«

»

jan 13

2010 AL30 passou perto da Terra. Asteróide?

Nesta animação o 2010 AL30 aparece como um tênue risco branco que se move entre as estrelas. No momento da captura dessas imagens estava passando um satélite que deixou um risco mais brilhante. Crédito da imagem: Alberto Quijano Vodniza e Rafael Rojas Pereira.

Nesta animação o 2010 AL30 aparece como um tênue risco branco que se move entre as estrelas. No momento da captura dessas imagens estava passando um satélite que deixou um risco mais brilhante. Crédito da imagem: Alberto Quijano Vodniza e Rafael Rojas Pereira.

Um estranho objeto que deixou alguns observadores questionando se o mesmo se tratava de  lixo espacial foi apenas mais um pequeno asteróide que passou raspando a Terra como o 2009 DD45, sem danos, na quarta-feira.

Os astrônomos sabiam que esta pedra espacial não iria chocar-se com a Terra. O objeto fez sua aproximação máxima as 12:45 GMT do dia 13 de janeiro de 2010, passando a uma distância de aproximadamente 130.000 km de nosso planeta, com magnitude visual +14. A distância de 130.000 km corresponde a quase 1/3 da distância média entre a Terra e a Lua (!).

[ 73 exposições de 1 segundo mostra o asteróide 2010 AL30. Crédito do vídeo:Patrick Wiggins ]

O asteróide 2010 AL30 teve sua descoberta anunciada na segunda-feira, 11 de janeiro, 2 dias antes da sua passagem. Ele é relativamente pequeno, com 11 metros de diâmetro (um objeto deste porte se for rochoso explode na atmosfera, se for de ferro pode chegar ao solo, mas com danos mínimos).

Houve uma forte especulação se o objeto era parte de alguma espaçonave, mas os cientistas da NASA concluíram que se trata apenas de uma pedra cósmica passando perto da Terra.

Imagem do asteróide 2010 AL30 fotografada em 11 de janeiro de 2010 pelos astrônomos do observatório Skylive-Grove Creek, na Austrália. Crédito: Ernesto Guido/Giovanni Sostero/M. Jaeger/P. Camilleri/W. Vollmann/Remanzacco Observatory

Imagem do asteróide 2010 AL30 fotografada em 11 de janeiro de 2010 pelos astrônomos do observatório Skylive-Grove Creek, na Austrália. Crédito: Ernesto Guido/Giovanni Sostero/M. Jaeger/P. Camilleri/W. Vollmann/Remanzacco Observatory

“Eu olhei este objeto atenciosamente em 11/janeiro, pela manhã, e concluí que não era um objeto artificial”, disse Paul Chodas, cientista do programa NEO (Near Earth Object) da NASA.

O que torna o 2010 AL30 estranho é sua órbita que tem a duração de quase 1 ano terrestre. Este fato levou as especulações se o mesmo era um componente de alguma espaçonave lançada no passado recente.

Imagem liberada em 11 de janeiro de 2010 pelo Near-Earth Object Program Office da NASA/JPL mostra a trajetória do Asteróide 2010 AL30 durante sua passagem pela Terra em 13 de janeiro de 2010. Crédito: NASA/JPL

Imagem liberada em 11 de janeiro de 2010 pelo Near-Earth Object Program Office da NASA/JPL mostra a trajetória do Asteróide 2010 AL30 durante sua passagem pela Terra em 13 de janeiro de 2010. Crédito: NASA/JPL

Mas Chodas disse que a trajetória deste asteróide não é do tipo que se ajusta ao padrão de uma espaçonave fora da órbita terrestre ou de detritos associados a missões lunares. O asteróide, inclusive, estava bem distante da Terra durante as missões Apollo dos anos 60 e 70, quando escombros artificiais foram lançados ao espaço próximos a Lua, disse Chodas.

O 2010 AL30 não é a única pedra espacial que está passando próxima a Terra nesta semana. Outro objeto recém descoberto, o 2010 AG30, 13 metros de diâmetro, irá passar na quinta-feira em uma distância confortável de 1 milhão de quilômetros da Terra.

Segundo a equipe da NASA do programa NEO (Don Yeomans, Paul Chodas, Steve Chesley & Jon Giorgini), um objeto como este, com 10 a 15 metros de diâmetro é apenas um dos 2 milhões de corpos que estão próximos da Terra. Além disso é esperado, normalmente, que um destes corpos passe próximo da Terra semanalmente, a uma distância da ordem  da que separa a Terra da Lua (~400.000 km).

Encontros previstos para Janeiro/2010 (na última semana) de acordo com a SpaceWeather.com:

Asteróide
Data (UT)
Distância (1 DL = 400.00 km). DL = ‘distância até a Lua’
Magnitude
Tamanho estimado
2010 AL2
Jan. 11
11,5 DL
+20
23 m
24761 Ahau
Jan. 11
70,8 DL
+16
1,4 km
2000 YH66
Jan. 12
69,5 DL
+17
1,1 km
2010 AL30
Jan. 13
0,3 DL
+14
18 m

Até 14/01/2010 há 1092 asteróides potencialmente perigosos catalogados (PHA).

