«

»

jan 23

O martelo e a pena em queda livre na Lua

David Scott, comandante da Apollo 15, se prepara para deixar cair um martelo geológico de 1,32 kg e uma pena de falcão de 0,03 kg na Lua.

David Scott, comandante da Apollo 15, se prepara para deixar cair um martelo geológico de 1,32 kg e uma pena de falcão de 0,03 kg na Lua.

Ao final da última caminhada na Lua, em 1971, o comandante da Apollo 15, David Scott, realizou uma demonstração ao vivo para as câmeras de televisão. Ele segurou um martelo geológico e uma pena, deixando-os cair ao mesmo tempo. Uma vez que na Lua não há atmosfera, o experimento foi feito praticamente no vácuo. Assim, sem a resistência do ar, que temos aqui na Terra, a pena caiu ao mesmo tempo que o martelo, uma conclusão que Galileu Galilei inferiu séculos atrás: todos os objetos liberados ao mesmo tempo caem na mesma taxa de aceleração independentemente de sua massa.

O controlador da missão Joe Allen assim escreveu no relatório científico da missão Apollo 15:

“Durante os minutos finais da terceira atividade extraveicular, uma pequena demonstração experimental foi executada. Um objeto pesado, um martelo geológico de alumínio, 1,32 kg, junto com um objeto leve, uma pena de falcão, 0,03 kg, foram liberados para cair simultaneamente aproximadamente da mesma altura, 1,6 metros, de forma atingir a superfície lunar. Dentro da precisão da liberação simultânea, os objetos foram observados atingindo o solo lunar de forma simultânea, conforme já era esperado pela teoria física conhecida. []”

O astronauta Dave Scott, na missão Apolo 15 na Lua,  falou durante experimento:

“Bem, na minha mão esquerda eu tenho uma pena, na minha mão direita, um martelo. Imagino que uma das razões para estarmos aqui hoje é por causa do cavalheiro chamado Galileu. Há muito tempo atrás ele fez uma descoberta muito significativa sobre objetos em queda em campos gravitacionais; e nós pensamos – que lugar seria melhor para confirmar suas descobertas do que na Lua? Então, pensamos em fazer isso para vocês aqui. A pena, apropriadamente, é de um falcão da Academia da Força Aérea. Eu deixarei cair a pena e o martelo e, assim esperamos, eles atingirão o solo ao mesmo tempo.”

Abaixo temos outra cópia do vídeo, em versão mais curta:

Abaixo temos mesmo experimento reproduzido em laboratório na Terra, com e sem atmosfera:

No vídeo abaixo, algums sequências de quedas de objetos na Lua, mostrando o efeito da gravidade menor (1/6) em relação a da Terra, refletida no movimento dos objetos:

Fontes:

http://nssdc.gsfc.nasa.gov/planetary/lunar/apollo_15_feather_drop.html

http://www.nasm.si.edu/collections/imagery/apollo/AS15/a15.htm

11 comentários

1 menção

Pular para o formulário de comentário

  1. migueljrarts.blogspot.com

    Assistí recentemente um video produzido pela Fox “Teoria da conspiração – nós pisamos na lua?” Bill Kaysing, ex-astronauta relata várias possíveis falhas, alegando ser tudo gravação em estúdio, ou “área 51” (bandeira americana que balança, projeções de sombras diferentes, ângulo de fotos perfeitos, já que os astronautas tinham a câmera “acoplada” ao peito, não visualizando o foco, sinais do símbolo “mais” atrás de alguns objetos e não na frente, astronautas mortos em simulador poderia ser proposital, já q sabiam da “verdade”. Isso não mudou em nada minha convicção de q fomos sim lá. De que foi perigoso, mas conseguimos. Pena q após a tal guerra fria, ainda não voltamos. Espero q tão logo possamos criar uma base lá para irmos a marte. Abraço à equipe, ao Ricardo de Castro e internautas: comentários muito legais.

