«

»

abr 18

Incríveis imagens do vulcão Eyjafjallajokull na Islândia capturadas pelo astrônomo Snaevarr Gudmundsson

http://www.universetoday.com/wp-content/uploads/2010/04/Lightnings1.jpg

(*) Potentes descargas elétricas formam raios visíveis nas plumas do vulcão Eyjafjallajokull na Islândia em 17 de abril de 2010. Repare também na enxurrada de icebergs da inundação (na parte inferior da foto). Crédito: Snaevarr Gudmundsson.

O astrônomo Snaevarr Gudmundsson da Islândia passou bem próximo do vulcão Eyjafjallajokull e conseguiu imagens fantásticas do fenômeno.

“Eu consegui ficar próximo do vulcão entre 16h e 22h no sábado e observei esta impressionante erupção”, disse Gudmundsson no e-mail para a redação da Universe Today. “Um evento espantoso, explosões estrondosas de magma aquecido a 1200 °C em choque com água e gelo. Eu fotografei mais de 550 imagens ao longo de 3 horas de puro embevecimento. Pode até parecer estranho, mas suas contínuas mudanças de aparência nunca se tornam enfadonhas”.

Plumas do vulcão Eyjafjallajokull em 17 de abril por Snaevarr Gudmundsson.

Plumas do vulcão Eyjafjallajokull em 17 de abril por Snaevarr Gudmundsson.

Gudmundsson disse que havia um pouco de cheiro sulfúrico no ar, apesar de estarem em um local onde o vento soprava diretamente na direção ao vulcão. “As cinzas foram sopradas para o outro lado do vulcão, tornando a vida miserável para os agricultores e famílias que estão abaixo, mas o resto das cinzas subiu para uma maior altitude e de lá seguiu para a Europa.”

As plumas do vulcão Eyjafjallajokull se elevam a mais de 6.000 metros. Crédito: Snaevarr Gudmundsson.

As plumas do vulcão Eyjafjallajokull se elevam a mais de 6.000 metros. Crédito: Snaevarr Gudmundsson.

A pluma massiva gera uma imagem impressionante, desde potentes descargas elétricas formando brilhantes raios dentro das nuvens até uma quantidade fenomenal de cinzas ejetadas.

Inundação e icebergs

(*) “A partir do sopé do vulcão até o topo proeminente, visto na frente da nuvem de fluxo piroclástico (que aparece em algumas fotos), a altura total estimada é de cerca de 1.300 a 1.400 metros”, disse Gudmundsson. “Quando a erupção começou, uma inundação enorme desceu a geleira abaixo à esquerda da cratera. E se você olhar de perto na foto mostrando o sopé da montanha verá uma enxurrada de icebergs no plano da inundação. Sob esta mesma geleira havia uma lagoa pouco profunda (não pode ser vista, mas residia entre duas morenas, uma de cada lado), mas os sedimentos da erupção a encheram em apenas dois dias, no máximo! Isso é inacreditável. Eu já escalei esta geleira muitas vezes, mas o acesso era geralmente através da morena, ao redor da lagoa para atingir o gelo. Mas, de repente, a morena se foi.”

Na imagem abaixo vemos um helicóptero voando nas redondezas, que aparece minúsculo em relação as plumas vulcânicas.

As plumas massivas do vulcão Eyjafjallajokull escondem um helicóptero voando nas proximidades (à esquerda). Crédito: Snaevarr Gudmundsson

As plumas massivas do vulcão Eyjafjallajokull escondem um helicóptero flagrado voando nas proximidades (à esquerda). Crédito: Snaevarr Gudmundsson.

