«

»

jul 29

Vamos vigiar os asteróides e objetos perigosos?

Vigília de Asteróides ("Asteroid Watch")

Vigília de Asteróides (“Asteroid Watch”)

Com o recente impacto de um asteróide ou cometa em Júpiter, muitas pessoas do mundo inteiro ficaram mais preocupadas com os riscos de um impacto similar na Terra.

A NASA, através do Jet Propulsion Laboratory (JPL), colocou no ar para o público um novo serviço via internet que irá fornecer um recurso centralizado de informação sobre os objetos próximos a Terra, chamados NEOs (Near Earth Objects).

Os NEOs são os asteróides e cometas que podem aproximar-se da Terra no futuro. O site “Vigília dos Asteróides” (Asteroid Watch) também possui links para o público interessado em utilizar um sistema de alertas (via ‘widget’) e também via conta no Twitter.

O interesse popular pelos NEOs foi atendido…

“A maioria das pessoas tem uma grande fascinação pelos NEOs”, disse Don Yeomans, gerente do programa Near-Earth Object da NASA no JPL. “E eu tenho que concordar com elas. Eu tenho estudado os NEOs por mais de três décadas e eu os acho cientificamente fascinantes e alguns deles podem ser potencialmente perigosos para a Terra. O objetivo do nosso web-site é fornecer ao público a informação mais atualizada e mais precisa possível sobre esses intrigantes objetos”.

O novo site da NASA “Vigília dos Asteróides” (Asteroid Watch) está disponível neste link: http://www.jpl.nasa.gov/asteroidwatch.

A nova página na web fornece informações sobre as missões existentes para estudar cometas, asteróides e NEOs em geral. Também poderemos ver ali as últimas novidades sobre as pesquisas cientificas sobre este tema. Notícias sobre as descobertas de NEOs e sobre as passagens de objetos próximos da Terra (flybys) estarão sendo publicadas e tanto no site como através do sistema de alertas (widget) e RSS feed.

Para aqueles interessados em aprender sobre as rochas espaciais em evidência há o recurso via Twitter feed. A página “Asteroid Watch” também contém links para as páginas mais técnicas sobre o assunto, onde cientistas e pesquisadores especializados, interessados em NEOs, poderão acessar informações relevantes.

“Esta nova aplicação inovadora dará ao publico uma visão inédita sobre os que está acontecendo no espaço próximo a Terra”, disse Lindley Johnson, gerente executivo do programa NEO no escritório central da NASA, em Washington.

A NASA suporta pesquisas que detectam e rastreiam asteróides e cometas que passam próximos a Terra. O Near-Earth Object Observation Program, também chamado de ‘Guarda Espacial’ (Spaceguard), que também calcula e determina as órbitas futuras destes objetos para determinar aqueles que poderão ser potencialmente danosos ao nosso planeta, os objetos chamados de PHAs (Potentially Hazardous Asteroids).

Fontes e referências

JPL.NASA:

Astronomy.com:

Universe Today:

._._.

6 menções

  1. O Programa Pan-STARRS descobre asteróide potencialmente perigoso « O Universo – Eternos Aprendizes

    […] do primeiro objeto potencialmente perigoso (em inglês: potentially hazardous object – PHO) detectado pelo programa Pan-STARRS, […]

  2. Blog de Astronomia do astroPT » Na quinta-feira o asteróide 2010 GA6 vai passar próximo a Terra

    […] de passar perto da Terra através de uma larga rede telescópios tanto na Terra como no espaço. O Programa NEO (Near-Earth Object Observations program), mais conhecido como Spaceguard, tem como papel principal […]

  3. WISE descobre seu primeiro asteróide: 2010 AB78 « Eternos Aprendizes

    […] Infrared Survey Explorer (WISE), descobriu um asteróide inédito, o primeiro de centenas de NEOs a serem descobertos durante a sua missão de inspecionar e mapear todo o céu no espectro do […]

  4. 2010 AL30 passou perto da Terra. Asteróide? « Eternos Aprendizes

    […] Vamos vigiar os asteróides e objetos perigosos? […]

  5. Explosão de asteróide sobre a Indonésia foi analisada pelos cientistas « Eternos Aprendizes

    […] Obviamente, eventos como este sempre levantam questões sobre quais as razões do objeto não ter sido detectado com antecedência? […]

  6. A Terra pode receber impacto similar ao de Júpiter? « Eternos Aprendizes

    […] « Vamos vigiar os asteróides e objetos perigosos? A Terra vista do espaço: o delta do Ganges e o santuário ecológico Sundarbans […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Esse blog é protegido!