  2. Andre

    Percebo que existem muitas pessoas que são céticos, quando o assunto é sobre o homem ter pisado na lua. Gostaria de pedir, se não for muito, uma pequena postagem sobre esse assunto.
    Veja o exemplo: []

    Grato!

    1. ROCA

      André,

      Sobre a resposta aqueles que questionam, nós recomendamos:

      A Fraude da Fraude do Século

      Procure também aqui no site, nesta pesquisa: http://eternosaprendizes.com/?s=apollo

      Por exemplo: http://eternosaprendizes.com/2009/10/29/lro-atingiu-sua-orbita-destino-e-fotografou-a-bandeira-deixada-na-lua-pela-apollo-17/

  3. Alberto

    Muito bom,
    Aquele video do pendulo da Apollo 14 também é legal e trata do mesmo assunto aceleração da gravidade,recentemente(ontem) a LRO mandou imagem do local de pouso da Apollo 14 com sol baixo e alta resolução… show de bola.

    xau.

  4. Sávio.

    Cara, sou do Y!R e freqüentava a Categoria de Matemática … A propósito: brilhante matéria esta que você pôs aí no Site sobre a Lua, meus parabéns por toda qualidade e riqueza dos textos e imagens, realmente; pode crer? …

  5. Daniel

    Eita! Falei na brincadeira e gerei confusão!!
    heheheeh foi mal.
    Mas eu sei que é muito difícil simular a acelaração da gravidade e ainda fazer isso em uma sala com vácuo artificial…

    1. ROCA

      Daniel,
      Que nada, foi até muito bom você ter tocado no assunto, pois outros leitores lerão os comentários/discussão e poderão opinar/perguntar também.

  6. Hugo Ribeiro

    Certo, mas poderia facilmente ser concebida uma pena sintetica coma mesma massa do martelo ou vice-versa…
    como quando os objectos caiem todo o cenario em volta esta quase estatico, seria facil reproduzir a aceleraçao lunar c um slow-motion…
    não dizendo com isto que sou um ceptico:)

    1. ROCA

      Repare, Hugo, que aqui a questão técnica principal é a aceleração da gravidade terrestre (9,8 m/s²) contra a da Lua (1,6 m/s²). Não há slow-motion que reproduza isso pois o movimento é acelerado.
      Para conseguir reproduzir a gravidade lunar você não consegue fazer dentro de um estúdio estático na superfície da Terra. Para isto teria que usar recursos parecidos com o dos vôos-zero-G, ajustado para a gravidade lunar.
      http://ciencia.hsw.uol.com.br/gravidade-zero.htm

      Assista o vídeo dos mythbusters reproduzindo a cena da queda da pena e do martelo em uma câmara de vácuo, mas repare que o tempo da queda, aqui na Terra, é bem menor que na Lua, e isto os Mythbusters não reproduziram…
      http://dsc.discovery.com/videos/mythbusters-lunar-lunacy.html

  7. Daniel

    Só ainda não entendi como eles fizeram isso aí no estúdio! hehehehe. Brincadeiras à parte, foi um experimento muito interessante! Belo post!

    1. ROCA

      Hehe Daniel,
      Não dá para fazer esta cena em estúdio.
      .
      O vácuo até dá para reproduzir dentro de uma câmara apropriada. No estúdio, teriam que construir uma sala especial grande com um compressor gigantesco para tirar o ar, pois estamos em 1971 onde os efeitos especiais de cinema não existiam.
      .
      Mas a velocidade da queda? Como fazer que a pena o martelo caiam com 1/6 (um-sexto) da gravidade terrestre em um estúdio?
      É só medir o tempo da queda e verá que ambos os objetos caem mais lentamente nesta cena na Lua…
      .
      Como fazer aqui? isto é inviável.

  1. Blog de Astronomia do astroPT » Newton na Lua

    […] Eu deixarei cair a pena e o martelo e, assim esperamos, eles atingirão o solo ao mesmo tempo.” (daqui)E atingiram!Ainda há pessoas que dizem que a NASA possui gigantes salas de vácuo onde fez este […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!