pelo aglomerado Abell 2744

Observando através de uma lente gravitacional o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA descobriu uma galáxia pequena e tênue extremamente distante, quando o Universo ainda era um ‘bebê’. A diminuta galáxia está a uma distância estimada em mais de 13 bilhões de anos-luz (z ~ 10). Esta galáxia muito distante nos fornece um vislumbre sobre os …

Continue lendo »

out 22

ESO realiza censo de exocometas em Beta Pictoris

O dispositivo HARPS, pertencente ao Observatório de La Silla do ESO no Chile, foi utilizado no censo mais completo feito até hoje de cometas em torno de outra estrela (exocometas). Uma equipe de astrônomos franceses estudou 493 cometas individuais que orbitam a estrela Beta Pictoris e descobriu que estes objetos pertencem a duas famílias distintas …

Continue lendo »

out 21

New Horizons: 3 novos alvos no Cinturão de Kuiper identificados para a extensão da missão

Através do Telescópio Espacial Hubble os astrônomos encontraram três novo alvos potenciais no Cinturão de Kuiper para serem explorados pela missão New Horizons, o que significa que nossas esperanças na continuação da missão serão satisfeitas. Plutão/Caronte e as demais luas são alvos intrigantes, mas quanto mais usarmos a espaçonave robótica para visitar outros membros gelados …

Continue lendo »

out 20

Terá a lua Mimas um oceano interno sob sua crosta de gelo?

http://www.nasa.gov/mission_pages/cassini/multimedia/pia12569.html

Um novo estudo focado no interior da lua congelada Mimas (Saturno), sugere que a sua superfície repleta de crateras esconde uma de duas possibilidades intrigantes: ou o núcleo congelado de Mimas possui um formato similar a uma bola de futebol americano ou esta pequena lua abriga um oceano subsuperficial com água no estado líquido. Os …

Continue lendo »

Posts mais antigos «