«

»

set 04

M6: o aglomerado estelar da Borboleta revelado por Marco Lorenzi

http://apod.nasa.gov/apod/image/1409/m6_marco_3643.jpg

M6 por Marco Lorenzi

Para os observadores do céu noturno o formato do aglomerado estelar aberto de estrelas M6 lembra uma borboleta. M6 (NGC 6405) tem um diâmetro de aproximadamente 20 anos luz e reside a uma distância da Terra de 2.000 anos luz.

O aglomerado estelar M6, na imagem acima, pode ser melhor visto em uma noite escura através de binóculos na direção da constelação do Escorpião (Scorpius), cobrindo uma porção do céu equivalente a área da lua cheia.

Como outros aglomerados estelares abertos, M6 é composto predominantemente de jovens estrelas azuis da classe espectral B, embora a estrela mais brilhante seja alaranjada, a BM Scorpii.

BM Scorpii é uma estrela semiregular variável e seu brilho varia entre as magnitudes +5.5 a +7.0. (veja esta estrela em destaque, na ‘asa da borboleta’, na imagem abaixo capturada por Sergio Eguivar).

http://apod.nasa.gov/apod/image/1109/m6_eguivar_1600.jpg

O aglomerado estelar da Borboleta por Sergio Eguivar (Buenos Aires Skies)

A idade estimada de M6 foi estabelecida em cerca de 100 milhões de anos.

A determinação de aglomerados similares ao M6 ajudam aos astrônomos a calibrar as escalas de distâncias dentro do Universo.

Fontes

APOD: M6: The Butterfly Cluster – Crédito©: Marco Lorenzi

APOD: M6: The Butterfly Cluster – Crédito©:  Sergio Eguivar Buenos Aires Skies

 ._._.

Deixe uma resposta