«

»

set 14

Uma noite estrelada no Alentejo por Miguel Claro

(*) Imagem original dos céus na Vila Boim. Crédito©: Miguel Claro (http://miguelclaro.com)

(*) Imagem original dos céus na Vila Boim. Crédito©: Miguel Claro (http://miguelclaro.com)

Em 22 de julho de 2010 (04h02min) Miguel Claro (http://miguelclaro.com) capturou este belíssimo panorama celeste, onde se destaca a Via Láctea, na madrugada de Vila Boim, Alentejo, Portugal.

O mosaico acima é uma composição a partir de 4 imagens individuais.

Miguel Claro utilizou uma Canon 50D, com a seguinte configuração: ISO3200,10mm, F/4. O tempo de exposição durou 44 segundos.

Em e-mail para o fórum do AstroPT, Miguel Claro comentou:

“Após duas semanas no Alentejo, começo agora a processar algumas das imagens que fiz, esta primeira que partilho é uma das que procurava fazer já há muito tempo com um céu bem contrastado, trata-se de uma imagem apanhando integralmente o arco da Via Láctea. A imagem foi obtida no Alentejo, em Vila Boim, a 200km de Lisboa, num campo de Oliveiras.”

Vila Boim é uma freguesia portuguesa do concelho de Elvas, com 25,5 km² de área e 1 254 habitantes (em 2001). A freguesia de Vila Boim, está integrada no concelho de Elvas, e está limitada ao norte pela freguesia de Vila Fernando, a sul pelo município de Vila Viçosa, a oeste pela freguesia de Terrugem e a leste pela freguesia de São Brás e São Lourenço. Dista 10 km de Elvas, 20 km de Espanha, 20 km de Vila Viçosa, 16 km de Borba e 228 km de Lisboa.

(*) A Via Láctea no céu de Vila Boim, Alentejo, Portugal, com anotações. Crédito©: Miguel Claro - julho de 2010

(*) A Via Láctea no céu de Vila Boim, Alentejo, Portugal, com anotações. Crédito©: Miguel Claro – julho de 2010

História de Vila Boim

Vila Boim tem vestígios de povoamento desde a época pré-histórica como comprovam alguns dólmens descobertos na freguesia.

No século II a.C., os romanos chegaram a Vila Boim.

O início da história documentada de Vila Boim, dá-se com a chegada dos mouros, que a batizaram de Moçarava. Em 1226 D. Sancho II expulsou os muçulmanos da região.

Já no reinado de D. Afonso II, Vila Boim foi doada a D. João de Aboim, deixando a designação de Moçarava, para adotar numa primeira fase o nome de Vila Aboim e posteriormente o de Vila de Boim. Ao longo da segunda metade do século XII, D. João de Aboim foi adquirindo mais terras até que, em data incerta, quando Elvas delimitou por padrões as possessões senhoriais, surgiu o concelho de Vila Boim.

Desde 1305, o concelho de Vila Boim esteve na posse da coroa, até que em 23 de janeiro de 1374, D. Fernando extinguiu o concelho e o integrou ao concelho de Elvas, mas voltou a criá-lo a 14 de Julho do mesmo ano.

Em 1451, Fernando de Abreu vendeu Vila Boim a Fernando I de Bragança, fazendo Vila Boim parte do Ducado de Bragança até 1876. Em 1505 iniciou-se a construção do castelo, que foi destruído na Guerra da Restauração. Em 1 de julho de 1518 D. Manuel concedeu um foral à vila.

Em 1836, quando das reformas administrativas, o concelho de Vila Boim foi definitivamente extinto e integrado no concelho de Elvas.

Direitos autorais

(*) as imagens foram publicadas com autorização expressa do autor (Miguel Claro).

Fontes

Miguel Claro (http://miguelclaro.com): Milky Way from Alentejo

Recomendamos acessar a galeria de Miguel Claro no link: http://miguelclaro.com

Wikipédia (PT): Vila Boim

._._.

1 comentário

  1. nino

    Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!