«

»

nov 12

Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer em 2012

Don Yeomans, cientista e pesquisador sênior da NASA, responsável pelo programa de busca de asteróides potencialmente perigosos (NEO) publicou um artigo falando a respeito das verdades científicas sobre os alegados eventos de 2012. Vejamos a seguir o que ele disse…

Aparentemente há uma grande dose de interesse das pessoas em objetos celestiais, suas localizações e trajetórias ao final do ano de 2012 Eu pessoalmente adoro um bom livro ou um filme, tanto como você. Mas é importante ressaltar que o que estamos vendo no ciberespaço, na TV e nos cinemas sobre 2012 não é baseado em ciência. Existe até um falso website com ‘notícias da NASA’ na rede…

Veja abaixo o vídeo da sua entrevista sobre 2012:

Assim, tendo em vista estes fatos, apresentaremos aqui a realidade científica sobre os eventos celestiais previstos para o ano de 2012.

Em 16 de dezembro de 1992, 8 dias após um flyby pela Terra no seu caminho com destino a Júpiter, a espaçonave Galileu voltou suas câmeras para a Terra a uma distância de 6,2 milhões de quilômetros e capturou esta fantástica visão da Lua em órbita da Terra. Crédito: NASA/JPL

Em 16 de dezembro de 1992, 8 dias após um flyby pela Terra no seu caminho com destino a Júpiter, a espaçonave Galileu voltou suas câmeras para a Terra a uma distância de 6,2 milhões de quilômetros e capturou esta fantástica visão da Lua em órbita da Terra. Crédito: NASA/JPL

1. Nibiru, um objeto de grande porte em direção da Terra, simplesmente não existe!

Não existe nenhuma evidência confirmada – seja por telescópio ou por outros meios – que suporta a existência de tal objeto Nibiru. Também não há nenhuma evidência de quaisquer efeitos gravitacionais em quaisquer dos outros objetos (planetas, luas, asteróides, cometas, etc…) do sistema solar. Eu pessoalmente até gosto do nome “Nibiru”. Se eu for comprar um peixinho dourado para por em meu aquário (e farei isto em algum momento no inicio de 2013), “Nibiru” certamente estará na minha lista de nomes a dar ao peixinho :).

2. O calendário Maia não termina em Dezembro de 2012

Assim como o calendário que nós temos na parede de nossas cozinhas e que não cessa no dia 31 de dezembro, o calendário Maia também não termina em 21 de dezembro de 2012. A data coincide simplesmente com o fim do período de ‘contagem – longa’ dos Maias, mas depois (da mesma forma que nossos calendários se reiniciam no dia 01 de janeiro) um novo período de ‘contagem – longa’ irá se iniciar para o calendário Maia.

3. Não há previsões de eventos astronômicos catastróficos em 2012

O Sol possui uma atividade cíclica com um período aproximado de 11 anos e a ocorrência do ciclo de máximo solar está prevista para ocorrer iniciando no período de 2010 a 2012. Entretanto, rotineiramente, a Terra pode enfrentar alguns períodos de intensa atividade solar, por eras, sem sofrer efeitos catastróficos. O campo magnético terrestre, que desvia as partículas iônicas carregadas emitidas pelo Sol de fato pode sofrer reversões em seus pólos a cada 400.000 anos, mas não existe qualquer evidência que uma reversão, que toma milhares de anos para se concretizar irá iniciar-se em 2012. Mesmo que um processo de reversão de milhares de anos estivesse hipoteticamente para ocorrer (não está!), tal jamais iria afetar a rotação da Terra nem tampouco a direção do eixo de rotação terrestre. Só mesmo o Super-Homem conseguiria fazer isso :).

4. Os únicos empurrões gravitacionais que a Terra experimenta são provocados apenas pela Lua e pelo Sol

Não há alinhamentos planetários previstos para as próximas décadas. A Terra não irá cruzar o plano do disco da galáxia em 2012 e mesmo se tais alinhamentos porventura ocorressem, os efeitos na Terra seriam absolutamente desprezíveis. No mês de dezembro, em todos os anos, a Terra e o Sol se alinham de forma aproximada do centro da nossa galáxia, a Via Láctea. O ‘alinhamento galáctico’ é um evento comum que ocorre todos os anos, que não trás nenhum impacto em nosso planeta.

5. As previsões sobre o fim-do-mundo ou mudanças dramáticas a ocorrer em 21 de dezembro de 2012 são todas falsas.

Falsas ou incorretas previsões de ‘fim-do-mundo’ já foram antevistas diversas vezes nos últimos séculos na história humana. Os leitores devem ter sempre em mente, como disse Carl Sagan, que “alegações extraordinárias sempre necessitam de evidências extraordinárias” para suportá-las.

Para quaisquer alegações de desastres ou mudanças dramáticas por vir em 2012 , a responsabilidade de provar pertencem as pessoas que fazem estas suposições.

Onde está a ciência por trás das alegações? Onde estão as evidências comprobatórias? Não existem explicações plausíveis. Tratam-se de anúncios histéricos, irracionais :(, persistentes e até lucrativos, pois acarretam a venda de livros, filmes, documentários, bugigangas ou até mesmo propaganda comercial através da Internet. Estas falsas alegações não podem mudar os fatos reais: não existe nenhuma evidência confiável para quaisquer das supostas previsões de eventos incomuns a ocorrer em Dezembro de 2012.

Para mais informações sobre as tolices acerca de Dezembro de 2012 eu recomendo ler:

._._.

Fontes e referências

Don Yeomans, NASA, topics, Earth

Explicações científicas sobre 2012:

Universe Today:

365 Days of Astronomy: Will the World End in 2012?

Seth Shostak do instituto SETI fala sobre o tema 2012 e comenta o filme

62 comentários

16 menções

Pular para o formulário de comentário

  1. ROCA

    O “arquiteto” da reportagem deveria se informar mais antes de se pronunciar sobre algo que não compreende (ciências). Além disso, obviamente, ele quer ganhar dinheiro dos trouxas que acreditam em “fim-do-mundo” em 2012 e estão dispostos a pagar por isto aos expertos de plantão que pregam mentiras e o medo. O medo vende, o medo, hoje, é também um negócio lucrativo. Reflita!

  2. leticia Pires

    Se isso e tudo verdade pq que o governo dos EUA fizeram um abrigo com 13 prédios debaixo da terra para os ricos e para os governantes ? pq gastaram tantos bilhões de dólares na construção senão tem certesa de nada? Pois vejam a entrevista.

    1. Christiano

      Ei.. Psiu ! Ja estamos em 2016 !

  3. Outra coisa: porque a nasa lançou um plano de emergencia? E porque a fema tem um comercial bem estranho sobre uma catastrofe?

    Importante: Longe de mim promover qualquer profecia apocaliptica, mas existe ainda muitas perguntas sem respostas.

    Afinal como um povo primitivo feito os maias desprovidos de qualquer meio tecnológico poderia fazer previsões tão afrente?

  4. muito interessante esse site e pela complexidade dos assuntos abordados, creio que deva ser um especialista na área que esteja encabeçando este projeto.

    Com relação a 2012:
    1 – Existe uma teoria que diz que terremotos podem ser induzido magneticamente e que essa energia pode vir do sol;
    2 – A crosta pode se deslocar e isso já aconteceu;
    3 – A magnetosfera estando fraca uma injeção de massa coronal poderia desestabilizar a crosta;
    4 – Patrick Geryl fala em um de seus livros sobre inversão da rotação do planeta, deslocamento da massa, tsunamis de 2 km de altura, inversão polar etc… Tudo associado às tempestades solares de 2012;
    5 – Nenhum cientista que trabalha para o governo diria abertamente que um cataclismo vai se abater sobre nosso planeta em 2012, pense nas consequencias em uma declaração desse tipo;
    6 – Porque silos de misseis estão sendo adptados nos EUA para servir como abrigo?

