«

»

jun 15

Qual a origem da Nuvem Oort de cometas? Teria o Sol roubado os cometas de outras estrelas?

Em uma semana brilhante em termos de descobertas científicas, Harold F. Levison do Southwest Research Institute em Boulder Colorado liderou uma pesquisa que focou nas origens dos cometas do Sistema Solar.

O Comet McNaught, possivelmente oriundo de material de outro sistema estelar, de acordo com os recentes estudos de Levison e equipe. Crédito da imagem: Stéphane Guisard

O Comet McNaught, possivelmente oriundo de material de outro sistema estelar, de acordo com os recentes estudos de Levison e equipe. Crédito da imagem: Stéphane Guisard

Em simulações computacionais Levinson e seu time concluíram que a antiga hipótese de que a Nuvem Oort de cometas nos confins do Sistema Solar foi originada a partir do disco de poeira proto-planetária está imperfeita. Assim, Levinson afirma que embora nosso sistema tenha produzido cometas, o enxame de objetos que se aglomera na Nuvem de Oort, a meio caminho entre o Sol e Alfa Centauri, pode ter se originado a partir de material roubado de outros sistemas estelares.

No trabalho publicado na revista Science em 10 de junho de 2010 (Capture of the Sun’s Oort Cloud from Stars in Its Birth Cluster), Levison afirmou:

“Se nós assumirmos que o disco proto-planetário solar pode ser usado para originar a população da nuvem de Oort, nós podemos concluir (a partir das simulações computacionais) que mais de 90% dos cometas presentes na Nuvem de Oort tiveram uma origem extrasolar”.

Como este processo teria funcionado?

Nós acreditamos que o Sol se formou em um berçário estelar contendo centenas (ou milhares) de estrelas agrupadas. Cada uma das estrelas teria formado sua própria população de cometas a partir de seu disco cicuntestelar. A maior parte destes cometas, incluindo também aqueles formados nos primórdios do Sistema Solar, teria sido ejetada pelos efeitos gravitacionais dos novos protoplanetas gigantes gasosos. Movendo-se para fora do aglomerado estelar onde o Sol nasceu, estes cometas teriam sido capturados eventualmente por outras estrelas, assim como também o próprio Sol. Assim, o Sol teria angariado seu quinhão próprio de cometas à medida que o aglomerado se dispersou e as jovens estrelas quentes expulsaram o restante dos gases para o vazio do espaço interestelar.

Martin J. Duncan, co-autor do estudo, afirmou:

“O processo de captura de cometas é surpreendentemente eficiente e nos leva a excitante possibilidade de que a Nuvem de Oort contem um pot-pourri de amostras de material oriundo de diversas estrelas irmãs do Sol”.

Nos primórdios do Sistema Solar, nossa estrela mãe esteve envolvida em trocas substanciais de material com outras estrelas, todas estas que se moveram para longe do aglomerado original. Se esta hipótese proposta pelos cientistas é verdadeira, então a Nuvem de Oort deveria conter material original de uma variedade de estrelas que nasceram próximas ao Sol. Conseqüentemente, muitos cometas como o Halley, Hale-Bopp e McNaught são, de fato, visitantes extrasolares que o campo gravitacional solar capturou.

Ramon Brasser (Observatoire de la Cote d’Azur) afirmou:

“A formação da Nuvem de Oort tem se mantido como um mistério astronômico por mais de 60 anos e nosso trabalho tem a intenção de resolver este antigo enigma”.

Nova hipótese tenta a explicar a origem misteriosa da nuvem de cometas de Oort: vieram os cometas de outras estrelas?

Nova hipótese tenta a explicar a origem misteriosa da nuvem de cometas de Oort: vieram os cometas de outras estrelas?

Foto do Cometa McNaught

APOD: Comet McNaught Over Chile – Crédito: Stéphane Guisard

Fontes

Centauri Dreams: Oort Finding: Many Comets From Other Stars

Science Daily: Many Famous Comets Originally Formed in Other Solar Systems

Scientific American: Many Solar System Comets May Have Been Swiped from Other Stars

Science: Capture of the Sun’s Oort Cloud from Stars in Its Birth Cluster

Autores:

Harold F. Levison1, Martin J. Duncan2, Ramon Brasser3 e David E. Kaufmann1

1 Southwest Research Institute, 1050 Walnut Street, Suite 300, Boulder, CO 80302, USA.
2 Department of Physics, Queen’s University, Kingston, Ontario, K7L 3N6, Canada.
3 Dep. Cassiopé, University of Nice–Sophia Antipolis, CNRS, Observatoire de la Côte d’Azur, Nice, France.

._._.

1 menção

  1. Ilhas no caminho das estrelas « O Universo – Eternos Aprendizes

    […] Artigos interessantes sugeridos para leitura: Qual a origem da Nuvem Oort de cometas? Teria o Sol roubado os cometas de outras estrelas? Anã marrom errante, descoberta a 9 anos-luz da Terra, nos lembra um Júpiter solitário Poderá a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!