«

»

mar 11

Don Yeomans responde as questões sobre os mitos de 2012

Don Yeomans fotografado no Space Flight Operations Facility (SFOF) do Jet Propulsion Laboratory da NASA.

Ainda preocupado sobre o fim-do-mundo em 2012?

Don Yeomans, cientista sênior da NASA deu recentemente nova entrevista e explicou as diversas questões sobre 2012.

Entre os assuntos abordados estão: o fim do calendário Maia, as tempestades solares, a inversão dos pólos, os supostos alinhamentos planetários e o misterioso planeta invisível Nibiru.

Don Yeomans trabalha no JPL (Jet Propulsion Laboratory) em Pasadena, Califórnia.

Leia também a entrevista anterior dele em: 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer em 2012.

Don Yeomans já recebeu cerca de 15 prêmios e honrarias pelo seu mérito, entre eles o Exceptional Service Medal (medalha por serviços excepcionais) e o Space Act Award. O asteróide 1982 HN1 foi batizado de 2956 Yeomans em sua homenagem.

Referências

Quem é Don Yeomans?

Asteróide 2956 Yeomans (1982 HN1)

._._.

14 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Boas a Todos. Queres mudar o Mundo…muda a ti próprio. Não procures em mais lado nenhum, a não ser..dentro em ti. Se todos mudarem a sua Mentalidade, se todos pensarem que a Natureza precisa de Respeito, quando pensarem nas energias renováveis, mais amizade entre todos, compreensão, bondade..e esquecermos o egoísmo. Não é ter medo do que vai acontecer, que tem medo, não tem respeito. Muda a ti..mudarás o Mundo.

    1. Amigo, a quem se dirigiu este comentário ?

      Poderia ser mais específico ?

      Ou o comentário se dirigiu às pessoas de um
      modo geral ?

  2. Eu só não entendo pq o espanto dos que são contra a teoria Maia, assim dos que acham que o “mundo vai acabar”… seja hoje, amanhã ou daqui a um milhão de
    anos.

    Até pq qualquer fenômeno de origem cósmica (proveniente do espaço) que possa “acabar com o mundo”, são fenômenos totalmente NATURAIS (são fenômenos que nada têm de sobrenatural).

    O que eu enxergo é que a discussão não se resume
    a se o “mundo vai acabar” ou não. Na verdade a
    discussão entra no aspecto psíquico-social.

    As pessoas que vivem à margem da sociedade e/ou
    em países subdesenvolvidos (exs: uma Índia, um
    Bangladesh entre outros), como não vêem
    perspectiva nenhuma de mudança de sua condição
    sócio-econômica, vêem o “Fim do Mundo” e os seus
    desdobramentos (o pós-Fim do Mundo) como a
    única alternativa para mudança.

    Por outro lado as pessoas que já adquiriram um
    certo padrão econômico e de aquisição de bens
    materias, abominam e refutam a tese de que um
    dia o mundo possa acabar ou que a vida na Terra
    possa ser extinta (ou quase extinta) em decorrência
    de um fenômemo (qualquer fenômeno) de largas
    proporções e que possa causar sérios danos ao
    planeta, sob pena de verem perder todos seus bens
    (incluindo aí o acumulo de capital – DINHEIRO),
    adquiridos ao longo dos anos.

    É assim que eu enxergo esta discussão, até pq,
    repito, seja hoje, amanhã ou daqui um milhão de
    anos, um ou alguns fenômenos desta natureza vão
    sim causar danos ao planeta, ou levá-lo a
    aniquilação total, porém, como mencionei, são
    fenômenos TOTALMENTE NATURAIS.

  3. migueljrarts.blogspot.com

    Ricardo, bom dia. Desculpa por esse comentário não corresponder a essa matéria (não achei seu e-mail). Acabei de registrar um roteiro para longa-metragem de ficção científica chamado 2118: Recomeço – basicamente dois asteróides caem na Terra e um rapaz consegue voltar no tempo e salvar sua familia. Gostaria, se possivel, que você o avaliasse e desse sua opinião. Esse é o link: http://www.4shared.com/office/sSox8GQG/2118_RECOMEO_-_JOS_MIGUEL_DA_C.html Obrigado.

    1. ROCA

      Vou dar uma olhada.

  4. Segundo os Maias, o que vai acabar é a antiga mentalidade a que estamos habituados. Termina um antigo ciclo, para começar outro com novas informações, novas mentalidades, mais espiritual, mais abrangente. Sobre o espírito ninguém fala, sobre a alma, sobre os pensamentos. Eis chegada a altura que os Maias mencionam ; )

  5. Bruno Rocha

    Mt palomar :
    Na verdade me baseei (fiz o comentário a partir
    de) na parte final do comentário do Bruno Rocha:
    “tem gente… que acredita que o mundo vai
    acabar em 2012.”

    P.S. Quando tiver um tempo livre envio um
    comentário mais detalhado a respeito,
    enfocando inclusive o aspecto psíquico-
    social do assunto.

    Eu estava falando que tem pessoas que acreditam que o mundo iria acabar por meios “sobrenaturais” (Por Ex: O calendário maia)

    1. ROCA

      Bem esclarecido, Bruno!

  6. Bruno Rocha

    Só queria saber como tem gente com um QI tão baixo que acredita que o mundo vai acabar em 2012.

    1. Mt palomar

      Só pra constar:

      – “Fim do Mundo” (do planeta Terra) é uma
      coisa ,

      – Extinção ou quase extinção da vida no planeta
      é outra coisa ,

      – E evento que possa trazer danos (ou sérios
      danos) na superfície do planeta e a partir de
      seus desdobramentos causar perdas de vidas
      (ou não) é outra completamente diferente.

      P.S. Diante do exposto não estou afirmando que
      vai acontecer evento X ou evento Y, apenas
      estou dizendo que se há uma probabilidade
      infinitesimal que seja, de um determinado
      evento acontecer, ela não pode ser
      descartada.

      Isso é matemática. Isso é Física !

    2. ROCA

      Fim-do-mundo é um conceito amplo e vago e em geral usado de forma duvidosa para colocar medo nos incautos.

    3. Mt palomar

      Na verdade me baseei (fiz o comentário a partir
      de) na parte final do comentário do Bruno Rocha:

      “tem gente… que acredita que o mundo vai
      acabar em 2012.”

      P.S. Quando tiver um tempo livre envio um
      comentário mais detalhado a respeito,
      enfocando inclusive o aspecto psíquico-
      social do assunto.

    4. ROCA

      Comentário bem pertinente!

  7. Miguel Jr Arts

    Apesar do video em inglês, é perceptivel a incoerência com o “fim” da civilização. Antes da tecnologia, havia explicações para a existência e mitos nos devoravam. Agora, graças a nossos cientistas e físicos, como Einstien ou Galileu, há provas, conceitos. Não existe 2012 – mera especulação e teorias explicitas de uma sociedade manipulada. Parabéns Ricardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!