«

»

dez 28

Como se forma a água onde nascem os mundos similares a Terra

A água tem papel fundamental na formação dos planetas telúricos hospitaleiros a vida.

A água tem papel fundamental na formação dos planetas telúricos hospitaleiros a vida.

Em um estudo que ajuda a explicar as origens da água na Terra, astrônomos da Universidade de Michigan defendem a tese de que o vapor d’água pode formar-se espontaneamente nas zonas habitáveis dos sistemas solares e que desenvolve uma capa na atmosfera do planeta que ajuda proteger as outras moléculas de água e os compostos orgânicos da daninha radiação estelar.

As moléculas orgânicas tais como os açúcares e os aminoácidos são elementos precursores da vida.

Ted Bergin, professor associado no Departamento de Astronomia, explicou:

Quando se está perto de uma estrela, a radiação é destrutiva para a maior parte de moléculas. Mas nós fomos capazes de demonstrar que a água podia se formar de forma bastante rápida para atuar como um escudo protetor contra a radiação tanto para si mesma como para outras moléculas.

Bergin e Thomas Bethell, investigador pós-doutorando em astronomia, conduziram uma análise computacional para chegar a esta conclusão.

Os cientistas determinaram que a série de reações químicas necessárias para que se criasse o vapor d’água somente se ativam em temperaturas superiores dos 300 Kelvin. Estas temperaturas só estão presentes em distâncias relativamente próximas da sua estrela — nas áreas onde se formariam planetas telúricos. Mais longe, na distância de Júpiter, os gases estão demasiadamente frios para que se forme o vapor d’água.

O escudo protetor de vapor d’água

Uma vez que começa a se formar o vapor d’água é criada rapidamente uma quantidade suficiente para construir uma cobertura similar a camada de ozônio da Terra, que atuaria a seguir como um escudo para proteger da radiação solar a vida que há por debaixo. Este “escudo-astronômico-tipo-ozônio” de vapor d’água não só protegeria as moléculas de água que há embaixo dela, como também as demais moléculas orgânicas.

Ted Bergin afirmou:

Há uma rica química orgânica que precede ao nascimento das estrelas. É mais simples, mas é similar a química da vida. O comportamento da água pode permitir que a química siga adiante. Sem a proteção que é proporcionada pelo vapor d’água, essas moléculas orgânicas se destruiriam.

Assim, conceitualmente, parece-nos razoável que parte desta água mais a matéria orgânica proto-estelar já existente sejam incorporadas aos recém-nascidos mundos similares a Terra.

Estas descobertas foram publicadas por Thomas Bethell and Edwin Bergin na edição de 18 de dezembro de 2009 da revista Science com o título: “Formation and Survival of Water Vapor in the Terrestrial Planet–Forming Region”. Os cientistas escreveram no abstract do artigo:

Observações astronômicas recentes têm revelado sobre as evidências da ubiquidade do vapor d’água durante os estágios primários da formação planetária. Nós apresentamos aqui um mecanismo simples que mostra como o vapor d’água se forma localmente e é capaz de proteger a si mesmo da radiação estelar destruidora de moléculas. A absorção desta radiação pela água pode controlar a termodinâmica do planeta em formação. Similar a camada de ozônio terrestre, que protege a química da vida, a camada de água protege as demais moléculas de água e permite a existência de uma rica química orgânica. A abundância total de vapor d’água na região da zona de habitação natal do planeta em formação deve ter a dimensão de milhares de oceanos.

Fontes

Universidade de Michigan: How water forms where Earth-like planets are born

Science: Formation and Survival of Water Vapor in the Terrestrial Planet–Forming Region por Thomas Bethell and Edwin Bergin

._._.

5 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Edu Parrah

    Acredito que em alguma parte ou período do universo houve uma explosão que enviou pedaços de rochas, ferro, gelo e outros minerais para todos os lados e a terra teve “sorte” de ter sido bombardeada com esses pedaços de vários tipos. A localização da Terra, sua temperatura e efeitos da radiação alteraram sua composição propiciando o surgimento e desenvolvimento da vida.
    O que me intriga é se os primeiros microorganismos vieram juntos ou se formaram aqui.

  2. Lisandro Hubris

    Como a água terrestre surgiu?

    Já sabemos que a água terrestre veio do Cosmo, que uma parte foi trazida através das caudas dos cometas e meteoros… Mas eu acredito que a água terrestre também tenha vindo sobre a forma de nano gotículas de água, e que a Força de gravidade do planeta, assim como, a força de coesão, teriam capturado a água em forma de nanomatéria, e transformado a água do Cosmo na nossa preciosa água atual…

    A versão em tela bate com o fato de que, foi localizada uma imensa quantidade de água, a cerca de 300 milhões de quilômetros da Terra, no asteróide 24 Themis.

    Em 2009, os Astrônomos norte-americanos descobriram uma nuvem gigante de vapor d’ água, na nebulosa de Órion, que se encontra a cerca de 1.500 anos-luz distante do sol, e que seria 20 vezes maior do que qualquer outra já descoberta na Via Láctea.

    Martin Harwit da Universidade Cornell, e sua equipe, por meio do telescópio espacial ISO, da NASA, detectaram uma imensa “Nuvem cósmica”, que se encontra na nebulosa de Óriom, e que funciona como uma gigantesca fábrica de água doce, com capacidade de produzir água suficiente para encher 60 Oceanos como os do planeta Terra.
    As ocorrências em poderão ajudar a explicar a origem da água do nosso sistema solar.
    E seria a peça que faltava no quebra-cabeça sobre a origem da água terrestre, pois os cientistas anteciparam durante anos que os chamados exoplanetas mostrariam indícios de água na sua atmosfera…

    Sendo que com a gravidade dos planetas, assim como, a força de atração molecular, uma parte da água sideral, que se encontraria espalhada pelo Cosmo sob a forma de descomunais nuvens de gelo, de plasma ou de nano matéria, acabaria sendo coletada pelos planetas e virando, gelo, líquido ou nuvens.

    Em cosmologia “Matéria bariônica” é toda forma de matéria constituída por bariones e leptones (tipos de neutrinos), ou seja, toda matéria que forma o nosso Universo visível.

    Lisandro Hubris

  3. Luccas Leccioli

    Matéria bem interessante. Muito me interesso por Astrobiologia e afins, embora minha preferência seja por Astrofísica.
    .
    À propósito, se me permite: faça mais postagens sobre Física de Altas Energias e Mecânica Clássica. É muito bom! ^^
    .
    Ps.: já falei isso para o seu conhecido numa comunidade de Astronomia do Orkut, mas não custa dizer aqui também: eu gosto muito do seu Blog. Sou estudante (leigo, ainda) de Física e sei como é difícil ter acesso à um bom conteúdo em Língua Portuguesa. Você faz um excelente trabalho aqui e por isso sempre recomendo e divulgo seu Blog. =)
    .
    Grande abraço.

    1. ROCA

      Fala Luccas!
      Eu acompanho suas postagens no orkut.
      Vou tentar postar mais matérias de física, já que existe interesse.
      Dê uma olhada na categoria física, se ainda não o fez.
      http://eternosaprendizes.com/category/fisica/

  4. sparks

    good content

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!