    1. ROCA

      Vamos lá:

      1- Mentira. A energia solar não gera terremotos;
      2- A crosta terrestre se desloca continuamente. Isso chamamos de “movimento das placas tectônicas” e ocorre há bilhões de anos em nosso planeta;
      3- Mentira. Como já disse as tempestades solares não afetam a crostra terrestre. Pula balela para enganar os crédulos;
      4- Patrick Geryl? Você acredita em pseudo-ciência? Estude a verdadeira ciência e pare de perder seu tempo com mentirosos que no fundo querem é ganhar dinheiro dos trouxas vendendo livros apocalípticos. Esse é mais um autor de mentiras que ganha dinheiro vendendo livros aos medrosos que acreditam em qualquer história. Patrick NÃO É CIENTISTA. Leia aqui: http://www.2012hoax.org/patrick-geryl
      5- Há milhões de cientistas e estudiosos que NÃO trabalham para governos. Por que eles se calam também? É porque não existe nada de importante previsto para 2012 em diante… Se há um cataclismo a ocorrer a comunidade científica estaria certamente escrevendo sobre isso na mídia especializada.
      6- Se há medrosos que compram há expertalhões que vendem para os trouxas apavorados. Você compraria se possuísse o capital? Eu, não!

      Leia sobre tempestades solares: http://eternosaprendizes.com/2009/02/11/2012-nao-havera-tempestade-solar-assassina/

      Leia sobre inversão geomagnética: http://eternosaprendizes.com/2009/02/03/2012-nao-havera-inversao-dos-polos-magneticos-da-terra/

  5. ROCA

    Lembramos aos nossos leitores que os comentários que desrespeitarem os Termos de Uso do Blog não serão publicados.

    Para saber as regras: http://eternosaprendizes.com/termos-de-uso/

    Façam bom uso do blog, afinal este é um espaço para troca de conhecimento.

  6. Bruno Luis

    A ciência prova o que a “religião” e o fanatismo não conseguem e nem nunca conseguiram provar, Deus existe? isso ninguem prova que sim nem que não mas já é outra história, agora esse fim do mundo falso e ridículo é possível de ser previsto e já foi.
    Eu não acredito em teorias de civilizações pré histórias que nem sabiam que o planeta era redondo e muito menos que o universo era infinito, eu acredito em profissionais experientes e com acesso a tecnologias muito avançadas que provam o que é ou não real!

  7. oldboy

    E o que explica as mega construções subterraneas que o governo americano, entre outros tem feito?

    1. ROCA

      Trata-se segurança na proteção de patrimônio, oldboy, contra qualquer evento natural, que pode acontecer em qualquer data. Sábia decisão e julgo que deveriam ter feito isso há muito tempo…
      Isto não tem nada a ver, é claro, com essa baboseira de 2012.

  8. joao victor

    ola rocca faz dois anos que nao entro nessas paginas mas queria saber se esse tal de web bot e real e o que dizem sobre 2012 é real por favor me ajude conheço pessoas que vao dar festas de despidida um dia antes de 21 do 12 do 12

  9. Matheus

    Ola .
    MEU NOME E matheus tenho muitas duvidas do fim do mundo isso realmente vai acontecer sera que haverá chuvas mortais de meteoros , tsunamis enormes ,a extinçao do ser humano ,o mundo sendo destruido e os outros pedasos da terra se formando outro planeta uma nova lactea .
    bom acho que ninguem pode provar isso , mas sei que se isso acontecer nos veremos.
    tchau

    1. ROCA

      Matheus,
      Acho que você deveria reler o artigo para entender o conceito do “por que agora”. Nosso planeta tem passado por um período inter-glacial que se iniciou há 12 mil anos, onde o clima tem se mostrado extremamente benéfico ao florescimento da vida. É nessa época que vivemos, em que a humanidade conquistou o planeta. Não tem o menor sentido o que você está falando. As calamidades (ex: queda de asteróide massivo, entre outras) poderão ocorrer em futuro remoto, leia-se dentro de milhares a milhões de anos. De qualquer forma nós (eu e você) não estaremos aqui na Terra para presenciar.

      Já que você curte ‘apocalipse’, leia aqui o real destino da Terra e do Sol:

      http://eternosaprendizes.com/2008/09/28/qual-sera-destino-final-da-terra-e-do-sol/

  10. Roca
    desculpa seestou sendo chata, mas estou realmente com medo deste ano de 2012 e toda noticia do espaço me dá calafrios. voce pode me ajudar. li sobre bolhas no centro da galáxia (10/11/2010 na folha), li tb que elas existem a muitos anos, mas os apocalipticos já começam a falar coisas do tipo que são elas responsaveis pelos tais raios de 2012. voce pode nos explicar o que são estas bolhas?

    1. ROCA

      Erika,

      De forma alguma, dúvidas são pertinentes, ainda mais quando há tanta gente pregando mentiras por aí…

      Não se espante com as bolhas. Ejeções polares de matéria são eventos naturais no Universo.

      As bolhas são provavelmente originadas de jatos formados pelo buraco negro central da Via Láctea ou remanescentes da formação estelar explosiva no bojo central galáctico há bilhões de anos.

      Veja as explicações: http://eternosaprendizes.com/2010/11/14/fermi-detecta-duas-bolhas-gigantescas-de-raios-gama-na-via-lactea/

      Jatos polares são eventos comuns no Universo. Muitas galáxias apresentam este fenômeno, veja: http://eternosaprendizes.com/2010/10/23/os-blazares-e-os-jatos-relativisticos/

  11. tarcisio

    gostaria que vc tirasse-me uma duvida, houve entre vcs cientistas uma descursao arreispeito do tempo da terra onde um computador preciso constator o tempo da terra e viu que falatvam 24 horas 1 dia. apois vcs ter colocados informações e usando a biblia por um crente em algumas passagens bilbicas conseguiram encontrar os dias que faltavam? por gentilesa me envi essa questao agradeço.

    1. ROCA

      Tarcísio,
      Sua questão está ininteligível.
      Favor explicar ou redigir com mais clareza para que possamos respondê-la.
      [ROCA]

  12. Neusa

    Ricardo Roca não entendi o seu comentario.
    Voce entrou no meu blog leu o artigo muitas são as profecias mas não me esclareu qual é a verdade. Entrei no enderço que vc deixou para ve se entendia alguma coisa mais nao esclareu muito. Seu blog tem muitas informações, mas tambem sao informações que não nos dão certeza de nada. Porque tudo pode acontecer, como tudo já esta acontecendo em nosso planeta.

    Obrigada.

    1. ROCA

      Neusa,

      Você conhece uma teoria chamada de “Teoria da Probabilidade”? Se conhece entenderá que a probabilidade de certos eventos acontecerem até 2012 é praticamente zero. Se não entende, então pesquise aqui, estude, pode começar por aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Probabilidade

      Essa história de “tudo pode acontecer” é uma grande mentira contada pelos apocalípticos para aqueles incautos que pouco entendem de ciências.

