«

»

jan 28

A NASA vê o lado oculto do Sol

A espaçonave STEREO-A observou essa fantástica protuberância solar em 29 de setembro de 2008. Essa tempestade solar cresceu e permaneceu ativa por várias horas, como uma bandeira desfraldada e em seguida quebrou-se em pedaços em direção do espaço. O material observado é na realidade Hélio ionizado a cerca de 60.000 K de temperatura. Protuberâncias solares são nuvens de gás suspensas sobre a superfície do Sol e controladas por suas forças magnéticas. Crédito: NASA

A espaçonave STEREO-A observou essa fantástica protuberância solar em 29 de setembro de 2008. Essa tempestade solar cresceu e permaneceu ativa por várias horas, como uma bandeira desfraldada e em seguida quebrou-se em pedaços em direção do espaço. O material observado é na realidade Hélio ionizado a cerca de 60.000 K de temperatura. Protuberâncias solares são nuvens de gás suspensas sobre a superfície do Sol e controladas por suas forças magnéticas. Crédito: NASA

As sondas gêmeas STEREO da NASA estão nos oferecendo as primeiras visões do lado oculto do Sol, conforme anunciou a agência espacial NASA.

As duas naves, lançadas em 25 de outubro de 2006, estão enviando imagens por trás do horizonte solar “as quais têm mantido os pesquisadores e meteorologistas espaciais com os olhos grudados em seus monitores“.

“Esta é uma perspectiva que nunca antes havíamos visto”, disse a cientista da missão STEREO Lika Guhathakurta dos escritórios centrais da NASA. “Agora estamos monitorando mais de 270º da longitude solar – que são 3/4 da superfície da estrela”.

Observar 100% do Sol o tempo todo!

Como o Sol gira, nós podemos vê-lo por inteiro com passar do tempo a partir da Terra. Mas em um dado momento só nos é possível visualizar metade da nossa estrela. Os cientistas que monitoram as erupções solares e tormentas espaciais que se abatem sobre a Terra estão ansiosos em monitorar toda a estrela 24 horas ao dia, 7 dias por semana. Observar as tormentas que surgem a partir do lado oculto, o qual obviamente é tão brilhante e ativo quanto o lado visível, irá melhor sobremaneira as capacidades de previsão.

“Depois de todos estes anos”, comenta Guhathakurta, “nós finalmente estamos conseguindo ver o lado obscuro do Sol”.

Desde que as duas naves STEREO entraram em órbita ao redor do Sol no início de 2007, elas têm se afastado lentamente da Terra, e também entre si. Agora elas estão separadas entre si 90º. As sondas entrarão em suas posições finais em 6 de fevereiro de 2011, mantendo uma separação de 180º e fotografando todo o Sol de uma só vez. Esta sincronização coincidirá com o novo pico de atividade solar máxima em 2012.

O Sol está atualmente em um ponto de baixa atividade em seu ciclo de 11 anos. Mas nos próximos anos, as manchas solares se farão mais comuns e as tempestades solares mais freqüentes. O pico solar está previsto para ocorrer em 2012.

Por outro lado, as perigosas tormentas solares podem acontecer a qualquer momento. Acredita-se que acontece uma tempestade crítica a cada 100 anos, a qual poderia debilitar os sistemas de comunicações e energia na Terra, de acordo com o estudo divulgado no informe da Academia Nacional de Ciências em 7 de janeiro de 2009.

Agora já está bem melhor!

Devido à forma em que gira o Sol, uma das sondas gêmeas, a STEREO-B, tem uma visão prévia das manchas solares e buracos coronais antes que os mesmos apontem para a Terra com a rotação solar.

Mancha Solar (região escura, embaixo)

Mancha Solar (região escura, embaixo)

“Sabemos que os meteorologistas espaciais no Centro de Previsão de Clima Espacial de NOAA’ monitoram STEREO-B cuidadosamente”, disse Chris St. Cyr do Centro de Vôo Espacial Goddard da NASA. “Tal permite aos especialistas saber o que estará vindo”.

Agora, a STEREO-B desfruta de uma vantagem de 3 dias sobre os observatórios solares terrestres.

As sondas gêmeas STEREO estão equipadas com:

  • Sensores que medem a velocidade, direção e composição do vento solar;
  • Receptores que captam emissões de rádio das explosões e ondas de choque da atmosfera do Sol;
  • Telescópios que fotografam a superfície solar e todas as tempestades que batem com fúria por ali;
  • Coronógrafos para monitorar eventos na atmosfera exterior do Sol.

“Então, na realidade”, disse Guhathakurta, “não estamos só vendo o lado oculto do Sol, estamos também sentindo, provando e escutando o Sol”

Referências e Fontes:

Space.com: NASA Sees Far Side of the Sun

Space.com: Perfect Space Storm Could be Catastrophic on Earth, Study Concludes por Robert Roy Britt

O Sol volta a ter pequena atividade e manchas solares voltam a aparecer

O Sol está muito calmo ultimamente. O que está acontecendo com o Sol?

Sol: onde estão as manchas solares afinal?

Sondas espaciais STEREO procuram restos de um misterioso protoplaneta chamado Theia

._._.

1 comentário

8 menções

Pular para o formulário de comentário

  1. MARIASTUDART

    FANTÁSTICO, INCRÍVEL.

  1. Sol: onde estão as manchas solares afinal? « O Universo – Eternos Aprendizes

    […] A NASA vê o lado oculto do Sol « Eternos Aprendizes […]

  2. 2012: Não haverá tempestade solar assassina » AstroPT - Informação e Educação Científica

    […] X quebrando recordes em 2003?). Os físicos solares estão entusiasmados com este novo ciclo e novos métodos de previsão têm sido colocados em uso. Deveríamos […]

  3. O QUE DIZ A CIÊNCIA SOBRE OS RAIOS CÓSMICOS « HEIWAKI… Recorde do teu verdadeiro Ser!

    […] com o Observatório Heliosférico e Solar (SOHO – SOlar and Heliospheric Observatory) e com o Observatório de Relações Solares e Terrestres (STEREO – Solar TErrestrial RElations Observatory). Assim as CMEs podem ser rastreadas desde a […]

  4. As sondas STEREO observam a primeira atividade de grande porte do ciclo solar 24 no lado oculto do Sol « Eternos Aprendizes

    […] espaciais. O fato marcante, contudo, é que a tempestade solar foi vista primeiro no lado oculto do Sol pela sonda solar […]

  5. Sondas espaciais STEREO procuram restos de um misterioso protoplaneta chamado Theia « Eternos Aprendizes

    […] Lagrange onde os restos deste misterioso protoplaneta podem estar escondidos. As sondas denominadas Solar Terrestrial Relations Observatory, ou simplesmente STEREO, passarão pelos pontos L4 e L5 onde a gravidade do Sol e da Terra se une […]

  6. 2012: Não haverá tempestade solar assassina « Eternos Aprendizes

    […] A NASA vê o lado oculto do Sol […]

Deixe uma resposta