Referências

Space.com: Weird Object Zooming by Earth Wednesday is Likely an Asteroid por Tariq Malik

Spaceweather.com

Universe Today:

Space Daily

NASA – NEO program: Small Asteroid 2010 AL30 To Fly Past The Earth

Eternos Aprendizes:

._._.

10 comentários

1 menção

Pular para o formulário de comentário

  1. franci

    Ainda bem, né Roca. Não sabemos nem lidar com o que vem debaixo ( acontece no subsolo do nosso planeta ), imagine um bloco grande de alguma coisa vindo de cima!!!!!

  2. franci

    02 dias antes…detectado(descoberto).Digamos que este espaço de tempo entre a descoberta e a passagem do objeto não seja uma boa perpectiva caso ele,o objeto, estivesse vindo em direção a Terra. Era pequeno mas, poderia ser bem maior……Como disse a participante, abaixo, tomara que não tenhamos, tão logo, que testar o nosso telhado.

    1. ROCA

      Franci,
      Pense bem: trata-se de um objeto de cerca de 10 metros de diâmetro. Se ele fosse maior provavelmente teria sido detectado antes.
      Como nós já dissemos aqui no post, um objeto rochoso (ou de gelo) de 10 metros explode na atmosfera dando um belo espetáculo pirotécnico, não chega ao chão, como o que foi visto no céu da Indonésia.
      Excepcionalmente, se o objeto de 10 metros de diâmetro for de ferro ele até poderá chegar ao chão, mas a cratera será mínima, pois ele será freado pela atmosfera, chegando ao chão a uma velocidade da ordem de 200 km/h, quase a mesma de um infeliz paraquedista cujo paraquedas não abriu.

  3. Francisca

    Me tirem uma duvida de leiga por favor. Se esse objeto tem uma orbita de quase 1 ano terrestre , isso quer dizer , que ele passará de novo muito proximo da Terra daqui a um ano?

    1. ROCA

      Francisca,
      Fique tranquila.
      Na verdade, não é bem assim. As distâncias das aproximações deste objeto em relação a Terra são bem diferentes.
      .
      De 1902 a 2149 esta foi e será a menor distância deste objeto até nós. Nas outras passagens ele estava (e estará) bem mais longe.
      .
      Na tabela abaixo há todos os valores das aproximações máximas de 1902 a 2149… Lá você verá que o dia em que ele se aproximou mais foi 13 de janeiro de 2010 na distância de 0,000862287907854946 Unidades Astronômicas (AU)
      .
      http://ssd.jpl.nasa.gov/sbdb.cgi?sstr=2010%20AL30;orb=1;cov=0;log=0;cad=1#cad

  4. Paulo

    Esse teatro, estas informações divulgadas, tem como objetivo preparar psicologicamente o povo da terra para uma catástrofe de maiores proporções.
    você vai rir depois? Não!

    1. ROCA

      Paulo,
      Nosso blog tem por objetivo a divulgação de fatos e fenômenos do Universo, bem como a disseminação do conhecimento sobre novas pesquisas e descobertas científicas.

      Nesse caso, os fatos ocorreram: o asteróide 2010 AL30 passou perto da Terra (130.000 km) e este objeto tem um tamanho na faixa de 10 metros de diâmetro.

      Conforme Don Yeomans, coordenador do programa NEO, é esperada e comum a passagem de um asteróide deste tamanho semanalmente perto da Terra (em uma distância de até 400.000 km = Terra x Lua).

  5. Lucas Assis

    É Roca

    é sempre bom saber que hoje já é possivel detectar objetos que se aproximem da terra com certa antecedencia.

  6. Mirian Martin

    Bom, este ano foi de raspão. Ano que vem… raspãozinho? 😉 Uma hora ou outra vamos levar pedrada no nosso telhado. Só espero que ele não seja de vidro…

    1. ROCA

      Já tivemos um raspão esse ano… na Indonésia, lembra?
      http://eternosaprendizes.com/2009/11/01/explosao-de-asteroide-sobre-a-indonesia-foi-analisada-pelos-cientistas/

      Como falei, um asteróide de 10 metros explode na alta atmosfera, em geral.
      .
      Se for um asteróide de ferro ele até consegue chegar ao solo, mas os danos são meramente locais, em uma pequena área. Em 2/3 dos casos, eles caem no mar, certo?

  1. Blog de Astronomia do astroPT » Na quinta-feira o asteróide 2010 GA6 vai passar próximo a Terra

    […] Em 2010 já tivemos outros objetos que fizeram visitas a Terra: em janeiro o pequeno asteróide 2010 AL30 passou a ‘apenas’ 130.000 km de distância. Outras rochas do espaço passaram a distâncias […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!