      O blog dá muitas informações, sim, informações de que A PROBABILIDADE destes eventos malucos de 2012 a acontecer é a mesma de acontecer em 2010, 2011, 2013, 2015, 2020, 2050, etc…

      Pense nisso, reflita e entenda que as catástrofes até acontecem, mas não são previsíveis por teorias malucas de povos antigos ou de visionários loucos.

  13. João

    Não acredito na NASA e nem em DEUS. Só sei que li, e ouvi um Cientista dizer que a Terra está sofrendo um Alinhamento Magnetico, que mudara a nossa forma de pensar e de agir perante situações e que causara alguns eventos catastróficos na Terra.
    E o que eu to vendo são Furacões em SC, Terremotos devastadores no mundo inteiro, Erupções Vulcanicas, e quando Chove a chuva é muito forte e quando da Sol o calor é muito forte. Estamos ao extremo da Terra. NASA para mim não é motivo de acreditar ou desacreditar de algo, ja que ela esconde fatos e imagens da midia.

    1. ROCA

      João,
      A NASA não é um órgão religioso para se acreditar ou não.

      A NASA é uma organização governamental que responde ao governo dos EUA. Como tal a NASA presta contas ao congresso americano. Assim a NASA não tem autonomia para esconder ou omitir descobertas. Ela é obrigada, por lei, a prestar informações verdadeiras e precisas sobre o que está fazendo.

      Como é difícil para as pessoas entenderem isso!!!! Os órgãos tem que ser transparentes, pois são frequentemente auditados por outros órgãos de controle. Eles devem satisfação ao povo que paga os impostos que lá são investidos.

      Reflita sobre isso e pare de acreditar em teorias mentirosas de conspirações inexistentes.

  14. Darlene Smith

    Agradeço humildemente por todos os esclarecimentos!
    Depois de ler uma tal carta supostamente escrita por um político norueguês, que atormentado por saber que o mundo desconhece a existencia de Niburus, resolveu á fins de esclarecimentos divulgar informações sobre um suposto cataclisma de proporções devastadoras ao planeta Terra!
    Não nego que ler a tal carta me perturbou muito mas,usando o bom senso resolvi procurar fontes científicas para tal assegurar notícia!
    Vejo ser tudo mais uma dessas estórias de fim do mundo, bíblia e tal!
    É preciso saber buscar informações antes de acreditar em tudo o que aparece na web.
    Estou muito mais tranquila!
    Obrigada!

    1. ROCA

      Darlene,
      Esta tal ‘político norueguês’ deveria ser processado por propagar mentiras e assustar a população.

  15. paty

    TENHO MEDO DE 2012 TENHO FILHOS SO QUERIA SABER A VERDADE DESSE ANO

  16. Marco

    Obrigado Roca. Realmente essa explicação já me tinha sido dada mas não me convence de todo. Será uma das causas. Mas não me parece que seja a única. Dizes que não é verdade mas pelo que sei (sou apenas um curioso) e pelos dados da “USGS” o nº de sismos de magnitude superior a 6 tem vindo a aumentar nos últimos 20 anos. Não percebi muito bem quando te referiste a pequenas variações irrelevantes a que espaço de tempo te referes? Durante 1 ano 5,10, 30 ou 100 anos? Pelos dados que encontrei a actividade sismica tem vindo a aumentar desde 1999. E estamos a falar num registo de tempo de 100 anos. Vê estes dois links.

    http://research.dlindquist.com/quake/historical/

    http://www.scientificblogging.com/florilegium/blog/why_so_many_earthquakes_decade

    Dizes que não há nada de anormal nisto? Em que te baseias para dizer que os dados estatisticos são em média os mesmos todos os anos? Nâo me parece que esta variação seja irrelevante principalmente no 1º quadro.

    1. ROCA

      Os gráficos são desde 1973, uma faixa de tempo muito pequena para ser considerada uma verdadeira amostra.
      Você está desconsiderando o grande sismo de 1960, o maior do século, no Chile, em Valdívia.

      Leia: http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/world/events/1960_05_22.php

      No mesmo site, olhe este gráfico: http://research.dlindquist.com/quake/historical/?mag=7&type=num&freq=year&style=raw

      No caso do segundo link, ele explica que o gráfico não tem significância estatística, trata-se apenas de um apanhado de sismos historicamente relevantes (em termos de fatalidades e destruições, não é um apanhado dos sismos por intensidade): http://www.scientificblogging.com/comments/34141/Re_Why_So_Many_Earthquakes_Decade

      São estes: http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/world/historical.php

      O autor pede desculpas dizendo:

      “So, no alarming spike, but a general trend upwards, at least over the modest timescale of the last 30 years (although only 20 years of averages). Is there something to be concerned about, or is this natural variation or, as mentioned in the article, a consequence of greater monitoring. Again, I defer to a geologist, but at least the data is cleare now, I think.”

      O número de mortes aumenta porque a população aumentou consideravelmente e além disso existe a péssima tendência de haver mais pessoas morando em áreas de risco, conforme explicamos aqui: http://eternosaprendizes.com/2010/03/09/ha-mais-terremotos-na-terra-nao-ha-mais-pessoas-morando-em-areas-de-alto-risco/

      Assim, parece-me que você está com uma visão distorcida dos fatos e baseando-se em um ou outro gráfico, sem se preocupar com o todo.

      ok?

  17. Marco

    Boas. Será que alguém me consegue dar uma explicação credível para os terramotos que têm assolado a terra ultimamente. Tenho pesquizado pela net e não aparece nada de objectivo. É que tal como o Rui tenho essa dupla personalidade (céptico/crente). Não quero acreditar que o mundo acabe em 2012 mas também e perante as notícias quase diárias de novos terramotos por todo o mundo começo a ter as minhas dúvidas.

    Parabéns pelo blog.

    1. ROCA

      Caro Marco,

      Isto não é verdade. Na média os terremotos assolam o mundo com praticamente a mesma distribuição estatística todos os anos. Há pequenas variações irrelevantes se olharmos o quadro como um todo.

      O problema é que as populações cada vez mais moram em lugares condenados e não constroem seguindo as normas de segurança mínimas para suportar incidentes. Em países muito pobres como o Haiti, como exigir e implementar isto se as pessoas estão preocupadas se vão ou não comer?

      Nós já falamos sobre isto aqui. Leia aqui:

      Há mais terremotos na Terra? Não! Há mais pessoas morando em áreas de alto risco!

  18. rui

    Oi! Gostei imenso deste blog! Consegue ter explicações bem fundamentadas sobre as profecias de 2012 de um ponto de vista científico, o que é raro de ver pela internet nos dias de hoje.

    Bem, eu sou um pouco céptico, mas também um pouco crente… é como se eu tivesse dupla personalidade. 🙂 Não sou cientista, mas leio tudo o que posso sobre ciência e tecnologia, nem sou astrólogo ou adivinho, mas também tenho curiosidade pelos fenómenos cientificamente inexplicáveis.

    Desde meados de 2008 (ou mesmo antes disso) tem-se espalhado a moda do 2012 e acabou-se por se misturar todo o tipo de profecias que, por acaso, coincidiam na data. Acho que o que surgiu depois foi o acrescentar de criticas construtivas e destrutivas perante as tais profecias. Cientistas de um lado, crentes do outro, ambos os lados têm as suas convicções e dificilmente irão ceder ou desistir delas. O mesmo acontece entre a ciência e a Igreja católica… seria difícil imaginarmos um cientista a conseguir provar realmente a existência de Deus, embora um filósofo ainda o consiga fazer de certa forma.

