«

»

fev 19

BD +20 1790b é o exoplaneta mais jovem já descoberto

Visão artística do exoplaneta mais jovem já identificado: BD +20 1790b. Crédito: M. Hernán-Obispo

Visão artística do exoplaneta mais jovem já identificado: BD +20 1790b. Crédito: M. Hernán-Obispo

Um time multinacional de astrônomos descobriu o mais novo planeta extra-solar em torno de uma estrela similar ao Sol, chamado BD +20 1790b. Trata-se também do exoplaneta mais jovem já catalogado.

Descoberta rara

O exoplaneta gigante, recém descoberto, com seis vezes a massa de Júpiter, tem apenas 35 milhões de anos de idade. Ele orbita uma ativa estrela jovem central, a uma distância menor do que Mercúrio orbita o Sol. Estrelas jovens são normalmente excluídas das buscas por exoplanetas, porque elas têm intensos campos magnéticos que geram uma série de fenômenos conhecidos coletivamente como atividade estelar, que inclui erupções e manchas estelares. Estas intensas atividades podem eventualmente simular a presença de um exoplaneta em trânsito e isso pode tornar extremamente difícil distinguir os sinais de verdadeiros exoplanetas da intensa atividade estelar.

Os astrônomos da Universidade de Hertfordshire, Dra. Maria Cruz Gálvez-Ortiz e Dr. John Barnes, fizeram parte de uma colaboração internacional que fez a descoberta.

Dra. Maria Cruz Gálvez-Ortiz, ao descrever como o exoplaneta foi descoberto, disse: “O exoplaneta foi detectado pela busca de pequenas variações na velocidade de sua estrela-mãe, causado pela força gravitacional do exoplaneta na sua órbita – a chamada ‘técnica de oscilação de Doppler’. Superar a interferência causada pela atividade estelar foi um grande desafio para a equipe, mas com ajuda dos dados fornecidos por uma rede de grandes telescópios a assinatura do exoplaneta foi revelada.”

Hoje existe uma grave deficiência no entendimento a respeito dos estágios de evolução planetária. A maioria das pesquisas de busca por exoplanetas tende a centrar seus alvos em estrelas antigas, com idades superiores a um bilhão de anos. Antes, apenas um exoplaneta relativamente jovem, com uma idade de 100 milhões de anos, havia sido catalogado. No entanto, com idade estimada em apenas 35 milhões de anos, BD +20 1790b é aproximadamente três vezes mais jovem. A detecção de exoplanetas recém formados permitirá a análise de cenários da formação de sistemas estelares e a investigação das fases iniciais da evolução planetária.

5 anos de observações

A existência do exoplaneta BD +20 1790b foi confirmada por meio de observações feitas com diferentes telescópios, incluindo o Observatório de Calar Alto (Almería, Espanha) e o Observatório de Roque de los Muchachos (La Palma, Espanha) durante os últimos cinco anos. A equipe da descoberta é uma colaboração internacional, incluindo: MM Hernán Obispo, E. de Castro e M. Cornide (Universidade Complutense de Madrid, Espanha), MC Gálvez-Ortiz e JR Barnes, (University of Hertfordshire, UK), G. Anglada-Escudé (Carnegie Institution of Washington, E.U.A.) e SR Kane (NASA Exoplanet Institute, Caltech, E.U.A.).

BD +20 ° 1790 b orbita a estrela BD +20 ° 1790 da classe K e massa 0,63±0,09 M, a 25,4±4 parsecs da Terra (~85 anos luz). Este planeta é seis vezes e meia mais massivo do que Júpiter, ou cerca de metade da massa do limite para uma anã marrom (13 MJ). Este exoplaneta leva apenas 7,8 dias para completar uma viagem de volta ao redor da estrela hospedeira, sendo assim considerado um como ‘super-Júpiter-quente’.

Fontes

Universe Today: Astronomers Find Youngest Exoplanet Yet por Nancy Atkinson

Science Daily: Youngest Extra-Solar Planet Discovered Around Solar-Type Star

Artigo Científico

ArXiv.org: Evidence of a massive planet candidate orbiting the young active K5V star BD+20 1790

._._.

1 comentário

  1. Fernando Fonseca

    Show de bola o seu site …

    Esse artigo da “sopa primordial” então … um colosso.

    Amigo, estou interessado em Sistemas binários como o PSR 1913 + 16 .

    Evidentemente quero saber mais sobre a hipótese de Nemesis.

    Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!