Gudmundsson disse que ele e outros fotógrafos estavam a uma distância segura da erupção, mas foram poucos quilômetros de distância. “Estávamos perto de um pequeno rio e seu som proeminente nos impediu de ouvir muito da erupção, exceto alguns estrondos de trovões, de vez em quando”, disse ele. “Durante a luz do dia, nós até mesmo vislumbramos alguns raios, mas ao anoitecer os flashes foram facilmente localizados, especialmente durante os períodos ativos das explosões vulcânicas”. Gudmundsson disse que os caminhos de inundação podem ser visto abaixo da geleira como gargantas estreitas esculpidas suavemente sobre os sedimentos vulcânicos.

Alguns dos mais recentes relatórios da Islândia informam que em algumas áreas a precipitação vulcânica tem sido significativa, entupindo os motores dos carros, tornando grama acinzentada e reduzindo a visibilidade a apenas alguns metros.

A polícia diz que as condições de dirigibilidade podem ser muito difíceis nestes lugares, mas a área afetada é remota, onde moram apenas algumas centenas de pessoas, a maioria deles vivendo em casas isoladas de fazendeiros. Eles foram aconselhados a permanecer dentro com as janelas e portas fechadas e a usar óculos de proteção e uma máscara se forem se aventurar ao ar livre.

Raios causados pela descarga elétrica na coluna de cinzas. Crédito: Marco Fulle (Stromboli Online)

Raios causados pela descarga elétrica na coluna de cinzas. Crédito: Marco Fulle (Stromboli Online)

Cinzas e raios

Quando as nuvens aquecidas das cinzas tóxicas junto com a torre de poeira se elevam para o céu, o ar é ionizado, gerando uma tempestade elétrica explosiva. Garfos colossais de relâmpagos faiscantes em torno das plumas nocivas vomitadas da cratera do vulcão criam uma imagem de pura energia, assustadora, como se o próprio ar estivesse em chamas.

Visão do espaço do dia 17 de abril

A seguir a NASA forneceu uma visão do espaço que mostra a erupção neste mesmo dia, 17 de abril, pelo satélite EO-1:

Imagem no espectro visível (esquerda) e no infravermelho (direita) do vulcão Eyjafjallajökull capturadas em 17 de abril de 2010 pelo dispositivo Hyperion do satélite da NASA Earth Observing-1 (EO-1). Crédito: NASA/JPL/EO-1 Mission/GSFC/Ashley Davies

Imagem no espectro visível (esquerda) e no infravermelho (direita) do vulcão Eyjafjallajökull capturadas em 17 de abril de 2010 pelo dispositivo Hyperion do satélite da NASA Earth Observing-1 (EO-1). Crédito: NASA/JPL/EO-1 Mission/GSFC/Ashley Davies

Qual é a situação atual?

A imagem a seguir mostra a situação mais recente do vulcão, fornecida pela estação de monitoramento do SAT24.com, e mais embaixo a imagem obtida em 17 de abril, pela mesma câmera:

Imagem atualizada do vulcão

Imagem atualizada do vulcão, fornecido por SAT24.

Imagem do Eyjafjallajökull no dia 17 de abril de 2010 04 17 15h UTC. Crédito: Sat24.com

Imagem do Eyjafjallajökull no dia 17 de abril de 2010, 15h UTC. Crédito: Sat24.com

O impacto na Europa

A seguir uma visão do céu do norte-europeu no dia 17/10/2010:

Nesta imagem capturada pelo satélite Terra da NASA em 17 de abril vemos as plumas vulcânicas se espalhando pelo norte da Europa. Crédito: NEODAAS/University of Dundee/AP

Nesta imagem capturada pelo satélite Terra da NASA em 17 de abril vemos as plumas vulcânicas se espalhando pelo norte da Europa, vindo da Islância (no topo, à esquerda). Crédito: NEODAAS/University of Dundee/AP

3 enormes crateras reveladas pelo radar

A equipe da Landhelgisgæslan (Icelandic Coastal Patrol) capturou esta imagem de radar das crateras do Eyjafjallajökull na última sexta-feira. Observa-se que há 3 grandes aberturas e cada uma tem de 200 a 500 metros de diâmetro.

