«

»

jun 22

Pode um exoplaneta ter o mesmo tamanho de sua estrela mãe?

Pode um exoplaneta ter o mesmo tamanho da estrela que ele orbita?

SIM! Recentemente foi descoberto um exoplaneta gigante (VB 10b) orbitando a estrela de Van Biesbroeck cujo diâmetro possivelmente supera o de sua estrela. Embora a estrela VB 10 fique a apenas 20 anos luz de distância, trata-se de uma anã vermelha tão pequena e tão tênue, com magnitude 17 e massa igual a 0,075 ± 0,005 M (~78,5 vezes a massa de Júpiter), que só com um telescópio razoavelmente potente é que conseguimos visualizá-la. A estrela de Van Biesbroeck era conhecida pelo seu movimento próprio bem rápido através do céu – essa estrela veloz consegue cobrir uma distância equivalente a uma Lua cheia em cerca de 1.000 anos.

VB 10b: um exoplaneta tão grande quanto sua estrela. A estrela anã vermelha VB 10 fica a 20 anos-luz na constelação de Áquila e tem 1/12 da massa e 10% do tamanho do Sol. O exoplaneta VB 10 b é um gigante gasoso com tamanho comparável ao de Júpiter e 6 vezes sua massa. VB 10 b leva 9 meses para dar uma volta em torno de sua estrela. Crédito da imagem: NASA/JPL-Caltech

VB 10b: um exoplaneta tão grande quanto sua estrela. A estrela anã vermelha VB 10 fica a 20 anos-luz na constelação de Áquila e tem 1/12 da massa e 10% do tamanho do Sol. O exoplaneta VB 10 b é um gigante gasoso com tamanho comparável ao de Júpiter e 6 vezes sua massa. VB 10 b leva 9 meses para dar uma volta em torno de sua estrela. Crédito da imagem: NASA/JPL-Caltech

Tendo notado uma agitação na trajetória da estrela VB 10 nos céus, os  astrônomos conseguiram inferir a existência de um exoplaneta com massa estimada em ~6 vezes superior a de Júpiter. Assim, VB 10b responde com 10% da massa do sistema inteiro.

Embora a estrela VB 10 seja talvez 10 vezes mais massiva que o novo exoplaneta descoberto, VB 10b, a estrela é tão comprimida que o tamanho de ambos é praticamente da mesma grandeza. Acima vemos uma visão artística desse sistema.

Uma vez que as estrelas vermelhas da classe M como VB 10 são tão comuns, os sistemas planetários ao seu redor, que incluem planetas tão grandes quanto suas estrelas hospedeiras, devem ser mais comuns que o nosso Sistema Solar.

VB 10b foi o primeiro planeta descoberto pelo método de astrometria

Em maio de 2009 astrônomos do Jet Propulsion Laboratory, Pasadena, Califórnia, da NASA, anunciaram a descoberta por astrometria do exoplaneta VB 10b, usando o  telescópio Hale, de 200 polegadas (5.1 metros) no Observatório de Palomar. Se confirmado, este planeta extrasolar será considerado o primeiro a ser descoberto por este método.

https://www.nasa.gov/topics/universe/features/C-VB10b-20090528.html

A animação mostra a estrela VB10 se movendo pelo céu por um período de 9 anos. A elipse em azul mostra uma ampliação da órbita de VB 10b (ponto vermelho) e seu movimento relativo á sua estrela hospedeira.

O vídeo acima mostra a estrela VB 10 movendo-se através do céu em um período de 9 anos. Examinando a trajetória de VB 10, através da técnica da astrometria, essa foi a primeira vez os astrônomos conseguiram descobrir um exoplaneta usando esse método de caça a planetas extra-solares.

Fontes e referências:

._._.

0906.0544 – AN ULTRACOOL STAR’S CANDIDATE PLANET

1 comentário

  1. Chiquérrimos! Beijos, flores nos vasos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Esse blog é protegido!