«

»

dez 16

Poderá a maré galáctica ter alguma influência sobre a vida na Terra?

A nuvem de Oort foi influenciada pelas marés galácticas? Crédito: Jon Lomberg

A nuvem de Oort foi influenciada pelas marés galácticas? Crédito: Jon Lomberg

Seria a maré galáctica bastante forte para influir nos cometas de a Nuvem de Oort e assim ter ajudado a formar o nosso planeta?

As marés da causadas pela Lua têm sido uma presença constante na história da Terra, dando forma à paisagem e influenciando nas vidas das criaturas que a habitam. Agora há uma tentadora indicação que a maré galáctica pode ter desempenhado um papel significativo no passado primordial da Terra.

O trabalho foi desenvolvido por Jozef Klacka da Universidade Comenius na República de Eslováquia. Klacka calculou a força da maré galáctica e seu efeito sobre o Sistema Solar. Sua conclusão é que a maré é bastante forte para ter um efeito significativo na evolução orbital dos cometas da Nuvem de Oort.

Este é um resultado fascinante. Sabemos há muito tempo que as marés lunares foram cruciais para a evolução da vida na Terra. O constante subir e baixar dos oceanos haveria deixado a vida marinha encalhada nas praias, forçando adaptações que permitiram a estas criaturas se adaptarem com as condições terrestres.

Os astrobiólogos também julgam que os cometas desempenharam um papel importante no desenvolvimento da vida na Terra trazendo a matéria prima cósmica para nosso planeta. Assim, os cientistas pensam que a atmosfera e os oceanos foram gerados, ao menos em parte, por cometas. Seguindo esta linha de pensamento, as forças e processos que forjaram a evolução se estendem até o borda do Sistema Solar.

Mas se a maré galáctica desempenha um papel enviando estes cometas até nosso caminho, então parece nós somos parte de uma rede ainda maior. Poderia ser que a Terra e a vida que evoluída aqui sejam crucialmente dependentes, não somente de nosso planeta, nossa estrela ou nosso ambiente interplanetário local, mas também da própria Via Láctea?

Klacka terá ainda muito trabalho para demonstrar que a maré galáctica desempenha tal papel. Assim, estará o campo da Astrobiologia se tornando muito maior?

Outro trabalho sobre o tema

Em “Effects of the Planar Galactic Tides and Stellar Mass on Comet Cloud DynamicsMarco Masi, Luigi Secco e Guillermo Gonzalez chegaram a conclusões semelhantes, afirmando que em um sistema estelar situado a metade da distância do centro galáctico a incidência de cometas será o dobro. Assim, a distância ao centro galáctico seria uma das componentes a considerar ao estabelecermos a zona de habitação galáctica.

Fontes:

MIT – Technology Review: Galactic Tide May Have Influenced Life on Earth

New Scientist: Life in the inner galaxy would be bombarded by comets

ArXiv.Org:

2 comentários

  1. Rosana C L Mendonça

    É tão bom quando a MENTE da gente vai se ABRINDO a novas coisas! Fase de Reconstrução, aprendizagem: Verdades que estão dentro de NÒS! O que a gente PENSAVA ser a VERDADE SUPREMA, na verdade era apenas FANTASIA, TEATRO!

    E VAMOS NÓS descobrindo o NOVO! Estou tão alegre por ter encontrado este SITE! Ele é uma LUZ boa!

  2. Mirian Martin

    Acho que você respondeu aqui a pergunta que coloquei no post posterior. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!