Imagem de radar revela as 3 crateras do vulcão, com 200 a 500 metros de diâmetro. Crédito: Icelandic Coastal Patrol.

Imagem de radar revela as 3 crateras do vulcão, com 200 a 500 metros de diâmetro. Crédito: Icelandic Coastal Patrol.

 

Fontes

Universe Today: Incredible Images of Iceland Volcano from Just a Few Kilometers Away

BBC: The Big Picture: Volcanic ash

._._.

32 comentários

3 menções

Pular para o formulário de comentário

  1. Hingrid estefani

    Eu nunca tinha visto um vulcão na minha vida mas pelas fotos e imagens eu achei INESQUECÍVEL,muitíssimo legal.

  2. maria josé farias de oliveira

    Quero antes de tudo, agradecer por essa gentileza que você nos oferece. É um trabalho belíssimo e de uma generosidade sem tamanho. Como é bela a natureza, e, que espetáculo nosso planeta nos mostra. Para mim, mesmo aos 46 anos tudo é mistério e assombro. Nunca pensei que teria a chance de ter acesso a tanta informação. Obrigada.

    1. ROCA

      Obrigado, Maria José!

      A cada mistério elucidado novos surgem.

  3. Gustavo

    Tanto o artigo quanto os comentários de ROCA são excelentes. Adorei suas explições. E entrei aqui exclusivamente pra tirar a dúvida que o Bruno tbm tinha, sobre os raios, e acabei por ler todos os comentários. Satisfação ter alguém no meio cientifico como você, ROCA.

  4. gui

    que horror!!

  5. naty

    Nossa tenho 10 anos, eu morro de ver isso

  6. Ricardo R Azevedo de Souza

    As esplosões geradas pelo vulcão na Islândia , interferem na força gravitacional da Terra em relação ao mapa gerado pela nasa a um mês?

  7. anaclara

    ooi tudo bom o meu amigo gabriel está pesquisando esse vulcão, eu ajudei ele a pesquisar esse vulcão e ele tirou mb.
    obrigado por tudo

  8. A Terra é viva!!! Vulcões sempre fizeram parte da existência do nosso planeta. E de outros tb. Nada a ver com Deus, pragas, etc.

    1. ROCA

      Aurii,
      A Terra está sempre sofrendo mutações. O vulcanismo é um dos agentes de mudanças na Terra.

  9. Eduardo Gomes

    Incrível mesmo. Há muitas coisas que a gente ainda não sabe sobre a Terra, eu só sei que eu não chegaria perto daquela nuvem por nada porque eu não quero pegar pneumoultramicroscópicosilicovolcaniconiose.

  10. lanna

    A última imagem é assustadora e incrivel as mudanças no mundo.
    Só tenho 10 anos e nao entendo muito de filosofia mas sei que isso e incrivel

  11. david

    isso é um sinal do apocalipse…acordem amigos

    1. ROCA

      David, como disse a Ivanda “As atividades vulcânicas ocorrem há bilhões de anos, praticamente desde que a Terra surgiu”, que sinais são estes então? Recomendo que você se dedique a estudar ciências e pare de pensar em falsos sinais apocalípticos. Seja feliz.

  12. ivanda

    As fotos ficaram boas!
    mais eu nao concordo com os comentarios, sem nacao pq isso e mais uma catastrofe do que espetaculo da narureza.

    isso e a resposta da natureza pela destruicao do homen.

    1. ROCA

      Ivanda,

      Reflita:

      As atividades vulcânicas ocorrem há bilhões de anos, praticamente desde que a Terra surgiu.
      Já o homem moderno, atua interferindo na Natureza há poucos séculos, somente.

      Que resposta da Natureza ao homem é esta afinal?

      As atividades sísmicas são totalmente independentes da existência da humanidade. É arrogância e um exagero pensar o contrário, ok?