    Então aqui vão os meus prós e contras a respeito da temática de 2012:

    – A ciência não consegue prever o que acontecerá em 2012
    – A NASA, ainda no início de 2010 enviou um satélite para o espaço com o fim de estudar o que poderá acontecer em 2011 devido às mudanças solares que se têm vindo a verificar. Isto só quer dizer que a NASA ainda não sabe o que poderá acontecer em 2011, e muito menos em 2012. No entanto, há já conclusões quanto a interferências nas redes interplanetárias de comunicações provocadas por essas mesmas alterações, mas também poderão haver momentos em que irá falhar a energia eléctrica durante várias horas em vários locais do globo. São apenas essas as “profecias” da ciência.
    – No entanto, não houve um único cientista a prever os tsunamis, terramotos e outras catástrofes naturais (nem sequer o que se veio a passar na Madeira)
    – No início deste mês houve várias quedas de meteoritos um pouco por todo o mundo e suficientemente grandes para chamar a atenção de extensos grupos populacionais (caso do Canadá, por exemplo). Não houve um único cientista a noticiar que isso iria acontecer, de forma a (pelo menos) precaver os habitantes dessas zonas para o pior.

    Se a ciência não sabe que amanha um meteorito pode cair em tal parte, muito menos saberá que irá passar no sistema solar determinado asteróide ou cometa. Aliás, isso já aconteceu imensas vezes.

    Por outro lado, houve quem tivesse previsto o sismo que houve em Portugal e as tempestades na Madeira. Houve quem tivesse ido à tv alarmar as pessoas (com meio ano de antecedência) para o que viria a acontecer e esses “profetas” (sem qualquer formação cientifica) foram simplesmente ridicularizados. Ninguém acreditou. Muitos ficaram sem casa e outros morreram nas tempestades.

    Ou seja, a ciência não prevê nada, resumindo-se ao mundo físico das coisas e apenas a isso. Mas existe muito mais do que o mundo físico… Existem coisas que a ciência ainda não descobriu. Assim como existem formas de enviarmos uma sms de um telemovel para outro, também existem formas de comunicar à distância e conhecer o futuro sem necessidade de qualquer tipo de tecnologia. Assim que a ciência descobre determinado fenómeno (a radiação, por exemplo) e estuda esse fenómeno de forma a poder vir a utilizá-lo na prática, as coisas parecem ser mais simples e aquilo que antigamente só os “loucos” é que acreditavam existir passa a fazer parte da vida real, dos intelectuais e estudiosos. Até lá, quem acreditava que um dia seria possível conversar com outra pessoa à distância era simplesmente “doido varrido”, “irracional”, “mentiroso”…

    Para terminar, quero mesmo sublinhar que gostei imenso deste site e que por cá irei passar mais vezes. Sou um adepto da ciência e de tudo o que são tecnologias, mas também tenho a mente aberta para tudo o que sejam crenças… Se não posso confiar em alguém, neste momento, é nos charlatões que dizem saber mas que nada sabem e apenas querem ganhar tostões com isso. Mas confesso que a ciência ultimamente também me tem desapontado um pouco ultimamente. Portanto, não há ninguém 100% credivel, nem mesmo a ciência.

  19. Cássio R.

    Parabéns a todos que fazem o “Eternos Aprendizes”.
    O site está cada dia melhor, eu mesmo visito o site todos os dias para ver as novidades. O conteúdo é maravilhoso, muito explicativo.

    Continuem assim, que eu sempre estarei visitando.

  20. Aldo

    Caro Roca, apesar de concluir com você em alguns pontos, divirjo em outros, os quais vou chamar de posições ligeiramente dogmáticas. Como pesquisadores ou cientistas, jamais podemos afirmar “mentira” a postulados, por mais bizarros que sejam, pois do muito que sabemos outro tanto desconhecemos, não é assim? Pois bem, estou em contato quase diário com astrônomos da UFMG e vejo que as opiniões deles não são tão fechadas com as da NASA ou aquelas a que vc adere. Fazemos parte de um corpo de pesquisa, ou grupo de estudos, se preferir, e trabalhamos sob a orientação de um professor pós-doutor. Estamos caminhando para o pós-doutoramento, é claro. Das idas e vindas a universidades federais e observatórios no Brasil, incluindo alguns amadores, vemos que o assunto é tratado como uma espécie de tabu. Ninguém quer se posicionar, por medo de exposição ou de duras críticas, como as que, em alguns momentos, vc se permitiu fazer. Como eternos aprendizes, devemos manter o horizonte aberto às hípóteses e investigá-las desapaixonadamente, quando muito com incessante curiosidade. O cientista não se apressa a provas suas próprias convicções, mas em investigar. Investigar sempre. Muitas das premissas propostas pelas agencias governamentais americanas estão corretas, mas outras tantas desqualificam-se como vagas ou lacunosas. Quando participamos de bancas examinadoras, sabemos quando o discurso tem dificuldade de se fechar, normalmente vindo seu autor a se esvair um pouco através de sofismas. Pois bem, essa técnica não é evitada pelas agencias governamentais, ok? Como estudioso de lógica, vc identifica isso muito bem. Esse é o ponto. Há algo, não vou dizer oculto, mas não concluído nas pesquisas estrangeiras. São respeitáveis as posições dos pesquisadores e “experts” americanos, mas, em determinados aspectos, apostaria mais fichas nos brasileiros. Explico-lhe pessoalmente, um dia. Não há nada de conspiratório nisso, a questão é mais para a conservação da reputação e do cargo. Por muito tempo acreditou-se que a Terra era plana e os melhores academicos foram à tribuna sustentar quão cômico seria uma visão diferente. Estamos no limiar dessa visão agora, não apenas no que respeita ao polêmico Planeta X, mas a outras transformações que ocorrerão no céu, como, p.ex., a atividade solar demasiada que se espera. Os conceitos e postulados são válidos até que outros os melhorem, como disse Popper e, antes, Bacon. Naturalmente, sabemos que ainda não há leituras definitivas sobre todo o Cinturão, nem unanimidade face à arbitrária e questionável reclassificação de Plutão – um goal acadêmico, mas de parca importância na morfologia espacial. Finalmente, o estado de coisas no céu independe de posições ou preferencias acadêmicas; por isso, para o cientista, acompanhar posições de colegas é válido até o momento em que não representem dogmatizações ou preciosismos acadêmicos. No mais, sigamos em frente com nossas interrogações e perquirições, mas jamais aceitando dogmas sejam quais forem, da religião e até da ciência, pois é esse o estado de espírito que animou Eisntein, Galileu, Bruno, Studion, Beethoven, Gates, Jobbs e outros tantos que permitiram à humanidade avançar em conhecimento. Um grande abraço e parabéns pela manutenção de um site dedicado à Ciência.

    1. ROCA

      Aldo,
      A questão aqui é simplesmente a desmistificação dos argumentos dos falsos profetas a respeito de 2012, dizendo que a probabilidade de um dos alegados eventos previstos para acontecer é praticamente a mesma para 2012, 2013, 2014, etc… Nada mais que isso.

      Vejamos alguns exemplos para esclarecer nossos pontos de vista:

      1) Planeta Nibiru (impossível tanto em 2012 quanto depois de 2012):
      Nós calculamos onde estaria hoje um alegado planeta, cometa ou objeto com uma órbita excêntrica a passar próximo da Terra em dezembro de 2012. Para chegar próximo da Terra o objeto já teria que estar a menos de 10 Unidades Astronômicas, ou seja, entre Saturno e Júpiter e obviamente já estaria facilmente visível para quaisquer telescópios de pequeno porte. Obviamente cometas ainda virão por aí passar perto do Sol com suas órbitas excêntricas, como sempre o fazem, mas nada de anormal é esperado para os próximos anos. Já um planeta com órbita excêntrica é improvável. Não passará por aqui nem em 2012, nem no futuro.

