«

»

dez 21

Kepler encontra dois planetas do tamanho da Terra

Imagem: O diagrama acima compara os tamanhos dos primeiros dois planetas com tamanho similar ao da Terra que orbitam um Sol como o nosso, Kepler 20e e Kepler 20f. Kepler 20e é menor que Vênus (que tamanho igual a 87% da Terra) e Kepler 20f é ligeiramente maior que a Terra (103%). Vênus tem 95% do tamanho da Terra. Antes desta descoberta o menor mundo conhecido era Kepler 10b com 1,42 vezes o diâmetro da Terra (2,9 vezes o volume). Crédito: NASA/Ames/JPL-Caltech.

É intrigante saber que continuamos a encontrar sistemas extrasolares diferentes do nosso. A descoberta de dois novos exoplanetas que tem tamanho similar ao da Terra confirma o sentimento de que, em uma galáxia de tamanha fecundidade, cada sistema solar que olhamos tem suas peculiaridades próprias a nos revelar e deliciar. Chega agora a vez de falarmos sobre estrela Kepler 20 (nome este designado em função do observatório espacial Kepler que estuda trânsitos exoplanetários, responsável pela descoberta).

Sim, sabemos agora que Kepler 20 possui uma coleção de 5 mundos, três maiores e dois menores, com as dimensões da Terra e Vênus e todos os cinco orbitando bem próximo da sua estrela hospedeira, mais perto que Mercúrio é do Sol. Kepler 20 é uma estrela da classe G ligeiramente mais fria que o Sol que reside a 950 anos luz de distância na constelação de Lira.

Além disso, o antigo pensamento (baseado no Sistema Solar) de que planetas menores residem próximos de sua estrela enquanto os maiores ficam mais além é aqui rechaçado. Em Kepler 20 o cenário é bem diferente, onde os planetas maiores (todos são menores que Netuno) orbitam alternando-se com planetas menores (maior/menor/maior/menor/maior). Kepler 20b, 20c e 20 d são os três maiores com diâmetros de 24.100 km, 39.600 km e 35.400 km, respectivamente e períodos orbitais curtos de 3,7, 10,9 e 77,6 dias.

Jack Lissauer, cientista planetário e membro do Ames Research Center da NASA, em Moffett Field, Califórnia afirmou:

Os dados do observatório Kepler tem nos mostrado que há arranjos em sistemas extrasolares muito diferentes que estamos acostumados aqui no Sistema Solar. A análide das informações fornecidas pelo Kepler nos revelam novas visões sobre a diversidade da morfologia dos sistemas em nossa galáxia.

Concepção artística de Kepler 20e. Crédito: NASA

Obviamente, são os dois menores exoplanetas de Kepler que foram destaque nas notícias de hoje, uma vez que sua presença é mais um passo na tentativa de encontramos exoplanetas similares a Terra em zonas habitáveis. Kepler 20e e Kepler 20f, pelo menos, se encaixam em termos de tamanho. No entanto, dada a proximidade da sua estrela mãe, a presença de água liquida em suas superfícies está fora de questão. Suas temperaturas são da ordem de 760ºC e 426ºC. Com uma órbita de duração de 6,1 dias, Kepler 20e tem um tamanho estimado em 87%  da Terra (11.100 km). Kepler 20f gira em torno do seu sol em 19,6 dias e seu diâmetro é quase o mesmo da Terra (13.200 km). Os cientistas especulam que ambos sejam rochosos com respectivas massas menores que 1,7 e 3 vezes a massa terrestre.

Clique nos links abaixos para entender sobre o trânsito e visualizar as órbitas de cada um dos exoplanetas da estrela Kepler 20:

Os cientistas especulam que neste cenário ocorreu provavelmente uma situação onde os exoplanetas se formaram bem mais distantes de suas posições atuais e migraram para as orbitas mais próximas por interações com o disco protoplanetário.

 Embora a metodologia de análise do trânsito exoplanetário usada pelo Kepler esteja finamente ajustada a verificação da assinatura velocidade radial destes dois exoplanetas menores está fora da capacidade tecnológica atual. A longa observação feita pelo Kepler das estrelas de Cygnus, Lira e Draco foi capaz de encontrar estes candidatos em Kepler 20. No entanto, a dedução que se tratavam de 5 mundos de tamanhos menores foi feita a partir de pesadas simulações computacionais a partir dos dados fornecidos pelo observatório espacial.

O estudo, assinado por Fressin et al., intitulado “Two Earth-sized planets orbiting Kepler-20” foi publicado na Nature (20 de dezembro de 2011).

Crédito: Space.com

Fontes

Centauri Dreams: Kepler Finds Earth-Sized Planets

Space.com: First Earth-sized alien planets discovery (gallery)

2 comentários

  1. migueljrarts.blogspot.com

    A veiculação da noticia dos jornais foi bem recebida, principalmente pelo tamanho deles ser similar ao da terra. O que me assustou foi a velocidade de trânsito (dada a aproximação da estrela) e claro, a temperatura (760ºC e 426ºC). Mas estamos no caminho certo. O Kepler promete! Abraços ao pessoal.

  2. raiosinfravermelhos.blogspot.com

    Esta notícia é muito boa para quem, como eu, está acompanhando atentamente as descobertas mais importantes do Kepler, desde o início de seus trabalhos de observação. Fiz até uma previsão para o ano de 2012, que relaciona-se com estas descobertas:

    http://raiosinfravermelhos.blogspot.com/2011/12/previsoes-para-2012.html

Deixe uma resposta