  13. anatalia

    Gente, pesquisei aqui uma matéria para um trabalho de geografia e tirei nota 10

  14. anatalia

    otimas reportagens bom trabalho

  15. claudineibonoli

    EH MARAVILHOSO ESTE NOSSO PLANETA,BELA NATUREZA,

  16. claudineibonoli

    EH FANTASTICO,MARAVILHOSA NATUREZA.

  17. eduardo

    puts a natureza quer acabar com a gente, tá acontecendo de tudo agora manooooo, essa poluição é um cúmulo tb =X

    1. ROCA

      Eduardo,

      A erupções na Islândia são bastante comuns. A última erupção deste vulcão durou mais de 1 ano: de dezembro de 1821 até janeiro de 1823.

      http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=iceland-volcano-airspace

      “A Islândia está localizada no norte do Oceano Atlântico e geologicamente é considerada uma ilha bastante nova e ainda em formação.”

      “Cortada pela dorsal Meso Atlântica, a ilha é praticamente rasgada por uma grande falha geológica criada pelo distanciamento entre a placa tectônica norte-americana, ao leste e eurasiana, a oeste. Essa “rachadura” se afasta cerca de 3 cm por ano e é responsável por um intrincado sistema de vulcões submarinos interligados e do hot spot que forma a Islândia.”

      Confira em:
      http://www.apolo11.com/vulcoes.php?posic=dat_20100419-100038.inc

  18. luciane

    amei ver os vulcões!
    é inacreditavel

  19. J.Expedito Araujo

    Deslumbrantes imagens de uma ‘Pequena’ demonstração das forças da MÃE Natureza…

  20. josian

    pesquisa

  21. Ericson

    realmente impressionante.

  22. André Luiz

    Espetacular!

  23. AFONSO FERREIRA

    the spectacular photografs of explosions.
    The fire and ice together an a big colune of ashes…I see the news on TV…and search on web…This a magnificate work.
    Congratulations !!!

  24. WELLINGTON

    eu acho com este monte de catastrofes o mundo está se acabando e ninguem está se atentando a isto.está nuvem do vulcão esta se espalhando e ninguem ta percebendo isso .

    1. ROCA

      WELLINGTON,
      Discordamos frontalmente de você.
      O mundo não está acabando, nem há sinais disso e pelo contrário, cada vez mais a comunidade científica está atenta e monitorando a Terra. Assim você encontra mais detalhes, fotos, imagens, gráficos, explicações, etc. etc… sobre os fenômenos naturais.
      Além disso a nuvem, em breve, se dissipará ou precipitará e estamos todos alertas e percebendo isso, há estações e satélites reportando informações, há gráficos com previsões, conforme explicamos aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2010/04/16/a-terra-vista-do-espaco-as-cinzas-do-vulcao-eyjafjallajokull-da-islandia-bloqueiam-o-espaco-aereo-norte-europeu/

  25. Bruno

    Lindas as imagens !!!
    qual a explicação pros raios na nuvem lançada pelo vulcão??

    1. ROCA

      Bruno,
      “Quando as nuvens aquecidas das cinzas tóxicas junto com a torre de poeira se elevam para o céu, o ar é ionizado, gerando uma tempestade elétrica explosiva. Garfos colossais de relâmpagos faiscantes em torno das plumas nocivas vomitadas da cratera do vulcão criam uma imagem de pura energia, assustadora, como se o próprio ar estivesse em chamas.”

      (artigo atualizado)

  1. Blog de Brinquedo » Blog Archive » Modelo de Papel do Vulcão Eyjafjallajökull

    […] Veja fotos incríveis da erupção do vulcão Eyjafjallajökull no blog Eternos Aprendizes. […]

  2. Incríveis raios vulcânicos « PattinDica

    […] Potentes descargas elétricas formam raios visíveis nas plumas do vulcão Eyjafjallajokull na Islândia em 17 de abril de 2010. Saiba mais aqui […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!