      2) Planeta X (objetos além do cinturão de Kuiper serão descobertos nos próximos anos):
      Um eventual corpo gelado nos confins do sistema solar não está descartado e a busca irá prosseguir por mais alguns anos. Mas ele teria que estar bem além de Plutão, além do cinturão de Kuiper, conforme o artigo abaixo bem explicou:
      A procura do Planeta X: poderá um mundo do tamanho da Terra estar orbitando no Sistema Solar Exterior?
      http://eternosaprendizes.com/2010/01/18/a-procura-do-planeta-x-podera-um-mundo-do-tamanho-da-terra-estar-orbitando-no-sistema-solar-exterior/
      Os cientistas planetários esperam encontrar centenas de objetos congelados nos próximos anos. Talvez alguns do tamanho de Marte? Não sabemos agora, mas isso irá avançar bastante nos próximos anos, por exemplo, com a pesquisa do WISE, entre outras:
      http://eternosaprendizes.com/2010/01/24/wise-descobre-seu-primeiro-asteroide/
      Mas se os planetas Xs existem afinal, eles estão muito longe de nós e lá ficarão por bilhões de anos…

      3) Tempestade solar assassina (pode acontecer a qualquer momento, pode acontecer no futuro, mas sem danos significativos, ou seja, jamais será uma tempestade ‘assassina’):

      Como já explicado tempestades solares causam transtornos aos satélites e eventualmente as viagens espaciais. Na Terra estamos bem protegidos. Temos belas auroras e eventualmente alguns apagões podem ocorrer próximos aos pólos (Canadá?), mas nada que não se possa prevenir ou melhorar. Nada de extinções massivas, ok?
      Teremos um máximo solar em 2013, mas nossas capacidades de monitorar o Sol e antecipar eventos estão melhorando significativamente, veja por que, abaixo:
      NOAA: como os cientistas podem prever as erupções solares (solar flares)?
      http://eternosaprendizes.com/2010/01/26/noaa-como-os-cientistas-podem-prever-as-erupcoes-solares-solar-flares/

      4) Inversão dos pólos magnéticos da Terra (probabilidade ZERO para 2012, mas plausível dentro de milhares a milhões de anos).
      Inversões de pólos magnéticos acontecem eventualmente, mas os processos levam milhares de anos para se completar e não causam extinções. Do ponto de vista tecnológico a humanidade terá tempo suficiente (centenas a milhares de anos) para se preparar para quando a próxima inversão acontecer.

      5) Alinhamentos galácticos: acontecem periodicamente e não causam nenhum transtorno, duas vezes por ano a Terra, o Sol e o centro da galáxia se alinham sem nenhuma conseqüência para nosso planeta. Da mesma forma, os alinhamentos planetários ocorrem eventualmente e não causam transtornos gravitacionais. Somente o Sol e a Lua afetam diretamente a Terra (marés).
      No artigo abaixo o autor mostra que a influencia gravitacional de Marte sobre nossos corpos é tão forte quanto a incidência de duas pessoas têm sobre você a uma distância de 1 metro. Mais ainda, basta você subir um ‘degrau’ de 5 milímetros (meio centímetro) para que a gravidade da Terra varie uma quantidade igual a que Marte inteiro exerce sobre você…
      Debunking Astrology: Mars Can’t Influence You por Jean Tate
      http://www.universetoday.com/2010/01/26/debunking-astrology-mars-cant-influence-you/

  21. nixon

    este cientista que fala aqui trabalha para la nasa y la nasa trabalha para el governo americano ele no fala a verdade fala o que o governo manda falar os governos no queren que os povos se enteren da realidade eles queren ter o povo dormido e utilizan estes cientistas pera containformar a verdade sempre foi asi y seguira sendo eles fala en nome da ciencia – pregunto que ciencia ‘? que no pode predesir um terramoto o ayar uma vacina para diabetis pode ela falar de coisas que desconhece . muito brigado

    1. ROCA

      “Nixon” (duvido que este seja seu nome).
      Embora seu comentário tenha um ‘discurso de ódio’ preconceitouso contra os americanos e esteja em desacordo com nossos TERMOS DE USO DO BLOG, deixamos passar para esclarecer que:

      1-O Senhor Don Yeomans escreveu este artigo e o assinou por iniciativa pessoal própria e não como empregado da NASA;

      2-Don Yeomans é um cientista seríssimo, altamente respeitado por toda a comunidade científica e não iria colocar sua forte reputação em jogo escrevendo mentiras;

      3-Muito pelo contrário, ele vem aqui para tranquilizar o público em nome da ciência e da verdade.

      Se você não concorda com ele ou tem raiva dos americanos isto é um problema seu. Mas não venha aqui a colocar seu discurso pessoal de raiva…
      .
      Além disso, não misture outros assuntos como cura da diabetes mellitus ou previsão de terremotos que NÃO TEM NADA A VER com o tema 2012 que estamos abordando aqui.
      .
      Atenha-se ao tema do artigo, não desvie do assunto.
      .
      Se não acredita nos cientistas e na ciência, o problema é seu, guarde para si.

  22. Ergi

    Roca, venho lendo seu site há um tempinho, e gostei muito do seu conteúdo, tenho interesse em ciências, especialmente a astronomia, e seu site vem sendo uma fonte para sanar minha curiosidade. =)

    Mas tenho uma dúvida. Caso o mundo venha a acabar (nada a ver com 2012) ele pode acabar em questão de 1 dia ou levará milênios?

    1. ROCA

      Depende do que você conceitua como ‘fim-do-mundo’.

      Há dois excelentes livros de cientistas renomados que tratam muito bem deste tema (já li e reli ambos pois dão uma aula de astronomia e ciências da Terra):

      1- Death from the Skies do Phil Plait
      http://www.amazon.com/Death-Skies-These-Ways-World/dp/0670019976
      http://en.wikipedia.org/wiki/Death_from_the_Skies

      2- The Life and Death of Planet Earth: How the New Science of Astrobiology Charts the Ultimate Fate of Our World de Peter Ward e D. Brownlee
      http://www.amazon.co.uk/Life-Death-Planet-Earth-Astrobiology/dp/0749950099

  23. santos

    agora vou criticar. nao gostei dessa foto de nibiru voce quer me gozar

    1. ROCA

      Quem disse que essa é uma foto de Nibiru? 😀 Nibiru não existe, logo não podem haver ‘fotos’ dele. Essa foto aí mostra Terra e a Lua vistas do espaço pela sonda Galileo, quando viajou para Júpiter em 1992.

  24. fracimar santos

    Veja o Japao com todos os problemas sismicos existentes o governo e as pessoas estao conscientes de como devem como se comportar diante do quotidiano e nem por isso ninguem entrou em panico coletivo ate hoje pelos fenomenos que ocorrem cotidianamente.

    1. ROCA

      Você tem razão, o treinamento e conscientização são muito importantes.

  25. fracimar santos

    obrigado pelo retorno roca. nao estou preocupado com isto e corroboro com voce sobre a criaçao de reservas para alguma emergencia coletiva se houver numa necessidade extrema. veja voce se os paises que sofreram com o maremoto na asia tivessem recursos para desenvolver tecnologia de prevençao o estrago seria muito menor do que foi.

