«

»

jan 31

Simeis 147: a Intrincada Remanescente de Supernova

Simeis 147: Remanescente de Supernova - Crédito©: J-P Metsävainio (Astro Anarchy)

Simeis 147: Remanescente de Supernova - Crédito©: J-P Metsävainio (Astro Anarchy)

É fácil se perder seguindo visualmente os intrincados filamentos nessa imagem detalhada dessa tênue nebulosa remanescente de supernova Simeis 147. Também catalogada como Sh2-240 e visível na constelação de Taurus (Touro), ela cobre quase 3º (6 luas cheias) no céu.

Tal corresponde a uma largura de 150 anos-luz da nuvem de resíduo estelar que dista 3.000 anos-luz da Terra. Essa imagem composta em banda-estreita através da palheta de cores do Hubble inclui a emissão a partir dos átomos hidrogênio, enxofre e oxigênio traçando regiões de ondas de choque de gás brilhante. Essa remanescente de supernova tem uma idade estimada em cerca de 40.000 anos – o que implica que a luz proveniente dessa massiva explosão estelar atingiu a Terra pela primeira vez há 40.000 anos. Todavia essa nebulosa em expansão não é a única seqüela cósmica. A catástrofe cósmica deixou também uma estrela de nêutrons em rotação (pulsar), que foi tudo que restou do núcleo original da estrela.

Para ver a imagem em 3D vá direto ao blog do autor da foto:  Sh2 240, Supernova remnant as a stereo pair por J-P Metsävainio (Astro Anarchy).

Para ver outros fantásticos trabalhos de J-P Metsävainio, consulte seu blog em Astro Anarchy.

Fontes e referências:

Astro Anarchy: Sh2-240 more lights por J-P Metsävainio (Astro Anarchy)

NASA,APOD: Simeis 147: Supernova RemnantCrédito©: J-P Metsävainio (Astro Anarchy)

ArXiv.org: A origem e o movimento do pulsar PSR J0538+2817 na remanescente de supernova S147 por C.-Y. Ng, Roger W. Romani, Walter F. Brisken, Shami Chatterjee, Michael Kramer


1 menção

  1. Eclipse lunar total de 21 de dezembro de 2010 « Eternos Aprendizes

    […] aos observadores vislumbrarem as maravilhas do céu tais como a remanescente de supernova Simeis 147, o aglomerado estelar aberto M35 e a Nebulosa do […]

Deixe uma resposta