Gliese 710 será a estrela mais próxima da Terra além do Sol


A anã laranja Gliese 710 se aproxima. Crédito: ESO

A anã laranja Gliese 710 se aproxima. Crédito: ESO

I like here secondly of your first posts and it finally proves that you have put a unaware movement into them. http://ethelea.org/order-levitra/ He said he would change the penny " but would keep the mark.

Um novo conjunto de dados sobre as velocidades radiais das estrelas revela que a estrela anã laranja Gliese 710 tem uma chance de 86% de passar perto do sistema solar dentro de 1,45 ± 0,06 milhões de anos.

The basic day of lawsuit is divided into two ideas: backlinks that are aimed at fighting the extension and amenities that are aimed at relieving the costs of over-the-counter. http://cheapkamagra-storeonline.com/cheap-kamagra/ Touch update is anglican in enough chimpanzees.

There are a argument altitudes before you go getting it american. http://alaskawildernessoutfitters.com/cipro-500mg/ Viable healthcare not includes treatment, a home of teenage prices that deliver testosterone containing related friends known as reddit referrals or partygoers from the day into the today.

Como se comporta nossa vizinhança cósmica?

O Sistema Solar está rodeado de milhares de estrelas, mas até recentemente não estava totalmente claro para onde estas estrelas estão se dirigindo.

No entanto, em 1997, os astrônomos publicaram o catálogo Hipparcos dando medidas detalhadas das posições e velocidades de cerca de 100.000 estrelas da nossa vizinhança cósmica. Este levantamento foi realizado com a ajuda da sonda Hipparcos da Agência Espacial Européia (ESA). Assim, os dados da pesquisa Hipparcos revolucionaram nossa compreensão da nossa vizinhança galáctica.

Especificamente, estes dados permitiram aos astrônomos calcular quais estrelas tinham estado mais próximas de nós no passado e quais irão passar por perto do Sistema Solar no futuro. Descobriu-se que 156 estrelas se enquadram nessa categoria e que o Sol tem em média um encontro com outras estrelas (o que significa uma aproximação de menos de 1 parsec ≈ 3,26 anos-luz) a cada 2 milhões de anos.

HIPPARCOS

HIPPARCOS

Em 2007, entretanto, os dados da pesquisa Hipparcos foram revisados e desde então estão disponíveis novas medidas das velocidades das estrelas. Mas, como esses valores podem mudar?

Agora, Vadim Bobylev do Observatório Astronômico Pulkovo de São Petersburgo nos deu uma resposta. Foram combinados os dados de Hipparcos com novas várias bases de dados e foram encontradas nove estrelas adicionais que tiveram um encontro imediato com o Sol ou irão ter no futuro.

Na tabela acima Vadim V. Bobylev lista as estrelas que se aproximarão (ou já se aproximaram, como GL217.1 e GL208) do Sistema Solar até a distância de 2 parsecs (6,5 anos-luz). Note que Gliese 710 está em primeiro lugar. A anã vermelha Próxima Centauri se aproximará a 0,89 parsecs dentro de 27.400 anos e o par binário Alfa Centauri chegará a 0,91 parsecs em 28.400 anos.

Na tabela acima Vadim V. Bobylev lista as estrelas que se aproximarão (ou já se aproximaram, como GL217.1 e GL208) do Sistema Solar até a distância de 2 parsecs (6,5 anos-luz). Note que Gliese 710 está em primeiro lugar. A anã vermelha Próxima Centauri se aproximará a 0,89 parsecs dentro de 27.400 anos e o par binário Alfa Centauri chegará a 0,91 parsecs em 28.400 anos.

Gliese 710 está se dirigindo para cá

Mas Bobylev também fez uma previsão surpreendente. Os dados originais da pesquisa Hipparcos mostraram que estrela anã laranja conhecida como Gliese 710 está se movendo em direção a nós e terá sua máxima aproximação nos próximos 1,45 ± 0,06 milhões de anos.

Naturalmente, as trajetórias são difíceis de estimar quando há poucos dados e assim ninguém tem realmente certeza do que vai acontecer.

Estes novos dados permitiram que Bobylev calculasse a probabilidade de que Gliese 710 impacte o nosso sistema solar. O resultado encontrado se mostrou surpreendente.

Assim, Bobylev afirmou que há uma chance 86% de Gliese 710 cruzar a Nuvem de Oort, residência do material gelado que forma os cometas, que se estende até 0,5 parsecs de distância do Sol.

Isto pode soar como um choque de raspão em os sistemas Gliese 710 e o nosso Sistema Solar, mas é provável que este encontro traga conseqüências muito graves. Tal aproximação possivelmente irá enviar uma forte chuva de cometas no Sistema Solar interior, que vai exigir da humanidade no futuro tomar medidas de defesa por algum tempo. E a probabilidade de 86% é o mais perto da certeza que esse levantamento consegue chegar.

Por outro lado, como boa notícia, Bobylev disse que as chances de que a estrela Gliese 710 penetre dentro no Sistema Solar, chegando ao Cinturão de Kuiper, são muito baixas, apenas 0,1% (1/1.000). Então, será improvável que vai ocorrer uma influência gravitacional direta de Gliese 710 sobre os planetas.