  26. fracimar santos

    no dicurso dele ele relata uma atividade tecnologica muito sofisticada e relata na sua mensagem que tinha ligaçoes direta com benhazir buto que se nao me falhe a memoria era primeiro ministro da india e que se nao me falhe a memoria era pai de indhira gandy se estiver certo

  27. fracimar santos

    oi roca voce conseguiu alguma critica mais apurada sobre aquela carta do noruegues. para mim ele esta virtualizando demais porque ele nao se refere ao cofre de sementes ele fala de outra coisa. o que voce acha?

    1. ROCA

      Não achei o vídeo, favor postar o link, ok?

  28. francimar damasceno dos santos

    OI ROCA. VOCE OBSERVOU AS DECLARAÇOES CONTIDAS SOBRE ESTE SUPOSTO POLITICO. EU ESTOU PENSANDO AQUI COM MEUS BOTOES. ESTOU ESPECULANDO SOBRE ESSES GASTOS TODOS QUE OS GOVERNOS DO LADO DE LA ESTAO REALIZANDO, POSSO ESTAR ERRADO MAIS VEJA BEM. LI A MUITO TEMPO SOBRE A PREPRARAÇAO LOGISTICA DE UM PAIS PARA UMA GUERRA EM MEDIO E LONGO PRAZO. SERA QUE ESSES GOVERNOS ESTAO SE PREPARANDO PARA TAL. ANTES DO INICIO DA 2@ GUERRA MUNDIAL HOUVE TODA ESSA MOVIMENTAÇAO. HOJE ESTAMOS MAIS INFORMADOS ATRAVES DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇAO E É IMPOSSIVEL QUALQUER AUTORIDADE CENSURAR AQUILO QUE ESTA SENDO OBSERVADO. VOCE NAO ACHA ISSO ESTRANHO DEMAIS

    1. ROCA

      Não se preocupe com isso, não há nenhuma razão cataclísmica para tal.
      No entanto, criar reservas de recursos é sempre uma medida preventiva saudável. É um investimento para prevenir situações não planejadas.
      Guerra? Só em algumas áreas bem específicas da Terra…

  29. Silvia Rossine

    Muito obrigada por suas explicações, estarei seguindo suas informações ok!

  30. francimar damasceno dos santos

    Bem o filme ja estreiou e creio que esta polemica sera encerrada. Agora fiquei tentando achar o sentido daquela carta postada no youtube de alguem que se intitula um politico noruegues. o que voce acha. ou e mais um fanatico religioso ou semelhante que tambem quer conspirar

  31. Luis

    Bela reportagem! Ta de parabéns! Sou seu fan!

  32. andre

    Uma vez li em alguns desses sites de conspiração que o tal planeta x absorveria mais luz do que refletiria tornando-o “invisível”, isso seria possível?

    1. ROCA

      A ‘invisibilidade’ do Planeta ‘X’ seria causada por um baixo albedo. Mas isto seria improvável pois um ‘planeta X’ suposto estaria além do cinturão de Kuiper, sendo assim um objeto com frio criogênico, na faixa dos -200C ou menos. Assim ele teria provavelmente uma capa de gelo e um alto albedo como Plutão ou Haumea.
      .
      Lorenzo Iorio estabeleceu limites mínimos gravitacionais para um objeto planetário a ser descoberto e o pessoal do Pan-Starrs (Univ. Havaí) estabeleceu limites óticos para algum planemo a descobrir. Quanto maior o tal objeto mais longe ele terá que estar para não ter sido descoberto até o momento. As tabelas explicativas eu coloquei aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/03/11/a-procura-pelo-planeta-x-vai-ganhar-um-reforco-extra-do-observatorio-pan-starrs/

      Confira as tabelas para ver onde poderia estar um suposto planeta ainda não descoberto, além do cinturão de Kuiper, bem além, bem looonnngggeeee…..

  33. Mirian Martin

    Bom, acho que segundo Z.Sitchin o tal Nibiru deveria ter uma órbita imensa. Pelos cálculos, daqui uns 300 anos ele estaria passando pela Terra. Entretanto, se isso fosse realmente verdade, ele já estaria mais que visível aos astrônomos.
    Portanto, aqui em casa Nibiru é planeta do sistema solar inventado pelo meu filho, colado na parede do quarto e que volta e meia lança asteróides em direção à parede oposta, onde fica a cama do irmão. 🙂

  34. flavio

    Encontrei esse texto na internet (é tudo mentira?):

    “A cada 26.000 anos o Sol do solstício se alinhará com o centro da Via Láctea, esse é um raro fenômeno astronômico chamado de Precessão. Esse raro fenômeno se dará segundo a NASA em 21/12/2012. Coincidência ou não a NASA confirmou os dados obtidos com o estudo dos relatos deixados pelas civilizações já extintas.
    Tambem divulgado pela NASA foi a existência de um décimo planeta no nosso sistema solar, o chamado Planeta X(nome dado pela própria Agência Espacial Americana). Os Sumérios denominavam esse mesmo planeta de Nibiru, outras civilizações davam-lhe outros nomes.
    A órbita desse gigantesco corpo celeste que possui de 4~5 vezes o tamanho da Terra é de aproximadamente 2.600 anos. Abaixo os fatos relatados pela NASA:

    1. Em 1982 a NASA reconheceu a possibilidade de um planeta solar extra.

    2. Em 1983 a NASA lança o IRAS (Infrared Astronomical Satellite – Satélite Astronômico de Infravermelho), que localizou um objeto muito grande (nessa faixa espectral).

    3. Quando a Estrela Escura fica no periélio (posição mais próxima do nosso Sol), entre 60 e 70 AU [AU=Astronomical Unit=unidade astronômica igual à distância média entre a Terra e o Sol], a órbita de Nibiru, que fica a 60 AU da Estrela Escura, possui uma órbita suficientemente alongada para atravessar nosso sistema solar, geralmente nas proximidades da órbita de Júpiter, apesar que isso pode variar.

    4. A inclinação orbital de Nibiru é cerca de 30 graus com relação ao nosso plano solar ou da eclíptica. Quando Nibiru atravessa nosso sistema solar em movimento retrógrado (sentido oposto) com relação aos demais planetas, algumas vezes ele desloca os planetas causando perturbação generalizada neste processo. A NASA está observando Nibiru agora a partir de seu novo telescópio do Polo Sul (S.P.T.=South Pole Telescope), numa área do Polo Sul.

    5. Nibiru será visto primeiramente pelas pessoas normais em 15 de maio de 2009, como um pequeno objeto vermelho. Ele estará se movendo para cima a partir de debaixo da órbita da Terra. Isto significa que até 2009, a única forma de ver Nibiru é de um local muito ao sul do nosso planeta (extremo sul de Chile e Argentina).

    6. Em maio de 2011, haverá visão a olho nú por todas as pessoas. Em 21 de dezembro de 2012, Nibiru irá passar pelo plano da eclíptica e será visto como uma estrela vermelha brilhante e irá parecer um segundo sol, do tamanho aproximado da nossa Lua. Provocará perturbações climáticas e geográficas.

    7. O pior, no entanto, deve vir em torno de 14 de fevereiro de 2013, quando a Terra se move entre Nibiru e o Sol. Haverá deslocamento dos polos e inclinação planetária. Ocorrerá grandes mudanças na Terra, Mega-terremotos e mega-tsunamis em escala global. (estimativas).

    8. As tempestades solares alcançaram seu ápice no ano de 2012. A Nasa teme que isso afete as cominicações globais(satélites, rádios) por tempo indefinido.

