«

»

out 28

MWP1: nebulosa planetária anciã desafia as teorias da evolução estelar

A "Nebulosa Matusalém" MWP1. Crédito: Don Goldman

A “Nebulosa Matusalém” MWP1. Crédito: Don Goldman

Esta encantadora e simétrica nebulosa planetária catalogada como MWP1 reside a cerca de 4.500 anos-luz da Terra na constelação boreal de Cygnus (o Cisne).

Trata-se de uma das maiores nebulosas planetárias conhecidas, com um diâmetro de 15 anos-luz.

Nebulosa Matusalém

As nebulosas planetárias são objetos de vida relativamente curta. Elas duram milhares de anos, um tempo considerado um piscar de olhos quando comparamos com a duração da vida útil de uma estrela como o Sol, ou seja, 10 bilhões de anos.

Os astrônomos calcularam, baseando-se em sua taxa de expansão que esta nebulosa possui uma idade de 150.000 anos(!).

As nebulosas planetárias representam a fase final e extremamente curta da evolução estelar, quando a estrela central progenitora expulsa suas camadas externas e se transforma em uma anã branca. Uma vez que as nebulosas planetárias duram em geral entre 10.000 e 20.000 anos os astrônomos ficam intrigados com a longevidade da nebulosa MWP1. As vezes apelidada de “Nebulosa Matusalém”, este antigo objeto cósmico desafia as teorias da evolução de estrelas similares ao Sol.

Se você gostou da foto, navegue na galeria do Don Goldman em Astrodon.

Fonte

  1. APOD: Methuselah Nebula MWP1 – Crédito©: Don Goldman

Artigo Científico

  1. SAO/NASA ADS: An Atlas of Ancient Planetary Nebulae and Their Interaction with the Interstellar Medium por Tweedy, Richard W. & Kwitter, Karen B.

._._.

An Atlas of Ancient Planetary Nebulae and Their Interaction with the Interstellar Medium
Authors: Tweedy, Richard W.; Kwitter, Karen B.

1 menção

  1. IPHASXJ194359.5+170901: A Nebulosa do Colar revelada por Romano Corradi e equipe « Eternos Aprendizes

    […] astrônomos estimam a idade aparente da estrutura em anel cósmico em torno de 5.000 anos, embora tenham encontrado também nuvens de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!