Arquivo por mês: novembro de 2008

nov 29

O astrofísico Puragra Guhathakurta fala da arquitetura das galáxias

O astrofísico Puragra Guhathakurta fala da arquitetura das galáxias

“O que aprendemos a partir da Via Láctea sobre o cenário da formação hierárquica de galáxias pode ser aplicado a outras grandes galáxias” (Puragra Guhathakurta)

nov 25

Física: Simulação recalcula o modelo padrão, as massas do próton e do nêutron foram confirmadas

O modelo padrão foi posto a prova e seus cálculos foram confirmados. Isso reforça a teoria das interações quark-gluón em partículas nucleares. (Ron Cowen na ScienceNews.org)

nov 23

Elétrons energéticos misteriosos podem ser o tão esperado sinal da existência da matéria escura

A matéria escura está se mostrando menos furtiva que o seu nome sugere. Estima-se que sua assinatura foi detectada em um experimento a bordo de um balão que mediu um surpreendente aumento no número de elétrons energéticos provenientes do espaço (raios cósmicos).

nov 22

Júlio Navarro fala sobre a Matéria Escura e sua influência no Universo

Embora o Universo seja composto por galáxias e nós habitamos em uma delas, estamos apenas começando a ler sua história. Contudo, não é fácil reconstruir esse cenário, sobretudo quando a teoria parece revelar a existência de um novo componente invisível: a ‘matéria escura’.

Buscar o esclarecimento sobre os modelos teóricos existentes e tentar entender a sequência de eventos que originou a evolução galática é justamente o objetivo do astro-físico Júlio Navarro, da Universidade de Victoria (Canadá).

Recentemente Júlio Navarro falou no evento anual de astrofísica XX Canary Islands Winter School of Astrophysics:

nov 22

Ken Freeman fala sobre como se detectar a Matéria Escura a partir da análise da rotação das Galáxias

Ao astrônomo Ken Freeman interessa estudar as forças que governam as galáxias e como as galáxias chegam a agrupar-se em diferentes formas e tamanhos. Mas se há algo que o intriga especialmente, trata-se da ‘matéria escura’. Ken Freeman foi o pioneiro em assinalar a presença da matéria escura ao redor de galáxias como a Via Láctea. Entusiasta da observação do céu a “olho-nú”, ele confessa ser admirador das Nuvens de Magalhães. Ken Freeman, além de ser uma figura ativa na astronomia internacional, é catedrático na Escola de Investigação de Astronomia e Astrofísica do Observatório de Monte Stromlo, na Universidade Nacional da Austrália.

nov 21

Cassini revela auroras misteriosas sobre o polo norte de Saturno

O que está causando essa estranha aurora sobre Saturno? Não sabemos com certeza. Imagens em dois tons de infravermelho do polo norte de Saturno obtidas pela espaçonave robótica Cassini descobriram uma aurora diferente de quaisquer outras já observadas em nosso sistema Solar.

Essa misteriosa aurora aparece em azul na imagem acima enquanto que as nuvens abaixo da aurora estão em vermelho. As já conhecidas e também esquisitas nuvens em figuras hexagonais {2} são mostradas em vermelho abaixo da aurora. Essa aurora em Saturno pode cobrir o polo inteiro enquanto que auroras terrestres e as de Júpiter ficam confinadas tipicamente às linhas dos campos magnéticos associadas aos polos magnéticos. Em Saturno já foram fotografados anéis ‘normais’ de aurora. O formato das auroras bizarras sobre o polo norte pode ter seus padrões alterados em apenas alguns minutos. O tamanho gigantesco e a natureza variável dessas auroras indicam que as partículas ionizadas provenientes do vento Solar estão sendo afetadas por um inesperado tipo de fluxo magnético em Saturno.

nov 16

Grande avanço na astronomia: primeiras fotos de um exoplaneta capturadas pelo telescópio espacial Hubble

O telescópio espacial Hubble capturou a imagem inédita em luz-visível de um exoplaneta orbitando sua estrela. Esse objeto com massa quase 3 vezes a massa de Júpiter está atrelado gravitacionalmente a estrela Fomalhaut que fica a cerca de 25 anos-luz da Terra, na constelação de Piscis Australis. Assim essa descoberta anunciada pela NASA em 13 de novembro representa um marco na história da astronomia pois pela primeira vez a imagem de um exoplaneta foi observada dentro do espectro da luz-visível.

nov 09

O Sol volta a ter pequena atividade e manchas solares voltam a aparecer

Após mais de um ano apresentanto atividade mínima, com baixíssima quantidade de manchas e raras tempestades de plasma, o Sol agora tem mostrado alguma atividade.

nov 08

Sinais de vulcanismo foram descobertos na face oculta da Lua a partir de fotos da sonda japonesa Kaguya

A atividade vulcânica na face oculta da Lua (o lado que não vemos aqui da Terra) pode ter existido por mais tempo que se pensava. A sonda japonesa Kaguya enviou recentemente imagens com novas evidências. A descoberta, detalhada na revista Science em novembro de 2008, vai trazer uma nova luz sobre a formação lunar e sua evolução.