Arquivo por mês: março de 2010

mar 31

ESO revela Gum 19: a nebulosa onde nascem estrelas e que tem duas faces, uma obscura e outra iluminada

Hoje o ESO divulgou uma imagem de uma nebulosa de fraca luminosidade, bem pouco conhecida, Gum 19, que no infravermelho aparece escura em uma metade e brilhante na outra. De um lado o gás de hidrogênio quente é iluminado por uma estrela azul supergigante chamada V391 Velorum. Novas estrelas encontram-se em formação no interior da …

Continue lendo »

mar 30

Física: Quem tem medo do LHC? Quem tem medo de um mini-buraco-negro?

Uma vez que hoje, 30 de março de 2010, o CERN (Organização Européia para a Investigação Nuclear – França e Suíça) está iniciando as tentativas para recriar condições que ocorreram no Universo nos seus primórdios, logo após o Big Bang, confirmar a existência da supersimetria e descobrir o misterioso bóson de Higgs no acelerador de …

Continue lendo »

mar 30

NGC 1313: uma galáxia explosiva incomum revelada por Robert Gendler

Porque é que esta galáxia parece tão agitada? Normalmente, as galáxias em total desordem são resultantes de colisões recentes com outras galáxias. No entanto, a galáxia espiral NGC 1313 parece para nós estar absolutamente solitária.

Continue lendo »

mar 29

Por que as pesquisas de galáxias longínquas deixam de detectar 90% de seus alvos?

Os astrônomos têm notado há algum tempo que em muitas pesquisas sobre objetos do Universo longínquo uma grande fração da radiação intrínseca total não tem sido capturada. Agora, graças a um rastreamento profundo executado com dois dos quatro telescópios gigantes (8,2 metros cada) do sistema Very Large Telescope do ESO (VLT), usando um filtro de …

Continue lendo »

mar 28

Os quasares passam metade de suas vidas escondidos pela poeira cósmica

O que acontece com os buracos negros supermassivos encontrados nos centros de galáxias distantes quando sofrem eventuais surtos gigantescos de crescimento, como resultado de colisões galácticas? Agora, um novo estudo realizado por astrônomos da Universidade de Yale e da Universidade do Havaí, publicado na edição de 25 de março de 2010 na Science Express, dá …

Continue lendo »

mar 27

Discussões sobre a formação do Sistema Solar parte 3: Teria Netuno engolido uma super-terra e roubado sua lua, Tritão?

Pode Netuno ter engolido uma Super-Terra que vagava pelo Sistema Solar Exterior e roubado sua lua? Sim, o brutal cataclismo poderia explicar o misterioso calor interno irradiado pelo planeta gelado e a estranha órbita de sua maior lua, Tritão.

Continue lendo »

mar 26

Técnica baseada nas lentes gravitacionais confirma a idade do Universo

Usando galáxias inteiras e aglomerados de galáxias como lentes para a observação de outras galáxias, os pesquisadores têm uma nova maneira e precisa para medir o tamanho e a idade do Universo e como ele se expande rapidamente, junto com as demais técnicas independentes. Estas medidas determinam um valor para a constante de Hubble, que …

Continue lendo »

mar 25

Efeitos da radiação coronal na erosão atmosférica em exoplanetas

Um estudo conduzido por astrônomos do Centro Espanhol de Astrobiologia (CSIC-INTA) mostra pela primeira vez evidências claras de que a radiação coronal das estrelas tem vaporizando a atmosfera dos exoplanetas durante suas primeiras etapas de vida. O estudo analisou informações sobre 75 planetas extra-solares para verificar a relação entre a radiação de raios X produzidos …

Continue lendo »

mar 24

Telescópio APEX do ESO mostra fábricas de estrelas nos confins do Universo através de lente gravitacional

Pela primeira vez, os astrônomos mediram diretamente o tamanho e o brilho de regiões de formação estelar numa galáxia longínqua, graças a uma descoberta inesperada através do telescópio APEX [3]. A galáxia encontra-se tão distante e sua luz demorou 10 bilhões de anos para nos atingir. A feliz existência de uma “lente gravitacional” cósmica serve …

Continue lendo »

mar 23

Como interagem os buracos negros supermassivos e a matéria escura que os cerca?

Os astrônomos estimam que cerca de 23% do Universo consiste de uma misteriosa “matéria escura”, um material invisível (pois não interage com a radiação eletromagnética) que só é detectado através de sua influência gravitacional sobre sua vizinhança. Agora, dois astrônomos pertencentes a Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) encontraram uma indicação de como a matéria …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!