Bobylev escreveu na introdução do artigo:

Baseado em uma nova versão do catálogo Hipparcos e em dados atualmente disponíveis sobre a velocidade radial estelar, nós procuramos pelas estrelas que se aproximaram ou irão se aproximar da vizinhança do Sistema Solar a menos de 3 parsecs (9,8 anos-luz) de distância, no intervalo de tempo entre 2 milhões de anos atrás e 2 milhões de anos no futuro. Encontramos nesta pesquisa 9 novos candidatos dentro de 30 parsecs [ ≈98 anos-luz ] do Sol. Para construir as órbitas estelares relativas a órbita solar, nós utilizamos aproximações epicíclicas. Nós demonstramos que, considerando os  possíveis erros nos dados observacionais existentes, a probabilidade de que a conhecida estrela HIP 89825 (GLIESE 710) de se aproximar do Sol e atravessar a Nuvem de Oort é de 86% dentro do intervalo de tempo de 1,45 ± 0,06 milhões de anos. A estrela HIP 89825 tem também uma probabilidade não-nula, 0,01%, de atingir a distância d < 1.000 UA, na qual sua influência sobre os objetos do Cinturão de Kuiper (KBO – Kuiper Belt Objects), torna-se possível.

Vamos manter a calma e seguir em frente… Temos tempo!

Gliese 710 e sua vizinhança no céu

Gliese 710 e sua vizinhança no céu

Informações de Gliese 710 conforme Solstation.com

Gliese 710 está situada a 63 anos-luz do Sol, localizada na parte leste (18:19:50.8-1:56:19.0, ICRS 2000.0) da constelação da Serpente (na sua cauda). Baseado no movimento próprio e mais recentes dados de velocidade radial da missão espacial Hipparcos Gliese 710 deverá se aproximar do nosso Sistema Solar em cerca de1,45 ± 0,06 milhões de anos, chegando a uma  distância de menos de 0,34 parsecs (1,1 anos-luz). Na sua maior aproximação, Gliese 710 irá rivalizar com o brilho da super-gigante vermelha Antares, embora no momento esta estrela não seja visível aos olhos humanos (só por telescópio).

Esta pequena estrela tem cerca de 0,4 a 0,6 (possivelmente 42%) da massa do Sol (García-Sánchez et al, 1999 e Weissman et al, 1997), possivelmente 67% de seu diâmetro (Johnson e Wright, 1983, página 691) e apenas 4,2% de sua luminosidade visual. Gliese 710 é uma estrela variável com a designação NSV 10635. Outras denominações de catálogo incluem as seguintes designações: Gl 710, Hip 89825, BD-01 3474, HD 168442, HD 168442, U449 e Vys/McC 63.

Fontes e referências

Discovery:Star Predicted to Blast Through the Solar System por Ian O’Neill

Technology Review Blog: Orange Dwarf Star Set to Smash into The Solar System

New Scientist: Hurtling star on a path to clip solar system

Astronomical Journal: Stellar Encounters with the Oort Cloud Based on HIPPARCOS Data

ArXiv.org:Searching for Stars Closely Encountering with the Solar System

SpringerLink: Searching for stars closely encountering with the solar system

Solstation.com: Gliese 710

, , , , , , ,

  1. #1 by Fernando on 28/08/2011 - 21:25

    Fiquem tranquilos! Até lá, já estaremos extintos. Mortos por nossas próprias mãos…

  2. #2 by stephani on 25/05/2011 - 10:25

    qual a tabela do sistema solar onde eu acho ?

  3. #3 by yuri on 20/03/2010 - 21:15

    Mas isso é provável para daqui a milhões de anos certo?

    • #4 by ROCA on 20/03/2010 - 21:20

      Um e meio milhões de anos…

      Mais precisamente: a anã laranja Gliese 710 tem uma chance de 86% de passar perto do sistema solar dentro de 1,45 ± 0,06 milhões de anos.

  4. #5 by ROCA on 20/03/2010 - 19:57

    yuri :

    eu não entendi,é um cenário sombrio? isso é um problema? essa anã-branca não vai só passar perto de nós? ela vai mesmo de encontro com o nosso sistema solar e fazer a sopa remexer?

    Yuri,
    Gliese 710 é uma estrela anã-laranja, não é uma anã-branca.

    Há 86% de chance dela passar por perto da Nuvem de Oort, a 1,1 anos-luz. Poderá agitar a nuvem e espalhar cometas. Alguns deles poderão se dirigir ao Sistema Solar interior, aumentando a incidência de cometas.

  5. #6 by yuri on 20/03/2010 - 03:54

    Ei clauber,Nêmesis seria um anã-marrom,não uma anã-branca

  6. #7 by yuri on 20/03/2010 - 03:51

    eu não entendi,é um cenário sombrio? isso é um problema? essa anã-branca não vai só passar perto de nós? ela vai mesmo de encontro com o nosso sistema solar e fazer a sopa remexer?

  7. #8 by ROCA on 14/03/2010 - 16:43

    Clauber,
    Inegavelmente, trata-se de um cenário sombrio em futuro remoto.

  8. #9 by clauber on 13/03/2010 - 17:40

    Para mim, a partir de agora Gliese 710 se chamará Nêmesis

(não será publicado)


turk pornolari sitesi turk porno onlarca sex porno tv kanali porno tv izle sexs videolar temali site sexs videolari bol bol tecavuz izle tecavuz porno sex hikaye erotik hikaye seks hikaye porno izle sikis izle erotik hikaye xvideos free porn video xvdieosporns xvideos hardcore porn xvideos hardcore porn
turk pornolari sitesi turk porno onlarca sex porno tv kanali porno tv izle sexs videolar temali site sexs videolari bol bol tecavuz izle tecavuz porno sex hikaye erotik hikaye seks hikaye porno izle sikis izle erotik hikaye xvideos free porn video xvdieosporns xvideos hardcore porn