    Estudos e estimativas da própria NASA. (Não divulgados na mídia)
    Insiders da NASA, D.o.D. (Department of Defense), a inteligência militar nacional, o S.E.T.I. e a C.I.A. especulam que 2/3 da população do planeta podem perecer durante o próximo deslocamento dos polos causado pela passagem de Nibiru. O restante daquelas pessoas que sobreviverem inicialmente, podem morrer de fome e pela exposição aos elementos climáticos, dentro dos 6 meses seguintes.

    Explicação:
    O volume de vazamentos de insiders, de observatórios, cientístas, astrônomos independentes e do Vaticano(esse não sei por que razão) está rompendo o bloqueio e liberando essas informações que inicialmente recebeu dura resistência da NASA.

    Os fatos científicos são esses, recebendo endoço e comprovação das maiores autoridades no assunto, tanto da NASA quanto de cientístas e pesquisadores de renome que não trabalham para a Agência Espacial. Tudo isso pode ser pesquisado na Internet, inclusive no site da NASA.(em inglês)”

    1. ROCA

      De fato, um monte de mentiras para enganar os incautos, apenas o item 8 é uma meia-verdade. Respondi abaixo meus comentários e links explicativos.
      “A cada 26.000 anos o Sol do solstício se alinhará com o centro da Via Láctea, esse é um raro fenômeno astronômico chamado de Precessão. Esse raro fenômeno se dará segundo a NASA em 21/12/2012. Coincidência ou não a NASA confirmou os dados obtidos com o estudo dos relatos deixados pelas civilizações já extintas.
      Também divulgado pela NASA foi a existência de um décimo planeta no nosso sistema solar, o chamado Planeta X(nome dado pela própria Agência Espacial Americana). Os Sumérios denominavam esse mesmo planeta de Nibiru, outras civilizações davam-lhe outros nomes.
      A órbita desse gigantesco corpo celeste que possui de 4~5 vezes o tamanho da Terra é de aproximadamente 2.600 anos. Abaixo os fatos relatados pela NASA:
      1. Em 1982 a NASA reconheceu a possibilidade de um planeta solar extra.
      RESP.: Incorreto, mas isso nunca foi um problema. Em 2005 descobriu-se o planemo Éris. Mas como Éris é maior que Plutão, reclassificaram Plutão e Éris para a categoria de planetas-anões, junto com Ceres. Em 2008 elegeram Makemake e Haumea também como planetas anões. Leia a história aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/03/12/por-que-plutao-nao-e-mais-um-planeta/
      http://eternosaprendizes.com/2008/08/01/2005-fy9-um-corpo-distante-do-cinturao-de-kuiper-chamado-makemake-e-o-quarto-planeta-anao/
      http://eternosaprendizes.com/2008/09/26/vamos-saudar-%e2%80%98haumea%e2%80%99-o-quinto-planeta-anao/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/22/2012-nao-havera-planeta-x/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/12/2012-nao-havera-nenhum-cometa-assassino-nibiru-ou-planeta-x/
      .
      2. Em 1983 a NASA lança o IRAS (Infrared Astronomical Satellite – Satélite Astronômico de Infravermelho), que localizou um objeto muito grande (nessa faixa espectral).
      RESP.: Mentira já explicada aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/12/2012-nao-havera-nenhum-cometa-assassino-nibiru-ou-planeta-x/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/22/2012-nao-havera-planeta-x/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/18/2012-o-planeta-x-nao-e-nibiru/
      .
      3. Quando a Estrela Escura fica no periélio (posição mais próxima do nosso Sol), entre 60 e 70 AU [AU=Astronomical Unit=unidade astronômica igual à distância média entre a Terra e o Sol], a órbita de Nibiru, que fica a 60 AU da Estrela Escura, possui uma órbita suficientemente alongada para atravessar nosso sistema solar, geralmente nas proximidades da órbita de Júpiter, apesar que isso pode variar.
      RESP.: MENTIRA. Não existe nenhum objeto massivo a 70 UA. Isto é impossível segundo os estudos de Lorenzo Iorio. Explicado aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/03/11/a-procura-pelo-planeta-x-vai-ganhar-um-reforco-extra-do-observatorio-pan-starrs/
      .
      4. A inclinação orbital de Nibiru é cerca de 30 graus com relação ao nosso plano solar ou da eclíptica. Quando Nibiru atravessa nosso sistema solar em movimento retrógrado (sentido oposto) com relação aos demais planetas, algumas vezes ele desloca os planetas causando perturbação generalizada neste processo. A NASA está observando Nibiru agora a partir de seu novo telescópio do Polo Sul (S.P.T.=South Pole Telescope), numa área do Polo Sul.
      RESP.: MENTIRA, explicada aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/18/2012-o-planeta-x-nao-e-nibiru/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/12/2012-nao-havera-nenhum-cometa-assassino-nibiru-ou-planeta-x/
      .
      5. Nibiru será visto primeiramente pelas pessoas normais em 15 de maio de 2009, como um pequeno objeto vermelho. Ele estará se movendo para cima a partir de debaixo da órbita da Terra. Isto significa que até 2009, a única forma de ver Nibiru é de um local muito ao sul do nosso planeta (extremo sul de Chile e Argentina).
      RESP.: MENTIRA, explicada aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/12/2012-nao-havera-nenhum-cometa-assassino-nibiru-ou-planeta-x/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/18/2012-o-planeta-x-nao-e-nibiru/

      6. Em maio de 2011, haverá visão a olho nú por todas as pessoas. Em 21 de dezembro de 2012, Nibiru irá passar pelo plano da eclíptica e será visto como uma estrela vermelha brilhante e irá parecer um segundo sol, do tamanho aproximado da nossa Lua. Provocará perturbações climáticas e geográficas.
      RESP.: MENTIRA, explicada aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/12/2012-nao-havera-nenhum-cometa-assassino-nibiru-ou-planeta-x/
      http://eternosaprendizes.com/2009/01/18/2012-o-planeta-x-nao-e-nibiru/

      7. O pior, no entanto, deve vir em torno de 14 de fevereiro de 2013, quando a Terra se move entre Nibiru e o Sol. Haverá deslocamento dos polos e inclinação planetária. Ocorrerá grandes mudanças na Terra, Mega-terremotos e mega-tsunamis em escala global. (estimativas).
      RESP.: MENTIRA, para haver mudanças na inclinação da Terra a Lua deveria estar bem mas distante – UMA SITUAÇÃO IMPOSSÍVEL nos próximos bilhões de anos.
      Estão confundindo com os pólos magnéticos, outro objeto, explicado aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/02/03/2012-nao-havera-inversao-dos-polos-magneticos-da-terra/

      8. As tempestades solares alcançaram seu ápice no ano de 2012. A NASA teme que isso afete as comunicações globais(satélites, rádios) por tempo indefinido.
      RESP.: A única ‘meia-verdade’ em um monte de besteiras e mentiras escabrosas. O ciclo solar terá um máximo em 2012 e 2013. Nada de mais nisso que se repete a cada 11 anos, explicado aqui:
      http://eternosaprendizes.com/2009/02/11/2012-nao-havera-tempestade-solar-assassina/
      Estudos e estimativas da própria NASA. (Não divulgados na mídia)
      Insiders da NASA, D.o.D. (Department of Defense), a inteligência militar nacional, o S.E.T.I. e a C.I.A. especulam que 2/3 da população do planeta podem perecer durante o próximo deslocamento dos polos causado pela passagem de Nibiru. O restante daquelas pessoas que sobreviverem inicialmente, podem morrer de fome e pela exposição aos elementos climáticos, dentro dos 6 meses seguintes.
      MENTIRA!!!!
      Explicação:
      O volume de vazamentos de insiders, de observatórios, cientístas, astrônomos independentes e do Vaticano(esse não sei por que razão) está rompendo o bloqueio e liberando essas informações que inicialmente recebeu dura resistência da NASA.
      MENTIRA
      Os fatos científicos são esses, recebendo endosso e comprovação das maiores autoridades no assunto, tanto da NASA quanto de cientistas e pesquisadores de renome que não trabalham para a Agência Espacial. Tudo isso pode ser pesquisado na Internet, inclusive no site da NASA.(em inglês)”
      MENTIRA e basta!

