«

»

nov 29

Raios anticrepusculares? Como surgem?

Raios Anticrepusculares no Colorado por John Britton

O que está acontecendo sobre o horizonte?

Embora esta cena nos pareça de alguma forma como algo sobrenatural, nada de incomum está ocorrendo além de um pôr-do-sol conjunto com algumas nuvens bem posicionadas.

Na imagem acima se apresentam os conhecidos raios anticrepusculares.

Para entender melhor este fenômeno, comece imaginando raios crepusculares comuns que são vistos a qualquer momento em que a  luz solar se derrama através de nuvens espalhadas. Embora saibamos que a luz solar sempre viaja em ao longo de linhas retas, as projeções destas linhas sobre o céu esférico se transformam em grandes círculos.

Desta forma, os raios crepusculares de um pôr-do-sol (ou nascer-do-sol) irão parecer que reconvergem no outro lado do céu.

No lado oposto ao pôr-do-sol (ou nascer-do-sol), ou seja, no ponto anti-solar de 180º em torno do Sol, este raios são conhecidos como raios anticrepusculares.

Na imagem acima vemos conjunto particularmente impressionante de raios anticrepusculares fotografados em 2001 por John Britton a partir de um carro em movimento em estrada próxima ao município de Boulder, Colorado, EUA.

Veja uma galeria de imagens de raios anticrepusculares clicando aqui.

Foto do pôr-do-sol em Kanab, Utah, EUA, mostra raios crepusculares. Crédito©: Jean A. Nesheim

Raios anticrepusculares visto de uma aeronave sobre o Pacífico. Crédito: Geoffrey A. Landis

Belíssima visão panorâmica do céu mostra à direita os raios anticrepusculares. Clique na imagem para acessar a versão em alta resolução. Crédito: Ian Schlueter

Fonte

APOD: Anticrepuscular Rays Over Colorado – Crédito©: John Britton

1 menção

  1. ConstantinaWeb | Espetáculo no céu

    […] Veja uma galeria de imagens de raios anticrepusculares ao redor do mundo clicando aqui.” […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!