  35. flavio

    Mas, não sei o porquê, desconfio de que Nostradamus possa realmente ter visto algo em relação ao futuro , quando ele disse que um grande corpo celeste, assustador, passará bem próximo da Terra, que veremos dois sóis, quando houver uma invasão da Europa e o Papa (Bento XVI?) fugir de Roma… Ele não disse que esse corpo celeste atingirá a Terra, mas que passará próximo e assustará, coincidentemente(?), num momento de grande confusão mundial, com uma terrível guerra na Europa, com a destruição de Paris (muitos são os que previram isso), entre outras. Mas que isso não será o “fim do mundo”… Bem, como Jesus também previu coisas terríveis para a Humanidade, em algum tempo futuro, e como nesse eu acredito totalmente, acho que realmente acontecerá algo terrível no mondo, algum dia, mas… pela mão do homem!

    1. ROCA

      Flávio,
      Temas relacionados a crenças ou fé não são abordados aqui pois somos um blog de ciências. Nosso papel é: divulgação científica.
      .
      Com relação ao assunto 2012 o que fazemos aqui é expressar as respostas dos cientistas desmistificando e esclarecendo especulações absurdas disseminadas com a intenção de lucrar com as pessoas que acreditam. Sim, lucrar, o medo é um artigo vendido e é lucrativo para as pessoas mal intencionadas que o propagam. O medo é vendido sob a forma de livros, DVDs, documentários, propagandas, filmes e outras bugingangas. Há um mercado que compra ‘medo’, infelizmente, em vez de estudar ciências e entender que estão sendo enganados.
      .
      Assim, não vamos sequer comentar ou opinar sobre as previsões ou delírios de um boticário criativo (Michel de Nostredame) que viveu centenas de anos atrás (século XVI).
      .
      Também não confiamos da ‘ciência dos antigos’, balela inventada para enganar os incautos.
      .
      Recomendamos, outrossim, a leitura do artigo “Histeria em Massa!” do Wilson da Silva, editor da revista Cosmos.
      http://eternosaprendizes.com/2009/11/09/histeria-em-massa/
      .

  36. flavio

    espero que estejas certo… mas já passaram vários corpos celestes (asteróides, cometas) bem próximos da Terra e que não estavam previstos, não é? Então não é impossível que surja, derepente, um grande corpo celeste em direção à Terra… Essa estória de Nibiru, Planeta X, ou seja qual for o nome que se queira dar, não me parece tão impossível, não…

    1. ROCA

      Objetos pequenos (algumas dezenas de metros), sim, sem problemas.

      Objetos grandes, não!!!

      Don Yeomans é responsável pela busca de asteróides perigosos. Ele é o top do programa NEO, ou seja, a maior autoridade global no assunto.

    2. Franci

      Então….Em 06/11/2009, um asteróide de 7m e 3 ton, passou muito perto da Terra sem que o tenham visto se aproximando. Foi chamado de 2009VA e só foi descoberto 15 horas antes de sua maior aproximação com o planeta Terra. Ele passou a 14 mil kms da terra (distância bastante pequena). Também sempre pensei que se existisse Nibiru ou seja qual a denominação que possa ter, os telescópios já o teriam detectado devido ao pouco tempo que supostamente resta para a sua grande aproximação. Mas, tendo em vista que muitos outros objetos não são captados ou, são descobertos poucas horas antes de chegarem…..sabe-se lá!

    3. ROCA

      O asteróide 2009VA tem apenas 6m de diâmetro. Passou a 5% da distância Terra X Lua.
      Se fosse rochoso explodiria na alta atmosfera e não haveriam danos, apenas um belo espetáculo pirotécnico. Se fosse de ‘ferro’ chegaria ao solo, mas os danos seriam em uma pequena área. Uma cratera mínima, apenas. Sem preocupações… Confira aqui:
      http://ssd.jpl.nasa.gov/sbdb.cgi?sstr=2009%20VA;orb=1
      .
      Verifique a lista de asteróides que passaram/passarão perto da Terra diariamente na SpaceWeather.com:
      http://www.spaceweather.com/
      .
      Asteróides passam perto da Terra diariamente e isso não representa problema algum.
      .
      E isso não tem nada a ver com ‘Nibiru‘ ou ‘sei-lá-o-que’… Leia mais aqui para entender o assunto:
      2012: Não haverá nenhum cometa assassino, Nibiru ou Planeta-X

    4. Franci

      Entendi o assunto. Só fiz um paralelo entre as duas situações em termos de detecção aproveitando a chance de poder expressar minha opinião. Obrigada pela oportunidade.

    5. ROCA

      Excelente, Franci. Agradecemos sua participação! 🙂

  1. 2012: Dr. Neil deGrasse Tyson fala sobre o tema e explica sobre o alinhamento galáctico » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  2. 2012: Não haverá inversão dos pólos magnéticos da Terra » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  3. 2012: Não Haverá o ‘Fim do Mundo’ » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  4. 2012: Não haverá Planeta X » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  5. 2012: Não haverá nenhum cometa assassino, Nibiru ou Planeta-X » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  6. 2012: o Planeta X não é Nibiru » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  7. Anônimo

    […] […]

  8. Don Yeomans responde as questões sobre os mitos de 2012 « O Universo – Eternos Aprendizes

    […] Leia também a entrevista anterior dele em: 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  9. LAAMARALL » 2012 – Ficção, conspiração ou uma realidade sórdida

    […] Neil deGrasse Tyson (Ph.D. pela Universidade de Colúmbia) Don Yeomans, cientista da NASA, caçador de astereróides perigosos: “Cientistas derrubam seis mitos sobre o fim do […]

  10. 2012 – ficção, conspiração ou uma realidade sórdida « LAAMARALL

    […] Neil deGrasse Tyson (Ph.D. pela Universidade de Colúmbia) Don Yeomans, cientista da NASA, caçador de astereróides perigosos: Além disto o portal Terra, divulgou em 2009 uma interessante reportagem com o título […]

  11. 2012: Não haverá inversão dos pólos magnéticos da Terra « Eternos Aprendizes

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  12. 2012: Não haverá Planeta X « Eternos Aprendizes

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  13. 2012: o Planeta X não é Nibiru « Eternos Aprendizes

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  14. 2012: Não Haverá o ‘Fim do Mundo’ « Eternos Aprendizes

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  15. 2012: Dr. Neil deGrasse Tyson fala sobre o tema e explica sobre o alinhamento galáctico « Eternos Aprendizes

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

  16. 2012: Não haverá nenhum cometa assassino, Nibiru ou Planeta-X « Eternos Aprendizes

    […] 2012: Don Yeomans, cientista da NASA e coordenador do programa NEO, explica o que não vai acontecer… […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!